anuncie aqui vermelho
Notícias recentes
Governo de MT assina decreto que mantém suspensas autorizações para desmatamento no estado

Governo de MT assina decreto que mantém suspensas autorizações para desmatamento no estado

access_time03/09/2019 09:02

Foi publicado no Diário Oficial do Estado de sexta-feira (30), o decreto assinado pelo governador Ma

Mais de 2,4 mil vagas são ofertadas pela Unemat para candidatos que fizeram o Enem

Mais de 2,4 mil vagas são ofertadas pela Unemat para candidatos que fizeram o Enem

access_time12/12/2019 09:31

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) está oferecendo 2.420 vagas para ingresso no primei

Renegociação da dívida ativa renderá R$ 6,4 bilhões ao governo em 2020

Renegociação da dívida ativa renderá R$ 6,4 bilhões ao governo em 2020

access_time30/11/2019 07:15

A partir de sexta-feira (29), devedores com mais de R$ 15 milhões inscritos na dívida ativa da União

Notícias com a tag: LucasdoRioVerde

Polícia Civil encontra estrutura de rinha galo durante investigação de violência doméstica

access_time27/08/2021 14:00

Uma estrutura completa de rinha de galo foi desarticula pela Polícia Civil, na manhã desta sexta-feira (27.08), em investigação de violência doméstica realizada pelo Núcleo de Atendimento à Criança, Adolescente, Idoso e à Mulher da Delegacia de Lucas do Rio Verde.  A ação foi deflagrada no início da manhã para cumprimento de mandado de busca e apreensão domiciliar, que tinha o objetivo de localizar e apreender uma arma de fogo, que o suspeito utilizava para intimidar a ex-esposa.  Na residência, os investigadores apreenderam uma pistola 380 e se depararam com uma grande estrutura completa de rinha de galo, com mais de 80 animais, configurando crime ambiental. Na delegacia, os policiais checaram a arma de fogo e constaram se tratar de produto de furto, ocorrido no dia 24 de maio de 2018, no bairro Jardim dos Estados em Várzea Grande.  Diante dos fatos, foi lavrado o flagrante contra o suspeito pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo, receptação e crime ambiental. Segundo o  delegado de Lucas do Rio Verde, Eugênio Rudy Junior, devido à gravidade dos crimes não será arbitrada fiança ao suspeito.  “Estamos em conversa com Prefeitura com a finalidade de arrumar um local para os galos encontrados na residência do investigado”, disse o delegado.

Gestores esportivos de Lucas do Rio Verde visitam a Secretaria de Esportes de Peixoto de Azevedo

