Spigreen
Notícias recentes
Mau tempo e tempestades de areia deixam 41 mortos na Índia

Mau tempo e tempestades de areia deixam 41 mortos na Índia

access_time13/05/2018 18:57

Uma série de tempestades de areia no norte da Índia matou 41 pessoas neste domingo (13) e causou dan

Homem é preso acusado de efetuar disparos em residência em Peixoto de Azevedo

Homem é preso acusado de efetuar disparos em residência em Peixoto de Azevedo

access_time03/04/2021 15:27

O suspeito, de 33 anos, foi preso pela Polícia Militar, ontem, no bairro Santa Izabel, em Peixoto de

Motorista que dirige na contramão tem mais culpa do que outro que bebeu, diz Tribunal de Justiça

Motorista que dirige na contramão tem mais culpa do que outro que bebeu, diz Tribunal de Justiça

access_time28/02/2020 06:31

Motorista que dirige na contramão, acima do limite de velocidade da rodovia e sem a devida atenção a

Notícias com a tag: CORTEJO

Corpo é trocado e família faz cortejo com pessoa errada

access_time28/08/2020 08:48

A agente de saúde Silvana Nardes, de 43 anos, que morreu de Covid-19 na quarta-feira (26), teve o corpo trocado no Hospital Referência, antigo Pronto Socorro de Cuiabá. A servidora pública, que é de Primavera do Leste, deu entrada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Cuiabá, mas não resistiu à doença. O corpo foi translado para sua cidade de origem, onde amigos e familiares realizaram um cortejo na manhã de quinta-feira (27). No entanto, um familiar recebeu uma ligação e foi informado de que aquela que estava no caixão prestes a ser sepultada não era Silvana. A Secretaria Municipal de Saúde informou que, após identificada a vítima, é colocada uma etiqueta no peito do paciente com o nome dele e também no invólucro impermeável. Depois disso, o corpo é levado para o necrotério do hospital. A funerária contratada pela família fica responsável de ir até a unidade de saúde e fazer a retirada do corpo da vítima. A Secretaria disse que quem faz a identificação do paciente a ser levado é a empresa contratada pela família. “No caso em questão, a funerária entrou no necrotério e levou uma pessoa que não correspondia ao seu serviço”, afirmou a Pasta. Leia a nota na íntegra: A Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá esclarece: - Existe um protocolo dentro do Hospital Referência COVID-19 para a liberação dos pacientes que foram a óbito. Após a constatação do óbito e de todos os trâmites legais, o falecido é colocado dentro de um invólucro impermeável, com seu nome afixado na altura do peito dele. Depois é colocado em um segundo invólucro, que também tem o nome do paciente afixado e levado para o necrotério. - A funerária contratada pela família vai até o hospital para fazer a retirada do paciente que foi a óbito. O serviço de óbito do Hospital Referência tem a responsabilidade de abrir o necrotério para que a funerária entre e leve o paciente correspondente à sua prestação de serviço. A responsabilidade de identificar o paciente que será levado é da funerária. - No caso em questão, a funerária entrou no necrotério e levou uma pessoa que não correspondia ao seu serviço. A Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá se solidariza com a família, que já passa pela dor do luto e que foi intensificada com este equívoco.