Kurupí
Notícias recentes
Furacão Dorian ganha força e atingirá Bahamas com categoria 5

Furacão Dorian ganha força e atingirá Bahamas com categoria 5

access_time01/09/2019 11:16

O furacão Dorian se fortaleceu nas últimas horas deste domingo (1) e vai atingir o nordeste das Baha

Madeireiras de cidade em MT destruída por incêndio terão que apresentar plano de destinação de resíduos

Madeireiras de cidade em MT destruída por incêndio terão que apresentar plano de destinação de resíduos

access_time29/08/2019 09:30

A Justiça de Mato Grosso deu prazo de 90 dias para que as madeireiras de Marcelândia, a 712 km de Cu

Governo publica decreto sobre armas; civis não podem adquirir fuzis

Governo publica decreto sobre armas; civis não podem adquirir fuzis

access_time22/05/2019 09:59

O governo federal publicou hoje (22) novo decreto que altera regras do Decreto nº 9.785, de 7 de mai

Notícias com a tag: IBGE

Safra brasileira cresce mais de 6% e bate recorde em 2019, diz IBGE

access_time08/01/2020 09:22

A safra agrícola brasileira bateu recorde em 2019 e alcançou 241,5 milhões de toneladas, um crescimento de 6,6% na comparação com 2018, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (8). Segundo o IBGE, o recorde anterior foi em 2017, quando foram produzidas 238,4 milhões de toneladas. A estimativa da área colhida para 2019 foi de 63,2 milhões de hectares, apresentando crescimento de 3,7% frente à área colhida em 2018, (+ 2,3 milhões de hectares). O arroz, o milho e a soja representaram 92,8% da estimativa da produção e responderam por 87,0% da área colhida. Em relação a 2018, houve acréscimo de 7,0% na área do milho, de 2,6% na área da soja e de 41,9% para a área do algodão herbáceo e redução de 9,3% na área de arroz. Quanto à produção, ocorreram quedas de 3,7% para a soja e de 12,6% para o arroz e acréscimos de 23,6% para o milho e de 39,8% para o algodão herbáceo. Regionalmente, o volume da produção de cereais, leguminosas e oleaginosas apresentou a seguinte distribuição: Centro-Oeste, 111,5 milhões de toneladas (46,2%); Sul, 77,2 milhões de toneladas (32,0%); Sudeste, 23,7 milhões de toneladas (9,8%); Nordeste, 19,2 milhões de toneladas (7,9%) Norte, 9,8 milhões de toneladas (4,1%). Todas as regiões, apresentaram aumento na produção, de acordo com instituto. Mato Grosso lidera como maior produtor nacional de grãos, com uma participação de 28,0%, seguido pelo Paraná (14,9%), Rio Grande do Sul (14,3%), Goiás (10,0%), Mato Grosso do Sul (7,9%) e Minas Gerais (6,0%), que, somados, representaram 81,1% do total nacional. O IBGE leva em conta o que foi produzido durante os 12 meses do ano. Diferentemente da Companhia Nacional de Abastecimento, que considera o calendário de safra, que começa em julho e termina junho do ano seguinte. Previsão é de novo recorde em 2020 Para a safra 2020, a produção de cereais, leguminosas e oleaginosas aponta para um novo recorde, de 243,2 milhões de toneladas, 0,7% acima da safra de 2019. As estimativas iniciais apontam uma redução de 7,2% na produção do milho e um crescimento de 7,8% na produção da soja. Levando em conta os cinco produtos de maior importância para a próxima safra, apenas o milho 2ª safra apresentou estimativa de produção menor que em 2019, de 10,4%. Apresentam variação positiva o algodão herbáceo (2,7%), o feijão 1ª safra (3,3%), o arroz (0,9%), o milho 1ª safra (1,8%) e a soja (7,8%). As estimativas das produções de soja (122,4 milhões de toneladas) e algodão (7,1 milhões de toneladas) são recordes da série histórica do IBGE.

Brasil tem mais de 210 milhões de habitantes, diz IBGE

access_time28/08/2019 10:11

O Brasil tem mais de 210 milhões de habitantes, segundo os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) publicados no DOU (Diário Oficial da União) na manhã desta quarta-feira (28).  A pesquisa considera 1º de julho de 2019 como data de referência. Em 2018, a estimativa da população brasileira era de 208 milhões. A região Sudeste conta com os três estados mais populosos do Brasil: São Paulo, com 45.919.049 habitantes, Minas Gerais, com 21.168.791, e Rio de Janeiro, com 17.264.943. Os estados de Roraima (605.761), Amapá (845.731) e Acre (881.935) estão no extremo oposto, como os menos populosos do país.  Na região Nordeste do país, a Bahia segue como o estado mais populoso, com 14.873.064 habitantes. É o também o quarto estado com mais habitantes do país.  Em seguida, Pernambuco (9.557.071) e Ceará (9.132.078) estão entre os estados mais populosos do Nordeste. Já Sergipe (2.298.696), Piauí (3.273.227) e Alagoas (3.337.357) são os locais com menos moradores da região. No Sul, a estimativa da população no Paraná (11.433.957) e no Rio Grande do Sul (11.377.239) é próxima, ambas maiores do que a de Santa Catarina (7.164.788). A população em Goiás dispara em comparação aos outros estados do Centro-Oeste, com 7.018.354 de habitantes. Em seguida aparecem Mato Grosso (3.484.466), Distrito Federal (3.015.268) e Mato Grosso do Sul (2.778.986). 

MT deve colher mais de 25% da produção de grãos, cereais e oleaginosas do país na safra 2018, estima IBGE

access_time12/06/2018 18:05

Mesmo com a previsão de queda na produção nacional, o estado de Mato Grosso deve ser responsável por mais de um quarto do total de grãos, cereais e oleaginosas colhidas no país. A informação é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que estimou a produção nacional em 228,1 milhões de toneladas na safra 2018. O número, segundo o IBGE, é 5,2% inferior à produção de 2017, quando foram colhidos 240,6 milhões de toneladas. Ao todo, Mato Grosso deve produzir 25,9% da produção nacional. Entre os principais produtos estão o algodão e a soja. Maior produtor de algodão herbáceo (em caroço) do país o estado. De acordo com o IBGE, Mato Grosso deve produzir 144,7 mil toneladas da cultura. Mais que o dobro da Bahia, segundo maior produtor, que deve colher 57,5 mil toneladas. A área plantada com o produto é de 765,2 mil hectares. O estado é o maior produtor de algodão do Brasil e deve ser responsável pela colheita de 66,8% da estimativa total para 2018. Já a produção de soja teve incremento de 0,1% em relação ao mês anterior e deve ter recorde de produção nacional. Em Mato Grosso, a produção do grão deve girar em torno de 220,3 mil toneladas.