anuncie aqui
Notícias recentes
Com direito a golaço, Rússia vence mais uma, fica perto das oitavas e praticamente elimina o Egito

Com direito a golaço, Rússia vence mais uma, fica perto das oitavas e praticamente elimina o Egito

access_time19/06/2018 18:49

O QUE TIVEMOS EM SÃO PETERSBURGO Golaço de Dzyuba, assistência de Mário Fernandes e gol de pênalti

Sistema Positivo chega a 2.633 alunos atendidos em Peixoto de Azevedo

Sistema Positivo chega a 2.633 alunos atendidos em Peixoto de Azevedo

access_time18/10/2018 17:37

Em seu primeiro ano da implantação do Sistema de Ensino Positivo na rede pública do município o mesm

Trump diz que saberá na semana que vem se cúpula com Coreia do Norte ocorrerá

Trump diz que saberá na semana que vem se cúpula com Coreia do Norte ocorrerá

access_time23/05/2018 16:43

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quarta-feira que saberá na semana que vem

Notícias com a tag: Arabia-Saudita

Jesus desencanta e Neymar vira garçom em vitória do Brasil sobre a Arábia Saudita

access_time12/10/2018 16:36

O apito final do árbitro aliviou o público do repetitivo ritmo das canções da torcida árabe e da morosidade da seleção brasileira, numa atuação bem abaixo do que se espera na vitória por 2 a 0 sobre a Arábia Saudita. Fica difícil acreditar que esse tipo de amistoso serve para grandes conclusões quando nem os jogadores pareciam concordar. Gabriel Jesus marcou, no fim do primeiro tempo, e a boa notícia da quente e seca noite saudita foi essa: um bom centroavante de volta ao jogo depois da frustrante Copa do Mundo. Alex Sandro, no último lance, ampliou. Tite fez algumas experiências, nenhuma empolgante. Cabe à comissão técnica saber relativizar erros e acertos no contexto preguiçoso da partida para saber o que deve levar adiante até a Copa América de junho do ano que vem. O próximo teste será contra a Argentina, terça-feira, em Jeddah. PRIMEIRO TEMPO Gabriel Jesus marcou no final do primeiro tempo e encerrou um jejum de cinco jogos. Não seria longo, não fossem justamente os cinco da Copa do Mundo. O belo passe de Neymar terminou bem uma atuação morosa, de pouco esforço. No início, com jogadores mais próximos, o Brasil conseguiu entrar na área saudita com certa facilidade. Renato Augusto, Gabriel Jesus e Neymar perderam boas chances. O centroavante ainda exigiu uma defesaça de Al Owais após completar de cabeça um cruzamento de Neymar. Ederson só não teve que defender – ou buscar a bola na rede – porque Pablo cortou chute de Al Dawsari, após boa jogada pelo lado esquerdo. SEGUNDO TEMPO Lucas Moura entrou no lugar de Fred e protagonizou bons minutos iniciais. Primeiro ao roubar a bola no ataque e cair dentro da área, em lance que árbitro e VAR ignoraram. Pouco depois, perdeu ótima chance depois de passe de Neymar. Depois disso, foi sucumbindo ao ritmo lento de toda a equipe. Tite fez outras alterações, mudou mais de uma vez a maneira de atuar, mas um chute de Neymar na trave foi o melhor momento. A falta de qualidade da Arábia Saudita impediu que ela exigisse uma defesa sequer de Ederson. Nos minutos finais, o goleiro Al Owais interceptou lance de ataque do Brasil com as mãos, fora da área, e foi expulso com auxílio do VAR. No último lance, Neymar cobrou escanteio e Alex Sandro marcou. Alex Sandro gol Arábia Saudita x Brasil (Foto: Pedro Martins / MoWA Press)

