ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Mato Grosso registra 38.931 casos e 1.474 óbitos por Covid-19

Mato Grosso registra 38.931 casos e 1.474 óbitos por Covid-19

access_time23/07/2020 07:45

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (22.07), 38.931 c

Novo bafômetro da PRF detecta embriaguez de motorista por respiração

Novo bafômetro da PRF detecta embriaguez de motorista por respiração

access_time24/07/2019 17:38

Novos aparelhos de detecção de alcoolemia, os chamados bafômetros, foram distribuídos hoje para a Po

Israel inicia vacinação de crianças entre 5 e 11 anos contra covid-19

Israel inicia vacinação de crianças entre 5 e 11 anos contra covid-19

access_time23/11/2021 10:15

Israel começou a vacinar crianças entre 5 e 11 anos de idade com o imunizante da Pfizer/BioNtech con

Notícias com a tag: CAMPEAO

Cuiabá sai atrás no placar, busca empate contra o Operário e é campeão Mato-grossense 2021

access_time24/05/2021 10:01

O Cuiabá é o campeão do Mato-grossense 2021! O Dourado saiu em desvantagem no placar contra o Operário na manhã deste domingo, na Arena Pantanal, mas buscou o empate e conquistou o décimo título estadual em 20 anos de história. Luan Viana abriu o placar para o Chicote da Fronteira aos 23 minutos do primeiro tempo, e Rafael Gava decretou a igualdade aos oito minutos da etapa final. O Dourado levanta o troféu de forma invicta pela terceira vez. Primeiro tempo Em uma primeira etapa bem movimentada, o Cuiabá começou melhor no jogo. Camilo perdeu duas grandes oportunidades, além de Jonathan Cafú, que parou no goleiro Elias. O Operário quando chegou foi efetivo. Luan Viana aproveitou cruzamento na área e abriu o placar aos 23 minutos. O resultado levaria a decisão para os pênaltis. Segundo tempo O Cuiabá precisava ao menos do empate para conquistar o decacampeonato mato-grossense sem passar pelos pênaltis. A equipe do técnico Alberto Valentim se lançou ao ataque e conseguiu o gol aos oito minutos, em chute forte de Rafael Gava dentro da área. O Dourado perdeu o atacante Jonathan Cafú, expulso após receber o segundo cartão amarelo aos 41 minutos. O Operário partiu em busca do gol que levaria novamente a decisão para as penalidades, chegou a pressionar, mas perdeu boas oportunidades e acabou com o vice-campeonato. Dez vezes Cuiabá O título do Dourado em 2021 se soma aos de 2003, 2004, 2011, 2013, 2014, 2015, 2017, 2018 e 2019. Semelhantemente aos de 2018 e 2019, a equipe conquista o Mato-grossense de forma invicta. Foram 12 vitórias e três empates na campanha.

Palmeiras vence o Santos com gol nos acréscimos e é campeão da Libertadores

access_time30/01/2021 21:40

O Palmeiras é bicampeão da Libertadores da América. O Verdão venceu o Santos por 1 a 0 neste sábado, no Maracanã. O gol de Breno Lopes foi marcado aos 53 minutos do segundo tempo. O jogo foi truncado, nervoso, cheio de faltas fortes e contou com a expulsão de Cuca após confusão com Marcos Rocha. O técnico foi para a arquibancada e viu o gol do Palmeiras minutos depois. O Santos perdeu a chance de ser o primeiro tetracampeão da Libertadores no Brasil. O Palmeiras volta a erguer a taça após 22 anos e vai para o Mundial. Vitória de quem acreditou até o fim e não esperou pela prorrogação ou pênaltis. O JOGO O primeiro tempo da final da Libertadores da América foi decepcionante. Sobrou suor, mas faltou futebol. Nenhuma chance clara foi criada por Palmeiras e Santos. Pilhadas, as equipes fizeram muitas faltas e disputaram cada pedaço do gramado. O mais caçado foi Marinho, principalmente no duelo com Viña travado desde o início. Lucas Braga chegou a aquecer, mas o camisa 11 pediu para voltar. Esse equilíbrio também tem a ver com uma novidade de Cuca na escalação do Peixe: o técnico colocou Sandry no meio-campo e espelhou o esquema tático do Verdão. Os dois times tiveram três meio-campistas móveis e três atacantes. O único momento de maior perigo foi aos 35 minutos, quando Raphael Veiga invadiu a área pela direita e bateu cruzado. A bola passou perto do goleiro John. SEGUNDO TEMPO O cenário pouco mudou para a etapa final. Os primeiros minutos foram de esboço de mudança tática e alguma pressão, mas logo os times se anulavam em campo. Aos 13, o Santos assustou o Palmeiras. Marinho cobrou falta e Lucas Veríssimo não alcançou de peixinho na pequena área. No minuto 18, Raphael Veiga bateu falta com perigo e a bola bateu na rede por cima de John. Quando o placar marcava 31 jogados, o Peixe teve o momento de maior emoção até então. Diego Pituca chutou de fora da área para Weverton espalmar. No rebote, Felipe Jonatan bateu forte e a bola passou perto. A partida caminhava para a prorrogação quando o clássico finalmente ganhou em emoção. Cuca escondeu a bola, foi derrubado por Marcos Rocha e acabou expulso. O técnico viu da arquibancada o gol de Breno Lopes aos 53 minutos do segundo tempo. Rony recebeu com liberdade, cruzou no segundo pau e Breno Lopes subiu mais que Pará, aproveitou a indecisão de John e colocou a bola no ângulo. Palmeiras campeão. FICHA TÉCNICA:PALMEIRAS X SANTOS Local: Maracanã, Rio de Janeiro, RJData: 30 de janeiro de 2021, sábadoHora: 16h (de Mato Grosso)Árbitro: Patricio Loustau (ARG)Assistentes: Ezequiel Brailovsky (ARG) e Diego Bonfa (ARG)VAR: Mauro Vigliano (ARG)Cartões amarelos: Palmeiras: Gustavo Gómez, Viña e Marcos Rocha; Santos: Lucas Veríssimo, Diego Pituca, Soteldo e Alison GOL:Palmeiras: Breno Lopes, aos 54 minutos do 2T PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Matías Viña; Danilo, Zé Rafael (Patrick de Paula), Gabriel Menino (Breno Lopes) e Raphael Veiga (Empereur); Rony (Felipe Melo) e Luiz Adriano.Técnico: Abel Ferreira SANTOS: John, Pará (Bruno Marques), Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan (Wellington Tim); Alison, Diego Pituca e Sandry (Lucas Braga); Marinho, Soteldo e Kaio Jorge (Madson)Técnico: Cuca