anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
CBF admite erro da arbitragem em pênalti não marcado em Grêmio x Corinthians

CBF admite erro da arbitragem em pênalti não marcado em Grêmio x Corinthians

access_time14/11/2023 16:31

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) admitiu que sua arbitragem cometeu um erro na vitória do 

Pela 7ª semana seguida, mercado projeta alta da inflação

Pela 7ª semana seguida, mercado projeta alta da inflação

access_time30/01/2023 10:07

O Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira, 30, pelo Banco Central, projetou inflação de 5,74% p

Metamat investiga existência de jazida de minério considerado o

Metamat investiga existência de jazida de minério considerado o "ouro do século 21", localizada em MT

access_time02/10/2023 16:31

Mato Grosso é reconhecidamente uma potência do agronegócio e pode ser destaque também no setor miner

Notícias com a tag: EUA

Nasa encontra destroços de sonda japonesa na Lua

access_time30/05/2023 06:08

Na terça-feira 23, a Nasa divulgou imagens do local em que o módulo lunar japonês, da sonda espacial Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO), se chocou contra a Lua. A nave, fabricada pela empresa ispace, estava em uma missão desde dezembro de 2022 e deveria ter pousado em solo lunar no fim de abril deste ano. Os especialistas da Nasa analisaram dez imagens, produzidas em 26 de abril, um dia depois do impacto, e verificaram novos pontos na Lua, além de realizarem uma comparação com o que já era visível em fotos feitas antes do impacto. Depois das análises, os pesquisadores concluíram que essas regiões podem ser crateras originadas pelo choque da nave com a Lua ou partes do módulo japonês. A Nasa planeja fazer mais registros da região. “O local será analisado posteriormente nos próximos meses, pois a LRO terá a oportunidade de fazer observações adicionais sob várias condições de iluminação e ângulos de visão”, informou a agência espacial, em nota. Como a colisão da sonda japonesa na Lua foi descoberta Momentos antes do previsto para o procedimento, a ispace perdeu contato com o módulo e disse que provavelmente ocorreu algum problema, assim, o pouso não aconteceu como planejado. Uma das hipóteses levantadas pela empresa foi um possível problema no combustível. Para decifrar o ocorrido, os especialistas recorreram à sonda LRO. As câmeras que estão acopladas à LRO registram a superfície lunar com imagens de resolução bem alta. Vista essa qualidade, o equipamento da Nasa seria o mais indicado na tentativa de verificar o que ocorreu com a Hakuto-R.

Biden anuncia candidatura à reeleição nos EUA

access_time25/04/2023 09:49

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, confirmou nesta terça-feira, 25, sua candidatura à reeleição em 2024. O democrata, que tem 80 anos, confirmou que a sua atual vice, Kamala Harris, também vai disputar as eleições mais uma vez ao seu lado. Biden escolheu o dia de hoje para oficializar suas intenções, já que completa quatro anos desde que lançou a campanha que o levou à Casa Branca. O presidente voltou a fazer alertas sobre o termo “MAGA “, que impulsionou a candidatura do ex-presidente Donald Trump à Casa Branca. A sigla, detestada pelo democrata, significa “Make America Great Again”, ou, em português, “Fazer a América Grande Novamente”. Segundo Biden, o movimento ameaça as liberdades fundamentais. Em resposta, o Partido Republicano afirmou que Biden está “desconectado” da realidade por sua decisão. “Biden está tão desconectado da realidade que acha que merece mais quatro anos no poder, quando tudo o que está fazendo é criar uma crise atrás da outra”, disse a presidente do partido, Ronna McDaniel. No vídeo em que anuncia sua reeleição, Joe Biden também defendeu o aborto. Entre os republicanos, ainda deverá ocorrer uma disputa interna nas primárias para decidir se Trump será mesmo o candidato, já que outros nomes pretendem se lançar, como o governador da Flórida, Ron DeSantis. As primárias democratas, por sua vez, devem ter o advogado ambiental Robert F. Kennedy e a autora de livros de autoajuda Marianne Williamson. No entanto, o Comitê Nacional Democrata endossa a candidatura de Biden e não planeja organizar debates de primárias.

