Spigreen
Notícias recentes
Coreia do Norte marca data para destruir local de testes nucleares

Coreia do Norte marca data para destruir local de testes nucleares

access_time12/05/2018 15:18

A Coreia do Norte afirmou, neste sábado (12), que programou a destruição de seu local de testes nucl

Presidentes da Rússia e da China pedem diminuição de protecionismo

Presidentes da Rússia e da China pedem diminuição de protecionismo

access_time14/11/2019 08:03

A diminuição do protecionismo é essencial para enfrentar a desaceleração econômica global, disseram

MT registra aumento de apreensões e queda de registros de tráfico e uso de entorpecentes

MT registra aumento de apreensões e queda de registros de tráfico e uso de entorpecentes

access_time27/10/2020 09:24

Mato Grosso tem ganhado destaque quando o assunto é o combate ao tráfico de drogas. De janeiro a set

Notícias com a tag: FRIO

Em 3 dias, Cuiabá vai de recorde de calor a recorde de frio e registra 11º na madrugada, diz Inmet

access_time21/08/2020 09:07

Os termômetros de Cuiabá registraram o frio mais intenso do ano durante a madrugada desta sexta-feira (21) marcando 11°C, conforme dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Há três dias, a capital bateu recorde de calor. A medição do Inmet apontou que, por volta de 14h, a temperatura alcançou 41,2ºC. O frio para os cuiabanos deve seguir por todo o fim de semana. A mínima prevista para esta sexta-feira é de 12°C e a máxima de 21°C. Conforme dados do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/Inpe), nesse sábado (22), a mínima para Cuiabá é de 10°C e a máxima de 27°C. De acordo com o CPTEC/Inpe, não há previsão de chuva. A capital já está há mais de três meses sem registro de chuva. Neste mês, a Defesa Civil emitiu alertas sobre a umidade relativa do ar, que chegou a ficar abaixo de 20%. A pneumologista Keyla Maia reforçou que, com essa mudança rápida nas temperaturas, as crianças e os idosos são os mais vulneráveis e podem sofrer com as doenças respiratórias. Segundo ela, além dos agasalhos, é preciso que a população consuma alimentos que aumente a imunidade.