Kurupí
Notícias recentes
Trump indica o juiz Brett Kavanaugh para a Suprema Corte

Trump indica o juiz Brett Kavanaugh para a Suprema Corte

access_time10/07/2018 08:07

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, indicou nesta segunda-feira o juiz federal Brett Kava

Cacerense é preso pela PM em Cuiabá após roubo de hilux com placas de Matupá

Cacerense é preso pela PM em Cuiabá após roubo de hilux com placas de Matupá

access_time23/06/2018 12:30

Na madruga de hoje, 23/06 (sábado), por volta das 4h30, a Polícia Militar realizando rondas ostensiv

Avião militar que caiu nos EUA levava nove pessoas a bordo

Avião militar que caiu nos EUA levava nove pessoas a bordo

access_time02/05/2018 20:53

Um avião militar dos Estados Unidos, que ficou destruído ao cair em um acidente no estado da Geórgia

Notícias com a tag: Correios

Governo anuncia privatização dos Correios nesta quarta

access_time21/08/2019 10:44

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos está na lista das 17 estatais que serão privatizadas ainda este ano. O anúncio será feito nesta quarta-feira (21), segundo informou o ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta terça-feira (20). A privatização de estatais precisa de aval do Congresso. Nas justificativas que constam de estudo para privatizar os Correios, o Ministério da Economia aponta corrupção, interferências políticas na gestão da empresa, ineficiência, greves constantes e perda de mercado para empresas privadas na entrega de mercadorias vendidas pela internet, o e-commerce. Como exemplos de ineficiência, o estudo aponta o "elevado índice de extravio", e morosidade no ressarcimento dos produtos extraviados. Nos estudos para a venda da estatal, o Ministério da Economia aponta o rombo de R$ 11 bilhões no fundo de pensão dos funcionários, o Postalis. Além disso, o Postal Saúde, o plano que atende aos funcionários, tem um rombo de R$ 3,9 bilhões. O estudo diz que os Correios são uma "vaca indo para o brejo", envolvendo risco fiscal de R$ 21 bilhões" (veja no vídeo abaixo). Em junho deste ano, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que o governo federal não pode vender estatais sem aval do Congresso e sem licitação quando a transação implicar perda de controle acionário. Privatizações e PPI Na manhã desta quarta, questionado sobre privatizações, o presidente Jair Bolsonaro disse que as empresas vão entrar primeiro no Programa de Parceria de Investimentos (PPI), para depois começar o processo de privatização. Bolsonaro falou com jornalistas na portaria do Palácio da Alvorada antes de seguir para os compromissos do dia. "Ah, não é vão ser privatizadas, vão entrar no PPI para começar o processo de privatização", afirmou Bolsonaro. Ainda de acordo com o presidente, o processo dos Correios se encerra ainda neste ano, mas ele lembrou que é um processo demorado, justamente porque precisa de aval do Congresso. "A privatização dos Correios passa também [ainda em 2019], segundo decisão do Supremo, pela Câmara, pelo Congresso Nacional. Então, é um processo longo, não é rápido, bastante longo", declarou o presidente.

Kassab colocará general na presidência dos Correios

access_time03/11/2018 15:01

O ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, confirmou neste domingo (3) que o general Juarez Aparecido de Paula Cunha assumirá a presidência dos Correios. O atual presidente, Carlos Fortner, ocupará a vice-presidência de operações da estatal. Segundo Kassab, a mudança é interna e não tem relação com o novo governo. “O general já está lá nos Correios há quase um ano, é o presidente do Conselho de Administração, é um quadro dos Correios”, disse o ministro por telefone. Kassab também afirmou que não tratou da mudança com ninguém da equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro. “A mudança não tem impacto na gestão. E a partir de janeiro o novo governo coloca quem eles quiserem na presidência”, disse. A informação sobre a troca do comando dos Correios foi publicada pelo jornal “O Estado de S.Paulo” e confirmada pela reportagem. Fortner assumiu a presidência dos Correios em maio deste ano, quando o antigo presidente Guilherme Campos saiu para concorrer nas Eleições. Durante a campanha eleitoral Bolsonaro chegou a dizer que os Correios estavam na lista de estatais que poderiam ser privatizadas. O atual presidente da empresa, Carlos Fortner, já se declarou contrário à privatização.

Correios abrem quase 5 mil vagas para concurso de jovem aprendiz

access_time12/05/2018 14:08

Os Correios estão com 4.983 vagas abertas para o concurso de jovem aprendiz.  As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até dia 29 de maio deste ano por meio do site dos Correios.  Os pré-requisitos para participar do processo seletivo são ter entre 14 anos e 22 anos na contratação, ser brasileiro, estar cursando, no mínimo, o 9º ano do ensino fundamental e não ter trabalhado anteriormente nos Correios. Outros requisitos podem ser consultados no edital. Os aprovados vão receber o salário de R$ 448,46, vale-transporte compartilhado, vale-refeição ou alimentação compartilhado em 5% e uniforme fornecido pelos Correios.  Os candidatos que forem contratados vão ter um contrato de 12 meses e a jornada de trabalho é de 20 horas semanais. O resultado final será divulgado no DOU (Diário Oficial da União) no dia 29 de julho deste ano.  Para consultar mais informações sobre o concurso, acesse o site oficial.