Biden: ‘É assim que o capitalismo funciona’

access_time13/03/2023 11:02

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, prometeu responsabilizar os culpados pela falência do Silicon Valley Bank (SVB) — conhecido como banco do Vale do Silício — e do Signature Bank. As duas instituições financeiras fecharam em um intervalo de três dias. Em pronunciamento nesta segunda-feira, 13, ele garantiu que as empresas terão acesso ao seu dinheiro. No discurso, Biden destacou a ação imediata que sua administração tomou para enfrentar um possível colapso financeiro. “Estou firmemente comprometido em responsabilizar totalmente os culpados por essa bagunça e em continuar nossos esforços para fortalecer a supervisão e a regulamentação de bancos maiores, para não ficarmos nesta posição novamente”, disse Biden. O presidente garantiu que os americanos têm um sistema bancário “seguro”. “Seus depósitos estarão lá quando precisar”, afirmou. “Todos os clientes com depósitos nesses bancos podem ficar tranquilos, pois estão protegidos e terão acesso ao seu dinheiro a partir de hoje”, explicou. “Nenhum prejuízo será pago pelos contribuintes.” Segundo Biden, o dinheiro virá das taxas que os bancos pagam ao fundo garantidor de crédito do país, o FDIC. O presidente dos EUA também observou que a administração desses bancos será demitida, caso as instituições sejam assumidas pelo FDIC. Ainda conforme Biden, os investidores desses bancos não serão protegidos. “Eles assumiram um risco conscientemente e, quando o risco não compensou, perderam seu dinheiro. É assim que o capitalismo funciona”, disse. Ao final do discurso, Biden revelou que há questões importantes para descobrir como esses bancos chegaram a essas circunstâncias. “Devemos obter o relato completo do que aconteceu e por quê para que os culpados sejam responsabilizados”, finalizou.

John Kerry reforça disposição dos EUA em financiar Fundo Amazônia

access_time28/02/2023 12:05

Em uma reunião, nesta segunda-feira, 27, com o vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, e a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, o assessor-especial do governo Estados Unidos para o clima, John Kerry, disse que vai se empenhar junto ao Congresso estadunidense e a iniciativa privada para obter valores significativos ao Fundo Amazônia e outras cooperações. Ao sair do encontro, Alckmin disse que a a reunião foi muito proveitosa: “Abordou a questão, claro o principal, do combate à mudança climática, abordamos desmatamento, descarbonização, transição energética e possibilidades de parcerias em várias áreas”. No início do mês, o presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou um interesse de colaborar financeiramente com o Fundo Amazônia e havia a previsão de um repasse do governo americano de US$ 50 milhões (equivalente a cerca de R$ 270 milhões). O enviado do presidente Joe Biden ficará no Brasil até esta terça-feira, 28, quando embarca para o Panamá para participar de uma conferência sobre oceanos. “É uma questão grave e esse é o momento. Não podemos deixar passar esse momento para segurar o aumento da questão do clima. Nos Estados Unidos tiveram, nessa madrugada, tornados violentíssimos, tragédia verdadeira. Nós tivemos agora nesta última semana tragédia também no litoral, enchentes e chuvas torrenciais e, simultaneamente, seca no Sul do Brasil, ao mesmo tempo. A mudança climática leva a esses extremos que colocam em risco a segurança, a questão social e a economia. O Brasil tem compromisso de combater as mudanças climáticas”, declarou Alckmin. Há a expectativa de Kerry anunciar algo mais concreto com relação ao Fundo Amazônia nesta terça-feira, 28, após uma reunião bilateral agendada apenas com Marina Silva. “Quem vai anunciar o valor é o governo Biden em um tempo oportuno para eles, eles dependem do Congresso. Nada vai ser feito de forma a desconsiderar as dinâmicas de cada país. O Brasil trabalha para que a gente possa ter, o mais rápido possível, os aportes que estão sendo colocados pelos diferentes governos como já sinalizou, por exemplo, a Alemanha. Mas cada país tem o sem tempo e a sua dinâmica interna”, declarou a ministra do Meio Ambiente. Alckmin também informou que o Fundo Amazônia já foi ativado e abriu os primeiros projetos, que são na área humanitária no atendimento às comunidades indígenas, incluindo os Yanomami, para combate à desnutrição e também projetos no combate ao desmatamento e organizações criminosas na região. Também estão inclusos projetos de políticas públicas de renda para as 28 milhões de pessoas que vivem na Amazônia. John Kerry está em Brasília desde domingo, 26, e veio para reuniões com parlamentares, ministros e empresários.

