Spigreen
Notícias recentes
Governo vai a Shanghai buscar novos mercados para carne mato-grossense

Governo vai a Shanghai buscar novos mercados para carne mato-grossense

access_time14/05/2019 08:58

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, e empresários do setor de proteí

Em parecer, AGU diz ser contra fechamento de fronteira com Venezuela

Em parecer, AGU diz ser contra fechamento de fronteira com Venezuela

access_time21/08/2018 07:52

A Advocacia-Geral da União (AGU) enviou há pouco ao Supremo Tribunal Federal (STF) manifestação cont

PM apreende mais de 10 toneladas de pescado impróprio para consumo humano em MT

PM apreende mais de 10 toneladas de pescado impróprio para consumo humano em MT

access_time16/12/2019 08:29

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental apreendeu mais de 10 mil kg de pescado impróprio para consum

Notícias com a tag: ARAGUAINHA

Menor colégio eleitoral do país, Araguainha (MT) tem mais eleitores que moradores

access_time12/08/2020 06:25

O menor município de Mato Grosso, Araguainha, tem 1.001 eleitores aptos a votar nas eleições municipais deste ano e é considerado o menor colégio eleitoral do Brasil. Conforme dados divulgados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), o eleitorado da cidade representa 0,04% do total de eleitores do estado. Segundo o TRE, em Mato Grosso, estão cadastrados 2.317.102 eleitores para as votações deste ano em 141 municípios. As eleições estão marcadas para o dia 15 de novembro. O maior colégio eleitoral está em Cuiabá que possui 378.097 eleitores, seguido por Várzea Grande com 160.409. Já Araguainha representa o menor número. Em 2016, quando os eleitores escolheram prefeito e vereador, o município tinha 954 eleitores. A última prefeita de Araguainha foi eleita com apenas 384 votos (45,6% dos votos válidos). O último censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), em 2010, apontava que o município tinha 1.096 habitantes. Mas depois, ele encolheu, segundo estimativa divulgada pelo IBGE no ano passado. Justificativa Segundo o TSE, as diferenças ocorrem por causa da distinção entre domicílio eleitoral e domicílio civil. Enquanto o chamado domicílio civil é mais restrito e refere-se à residência na qual se anseia permanência definitiva, o domicílio eleitoral é aplicado de forma mais flexível, abrangendo a localidade na qual o eleitor comprova residência acrescida de envolvimentos afetivos, familiares e sociais. O cidadão pode morar em uma cidade e votar em outra, sem que isso se configure fraude. Consequentemente, nos municípios com maior atividade econômica ou produtiva, é normal que haja um incremento no quantitativo de eleitores, de forma a superar a população residente.