Spigreen
Notícias recentes
Dia 14 de julho acontece a segunda Campanha de Doação de Sangue de 2018

Dia 14 de julho acontece a segunda Campanha de Doação de Sangue de 2018

access_time10/07/2018 09:09

A segunda campanha de doação de sangue de 2018 acontecerá no próximo sábado (14), das 07h às 11h no

Senado aprova fim de cobrança na escolha de assento em avião

Senado aprova fim de cobrança na escolha de assento em avião

access_time09/08/2018 08:24

Os senadores aprovaram nesta quarta-feira (8) projeto que proíbe companhias aéreas de cobrarem valor

Mato Grosso registra 6,1 mil casos e 213 mortes por Covid-19

Mato Grosso registra 6,1 mil casos e 213 mortes por Covid-19

access_time14/06/2020 20:01

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (14), 6.108 casos conf

Notícias com a tag: Campo-Novo-do-Parecis

Sem roupa, inquilino invade casa de idosa, a ameaça e é esfaqueado em MT

access_time10/03/2020 08:12

Um homem de 62 anos foi esfaqueado na região do peito após invadir uma casa, pelado, e ameaçar uma idosa de 75 anos, no último sábado, em Campo Novo do Parecis. Segundo boletim de ocorrência, o senhor entrou nervoso na casa da idosa, perguntando se ela nunca tinha visto um homem pelado e ameaçando de morte ela e a família dela. A idosa gritou por socorro e quando o filho dela chegou no local, viu a mãe sendo ameaçada pelo homem. Diante disso, o filho pegou uma faca de cozinha e golpeou na altura do peito o homem que estava nu. A idosa contou a Polícia Militar que o homem esfaqueado é seu inquilino e mora no mesmo quintal que ela. De acordo com o relato, ele costuma chegar bêbado em casa e ficar sem roupas diante dela e das crianças que moram junto com a idosa, mas neste último sábado (7), ele teria passado dos limites. O homem 'pelado' estava sob efeito de álcool durante o atendimento da polícia, segundo o boletim. Ele foi encaminhado para o hospital. De acordo com o médico que o atendeu, o corte provocado pelo golpe de faca foi superficial e ele passa bem. A idosa e seu filho foram ouvidos pela Polícia Civil e liberados.