EUA divulgam foto inédita de balão espião chinês

access_time23/02/2023 07:08

Na quarta-feira 22, o Pentágono divulgou uma foto aproximada do balão espião chinês que sobrevoou o país por dias, antes de ser abatido pelo governo norte-americano na Carolina do Norte. A imagem foi feita em 3 de fevereiro. As autoridades suspeitam que o equipamento tenha feito registros importantes do território, como o de um dos três centros de comando do arsenal de mísseis balísticos intercontinentais do país, localizado no Estado de Montana. Depois de revelada a origem do balão, os Estados Unidos intimaram a China. O Partido Comunista (PCC) alegou tratar-se de um objeto para fins meteorológicos que perdeu o rumo e acabou indo em direção aos EUA. A Casa Branca, contudo, não acreditou na versão do PCC e mandou derrubar o balão. Partes dos detritos, incluindo sua carga útil, foram recuperados e estão sendo analisados, conforme informou a vice-secretária de imprensa do Pentágono, Sabrina Singh. O balão espião chinês e sua trajetória O Departamento de Estado dos EUA informou que o balão tinha diversas antenas em um arranjo que “provavelmente conseguia coletar e geo-localizar comunicações”. Os painéis solares da máquina eram grandes o suficiente para produzir energia para operar “vários sensores ativos de coleta de inteligência”. Algumas características do balão foram reveladas: É um equipamento que voa em altitudes elevadas; Pode ser equipado com sensores de alta tecnologia capazes de captar transmissões de rádio, celular e outras que não podem ser captadas por satélites, por exemplo; Opera de 24 km a 37 km de altitude, muito acima de rotas comerciais (no máximo 12 km de altitude); Geralmente movido por correntes de vento; Pode funcionar com energia solar; Também pode ser guiado à distância; Muito usado pelos EUA e pela União Soviética durante a Guerra Fria; Considerado uma alternativa e em relação a satélites. A máquina iniciou sua viagem controlada em território norte-americano em 28 de janeiro. O balão foi rastreado sobre Montana no início de fevereiro, logo depois de viajar pelas Ilhas Aleutas e pelo Canadá.

Filho do megatraficante ‘El Chapo’, procurado pelos EUA, é capturado no México

access_time06/01/2023 05:55

Ovidio Guzmán, um dos filhos do megatraficante Joaquín “El Chapo” Guzmán, o mais procurados pelos Estados Unidos, foi capturado nesta quinta-feira, 5, durante uma operação policial marcada por confrontos a tiros em Culiacán, no norte do México. A prisão de Guzmán, um dos líderes do Cartel de Sinaloa, ocorreu quatro dias antes da chegada do presidente americano, Joe Biden, ao México, para a Cúpula de Líderes da América do Norte. A violência desencadeada pela prisão provocou temores entre moradores da região por causa das memórias do controverso “culiacanazo”, uma operação policial em que as forças federais prenderam Ovidio em 17 de outubro de 2019, mas o libertaram horas depois devido a atos violentos do Cartel de Sinaloa. A prisão de Guzmán gerou bloqueios em diferentes estradas em Culiacán, capital do estado de Sinaloa, além de confrontos em diferentes partes da cidade, veículos incendiados e relatos de civis sendo retirados de seus carros por volta das 4h30 (horário local), o que paralisou a cidade. Após os eventos, Cristóbal Castañeda Camarillo, secretário de Segurança Pública de Sinaloa, pediu à população que ficasse em suas casas por motivos de segurança. “Existem diferentes bloqueios na cidade. Agora o convite aos cidadãos é que se eles não têm nada pelo que sair, não saiam”, disse o secretário. Em meio a um forte dispositivo de segurança na Cidade do México, Ovidio Guzmán foi transferido para a mesma prisão onde seu pai foi confinado e escapou. Em uma estratégia de segurança e para não tornar a informação pública, as autoridades mexicanas enviaram primeiro um comboio de oito viaturas que saiu por volta das 17h30 (horário local, 19h30 de Mato Grosso) da Procuradoria Especializada em Crime Organizado (FEMDO) na capital mexicana e, depois das 18h (20h), um helicóptero decolou do mesmo local. Ambos tiveram como destino o Centro Federal de Readaptação Social (Cefereso) número 1 Altiplano – também conhecido como prisão de Almoloya -, localizado no Estado do México, onde seu pai esteve detido e de onde fugiu em 2015. Nos arredores da prisão também foi implantado um dispositivo de segurança com pelo menos uma dezena de viaturas do Exército e da Guarda Nacional.