Kurupí
Notícias recentes
Homem é preso com quase 500 kg de pescado irregular e carne de animais silvestres em MT

Homem é preso com quase 500 kg de pescado irregular e carne de animais silvestres em MT

access_time31/01/2019 08:53

Um homem foi preso em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, com quase 500 kg de pescado irregular e carn

Diretor do Sindalcool garante que fim da colheita da cana-de-açucar não vai impactar no valor do etanol

Diretor do Sindalcool garante que fim da colheita da cana-de-açucar não vai impactar no valor do etanol

access_time05/11/2018 07:22

Nos postos de combustíveis de Cuiabá, o preço da gasolina varia entre R$ 4,75 e R$ 4,79. Já o etanol

Segunda Turma do STF confirma para a próxima terça-feira julgamento de pedido de liberdade de Lula

Segunda Turma do STF confirma para a próxima terça-feira julgamento de pedido de liberdade de Lula

access_time19/06/2018 18:42

O presidente da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, confi

Notícias com a tag: CampeonatoBrasileiro

Palmeiras perde em casa pro Grêmio e Flamengo é campeão brasileiro

access_time24/11/2019 20:47

O Palmeiras entrou em campo neste domingo como única equipe com chance de alcançar o Flamengo no Campeonato Brasileiro, mas acabou derrotado por 2 a 1 pelo Grêmio. O resultado no Allianz Parque garante o título nacional antecipado ao time rubro-negro. Com 68 pontos, o Palmeiras cai para o terceiro lugar do Campeonato Brasileiro, já que perde do Santos no número de vitórias (20 a 19). A quatro rodadas do final, os dois não podem mais alcançar o Flamengo, líder com 81 pontos. O Grêmio, por sua vez, chega aos 59 pontos e detém o quarto posto. Pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Grêmio volta a campo para enfrentar o Athletico-PR às 20h30 (de Mato Grosso) de quarta-feira, na Arena da Baixada. Já o Palmeiras duela com o ameaçado Fluminense às 19h30 de quinta, no Estádio do Maracanã. O Jogo – O Palmeiras conseguiu levar algum perigo ao gol adversário logo no começo da partida. Após cruzamento de Dudu, Geromel furou na tentativa de afastar e a bola ficou para Borja. O centroavante colombiano girou e chutou por cima, apesar dos pedidos de Zé Rafael para receber. Em um primeiro tempo morno no Allianz Parque, o Palmeiras voltou a tentar em chute de Bruno Henrique após sobra de Dudu, sem grande perigo. Em nova chegada do time alviverde, o volante Thiago Santos cabeceou por cima em cruzamento oferecido pelo camisa 7. O Grêmio, por sua vez, foi inofensivo no campo de ataque durante o primeiro tempo e não conseguiu se aproximar do gol defendido por Weverton de maneira consistente. Em um rato chute a gol, Everton Cebolinha viu a bola explodir na marcação. Pensando em aumentar o poder de fogo do Palmeiras, o técnico Mano Menezes tirou o apagado Borja no intervalo para promover a entrada de Luiz Adriano no comando de ataque. O time alviverde, porém, sofria para criar oportunidades, e o volante Thiago Santos era um dos poucos a se destacar. Aos 21 minutos da etapa complementar, Everton recebeu na grande área e caiu após jogada com Gustavo Gomez, na qual o árbitro Wilton Pereira Sampaio viu pênalti. Na cobrança, o próprio Cebolinha bateu com precisão e aproximou o Flamengo do título. Aos 35 minutos do segundo tempo, Dudu sofreu carga de Bruno Cortez dentro da área e Wilton Pereira Sampaio marcou mais um pênalti, convertido por Bruno Henrique. Aos 48, Pepê recebeu na esquerda e tocou com categoria na saída do goleiro Weverton para definir a vitória do Grêmio. FICHA TÉCNICA PALMEIRAS 1 x 2 GRÊMIO Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP) Data: 24 de novembro de 2019, domingo Horário: 15h (de Mato Grosso) Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO-FIFA) Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO-FIFA) e Bruno Raphael Pires (GO-FIFA) VAR: Wagner Reway (GO-FIFA) Cartões amarelos: Thiago Santos e Dudu (PAL); Matheus Henrique, Pepê e Diego Tardelli (GRE) Gols PALMEIRAS: Bruno Henrique (37 minutos do 2º Tempo) GRÊMIO: Everton Cebolinha (23 minutos do 2º Tempo) e Pepê (48 minutos do 2º Tempo) PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gomez (Ramires), Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Lucas Lima; Zé Rafael (Willian), Dudu e Borja (Luiz Adriano) Técnico: Mano Menezes GRÊMIO: Paulo Victor; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon (Michel) e Matheus Henrique; Luciano (Pepê), Alisson e Everton Cebolinha; Diego Tardelli (Patrick) Técnico: Renato Gaúcho

De virada, Flamengo leva Copa Libertadores com vitória por 2 a 1 sobre River Plate

access_time24/11/2019 20:40

 O Flamengo venceu a Copa Libertadores pela primeira vez em 38 anos ao derrotar neste sábado o atual campeão River Plate por 2 a 1, com dois gols de Gabriel Barbosa, o Gabigol. O River marcou primeiro com Rafael Borre aos 14 minutos e parecia estar chegando ao quinto triunfo da Libertadores. No entanto, Gabigol, o atacante emprestado da Inter de Milão, disparou pelo campo nos últimos minutos de jogo para marcar dois gols e virar a partida. O resultado deu ao Flamengo seu segundo triunfo na Libertadores e torna a equipe do Rio de Janeiro a representante sul-americana na Copa do Mundo de Clubes no Qatar, em dezembro. O clube carioca entrou no jogo como favorito, na esteira de uma espetacular sequência invicta de 26 jogos. Mas, jogando sua primeira final da Libertadores desde 1981, a equipe do técnico Jorge Jesus pareceu aquém do River Plate, que não dava sinais de abrir mão da liderança conquistada ao superar um a um rivais menos experientes. No entanto, quando a partida parecia terminada, Gabriel Barbosa empatou o jogo. E, em uma finalização que lembra a última vitória do Manchester United sobre o Barcelona na final da Liga dos Campeões de 1999, o atacante disparou novamente, já nos acréscimos, para balançar as redes, virando a partida e deixando os torcedores brasileiros em êxtase. Gabigol foi expulso segundos antes do apito final, após um cartão vermelho para Exequiel Palacios, do River. A final em Lima foi a primeira a ser disputada sem jogo de volta em território neutro nos 60 anos de história do torneio. A partida estava marcada para acontecer em Santiago, Chile, mas foi transferida para Lima no início deste mês por causa de distúrbios políticos na capital chilena. A mudança ocorreu um ano depois que a segunda etapa da final entre River Plate e Boca Juniors foi transferida para Madri, Espanha, depois que os torcedores do River atacaram o técnico do Boca quando este se aproximava do estádio.