access_time16/07/2021 06:47

Na manhã dessa última quarta-feira (14/07), na Secretaria de Esportes de Peixoto de Azevedo, se fez presente uma comissão vinda da Cidade de Lucas do Rio Verde e que tinha a frente o Secretário de Esportes, Jackson Lopes. Na oportunidade o secretário e toda sua equipe agradeceu pela incrível receptividade por parte dos membros que compõem a Secretaria de Esporte de Peixoto de Azevedo/MT, o objetivo da visita é formalizar uma parceria entre Peixoto de Azevedo e Lucas do Rio Verde e assim trocarem experiências para que possam  fortalecer o esporte em vários segmentos em suas respectivas cidades o que será de forma direta bom para o esporte como um todo do Estado de Mato Grosso. Segundo o Secretário de esportes de Lucas, Jackson Lopes, "Peixoto de Azevedo tem um potencial muito grande principalmente no atletismo, e essa experiência precisa ser compartilhada para que outras cidades possam crescer dentro desse seguimento". Toda a equipe da Secretaria de Esportes de Peixoto, ficou muito feliz com a colocação do secretário da cidade de Lucas do Rio Verde e se colocou a disposição para ajudar no que for preciso, e uma visita já está sendo agendada até a cidade de Lucas do Rio Verde por parte da secretaria de esporte de Peixoto de Azevedo para acompanhar a forma de trabalho e toda a estrutura que é utilizada para atender a demanda daquele município que é referência no esporte dentro do estado.  Os profissionais também levaram a comissão para conhecer o estádio Morada do Ouro, ´o Campo de grama sintética no Bairro Nova Esperança, também o ginásio do União do Norte, que brevemente estará em funcionamento, "Sem dúvida nenhuma serve de referência para muitas cidades que querem crescer no segmento esportivo e isso não se faz sozinho e o professor Jackson está de parabéns pela sua humildade pois quem vai ganhar com isso é a sociedade como um todo, e o esporte do estado de Mato Grosso", destacou Lenilton Mardine, Coordenador de Esporte peixotense.  Elvis Pinho professor de educação física e técnico de atletismo é uma das peças chave do esporte de Peixoto de Azevedo dentro do atletismo, e tem como amigo Almir Júnior um dos maiores atletas do atletismo da atualidade e que vai disputar uma olimpíada daqui a alguns dias, segundo Elvis parcerias como essa contribuem para que outros atletas no estado de Mato Grosso possam ter a mesma oportunidade que segundo ele o Almir júnior teve, e isso só vai acontecer se ações como essa entre Peixoto e Lucas acontecerem com mais frequência entre os munícipios que pretendem ter destaque não só no atletismo mais em vários outros seguimentos esportivos.  O presidente da Câmara Evandro Kommes fez questão de acompanhar a comissão em sua visita e destacou ao secretário de esporte de Lucas do Rio Verde que ele terá todo apoio por parte do poder legislativo, pois segundo Evandro Peixoto é um grande celeiro de talentos no seguimento esportivo e Lucas tem uma estrutura que muitas cidades gostariam de ter e não tem, diante disso uma parceria com uma cidade como Lucas e com toda estrutura que ela tem em pleno funcionamento, com certeza para Peixoto de Azevedo será de grande valia, afinal precisamos avançar principalmente em estrutura e iremos já direcionar obras de grande magnitude e que realmente funcionem de forma efetiva e que assim Peixoto de Azevedo possa voltar a ser destaque no âmbito esportivo estadual e quem sabe até mesmo em nível nacional e internacional como é o caso de Almir Junior que saiu daqui da cidade de Peixoto justamente por não ter uma estrutura adequada para os seus treinamentos.

Mais de 700 ligações clandestinas de energia são detectadas e prejuízo chega a R$ 8,4 milhões em MT

access_time03/11/2018 15:28

Duas operações integradas entre as forças de segurança pública – Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil e Politec – com a Energisa, concessionária de energia elétrica, resultaram em 702 ocorrências de furtos de energia apenas nos municípios de Sorriso e Lucas do Rio Verde. Os conhecidos 'gatos', feitos desde pessoas de baixa renda até fazendeiros, representaram um prejuízo de R$ 8,4 milhões. Com a operação, o estado recuperou R$ 958,8 mil em ICMS, pois a concessionária já faturou a energia que havia sido furtada pelos consumidores. A Operação Sorriso 1 foi realizada de 14 a 16 de agosto, um mês após a assinatura do Termo de Cooperação entre a Energisa e Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp). Apenas em uma propriedade rural foi observado que o furto de energia atingiu R$ 1,015 milhão. Além da concessionária de energia, viaturas da PM, PJC e peritos da Politec chegaram na propriedade no período noturno e constataram que o proprietário ligava o ‘gato’ no período da noite. De 25 a 27 de setembro foi realizada a Operação Sorriso 2, onde foram constatadas mais fraudes nos relógios medidores em mais fazendas de grãos e em condomínios de alto padrão. Em uma das mansões, o proprietário pagava apenas R$ 180 de energia, embora a casa tivesse várias instalações de ar-condicionado. Uma fazenda, até com praia artificial, furtou durante 6 meses R$ 1,018 milhão na conta de energia elétrica. Isso significa que cerca de R$ 400 mil em ICMS deixou de entrar na conta do estado. A Energisa estima que anualmente a concessionária tem uma perda de R$ 260 milhões com os famosos ‘gatos’ e o Estado de Mato Grosso deixa de arrecadar R$ 50 milhões em ICMS, que poderia ser utilizado em benefícios à própria população. Além de furtar recursos públicos em impostos e deixar de pagar a conta de energia na integralidade, quem faz ‘gato’ ainda coloca em risco à própria família e vizinhos há riscos de incêndio e a choque elétrico com instalações malfeitas, pois nem todos tem acesso a pagar por fraudes no relógio com tamanha tecnologia vista durante as operações em Sorriso 1 e 2. O furto de energia é um crime previsto no artigo 155 do Código Penal, com previsão de pena de um a quatro anos de reclusão, além de pagamento de multa.