anuncie aqui
Notícias recentes
Gari morre em hospital após ser atropelado por caminhão de lixo enquanto trabalhava em MT

Gari morre em hospital após ser atropelado por caminhão de lixo enquanto trabalhava em MT

access_time28/05/2018 07:30

O gari que foi atropelado por caminhão de coleta de lixo enquanto ele trabalhava em Sorriso/MT, morr

Hospital Regional de Peixoto de Azevedo vem recebendo investimentos de 7 milhões de reais

Hospital Regional de Peixoto de Azevedo vem recebendo investimentos de 7 milhões de reais

access_time17/05/2018 09:05

O Hospital Regional de Peixoto vem recebendo muitas melhorias como a reforma geral, ampliação e aqui

Epidemia de obesidade no Brasil cresce 60% em 12 anos

Epidemia de obesidade no Brasil cresce 60% em 12 anos

access_time18/06/2018 10:51

Dados inéditos do Ministério da Saúde mostram que 18,9% da população acima de 18 anos nas capitais b

Notícias com a tag: BRT-163

Bebê morre atropelado na BR-163 após cair de cadeirinha levada pela mãe em motocicleta

access_time14/07/2018 11:58

Um bebê de 4 meses de idade morreu após ser atropelado por um veículo de carga na BR-163, em Sorriso, na madrugada deste sábado (14). Ele estava em uma motocicleta na companhia dos pais e de uma criança de 3 anos. O bebê era transportado em uma cadeirinha que era levada pela mãe, apoiada na perna, quando caiu na rodovia, sendo atropelado em seguida, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). O acidente ocorreu por volta das 5h [horário de Mato Grosso], no km 749, saída de Sorriso para Lucas do Rio Verde, a 360 km da capital. Os nomes dos pais não foram informados pela PRF. Conforme a concessionária que administra a rodovia, não foi possível identificar o veículo que causou o atropelamento porque o motorista não parou no local. Bebê caiu de cadeirinha em rodovia e foi atropelado em seguida, segundo a PRF (Foto: Eduardo Barbosa/Arquivo pessoal) O pai relatou à polícia que trabalha como caminhoneiro e seguia para uma transportadora, onde iria pegar um caminhão e seguir viagem com a família. Segundo a PRF, pelas marcas deixadas na pista, a suspeita é de que um veículo de carga tenha atropelado o bebê e, conforme a polícia, é possível que o motorista que causou o atropelamento nem mesmo tenha percebido o acidente. A concessionária afirmou que, quando a equipe de resgate chegou ao local do acidente, não encontrou a motocicleta e tampouco a mãe do bebê. Metade da pista foi interditada para atendimento da ocorrência, sendo liberada às 8h [horário de Mato Grosso].