Rússia encerra jejum e abre Copa com goleada sobre a Arábia Saudita

access_time15/06/2018 07:42

A Rússia encerrou um longo jejum na tarde desta quinta-feira. No Estádio Luzhniki, a seleção anfitriã abriu a Copa do Mundo de 2018 com uma vitória por 5 a 0 sobre a Arábia Saudita e, diante de sua torcida, voltou a ganhar após uma série de sete partidas consecutivas. Com o primeiro triunfo desde outubro do ano passado, a Rússia marca três pontos e lidera provisoriamente o Grupo A da Copa do Mundo. No outro jogo da chave, previsto para as 9 horas (de Brasília) de sexta-feira, o Uruguai encara o Egito, em Ecaterimburgo. Pela segunda rodada da Copa do Mundo, às 14 horas de terça-feira, a Rússia volta a campo para enfrentar o Egito, em São Petersburgo. A Arábia Saudita, por sua vez, busca a reabilitação no campeonato a partir das 12 horas de quarta, contra o Uruguai, em Rostov. O Jogo – Apoiada pelo público, a Rússia marcou o primeiro gol da Copa do Mundo logo aos 11 minutos da etapa inicial. Após cobrança de escanteio, a bola voltou para o lado esquerdo e sobrou para Golovin levantar na área. De cabeça, Gazinskiy completou para o gol. Embora tivesse menos posse de bola, a Rússia era muito mais objetiva do que a Arábia Saudita. Em uma jogada pelo lado direito, Mario Fernandes, em posição de impedimento, recebeu nas costas da marcação e cruzou para finalização perigosa de Dzagoev. Colocado no lugar do lesionado Dzagoev, Cheryshev aumentou a vantagem da Rússia aos 43 minutos do segundo tempo. Zobnin recebeu de Smolov e acionou Cheryshev pela esquerda. Com categoria, o ex-jogador do Real Madrid limpou a marcação e fuzilou o goleiro Abdullah. Na tentativa de diminuir a vantagem russa, a Arábia Saudita levou algum perigo no começo da etapa complementar. Alburayk desceu pela direita e cruzou. Alsahlawi conseguiu apenas um leve desvio e a bola passou em frente ao gol, fora do alcance de Taiseer. O ritmo do jogo caiu no segundo tempo, e o técnico Stanislav Cherchesov apostou na troca de Smolov por Dzyuba. Instantes depois de entrar em campo, aos 25 minutos, o gigante de 1,96m recebeu cruzamento vindo da direita de Golovin e cabeceou com competência para marcar o terceiro. Em um dos camarotes do Estádio Luzhniki, o príncipe árabe Mohammad bin Salman foi consolado por Vladimir Putin e Gianni Infantino, presidentes da Rússia e da Fifa, respectivamente. Aos 46 minutos, Cheryshev entrou na área pela esquerda e marcou um golaço. Três minutos depois, em cobrança de falta, Golovin fechou o placar. FICHA TÉCNICA RÚSSIA 5 x 0 ARÁBIA SAUDITA Local: Estádio Luzhniki, em Moscou (Rússia) Data: 14 de junho de 2018 (Quinta-feira) Horário: 12 horas (de Brasília) Árbitro: Nestor Pitana (Argentina) Assistentes: Hernan Maidana (Argentina) e Juan Pablo Belatti (Argentina) Cartões amarelos: Golovin (RUS); Taiseer (ARA) Público: 78.011 pessoas Gols: RÚSSIA: Gazinskiy, aos 11 minutos do 1º Tempo, Cheryshev, aos 43 minutos do 1º Tempo e aos 46 minutos do 2º Tempo, Dzyuba, aos 25 minutos do 2º Tempo, e Golovin, aos 49 minutos do 2º Tempo RÚSSIA: Akinfeev; Fernandes, Kutepov, Ignashevich e Zhirkov; Samedov (Kuzyaev), Gazinskiy, Dzagoev (Cheryshev), Zobnin e Golovin; Smolov (Dzyuba) Técnico: Stanislav Cherchesov ARÁBIA SAUDITA: Abdullah; Alburayk, Osama, Omar e Yasser; Salem, Otayf (Fahad), Salman, Taiseer e Yahia (Hatan); Alsahlawi (Muhannad) Técnico: Juan Antonio Pizzi