Banner Outras
Notícias recentes
Centros comerciais são esvaziados em Samara, na Rússia, após ameaça de bomba, diz imprensa local

Centros comerciais são esvaziados em Samara, na Rússia, após ameaça de bomba, diz imprensa local

access_time28/06/2018 15:08

Três centros comerciais em Samara, uma das cidades-sede da Copa do Mundo da Rússia, foram esvaziados

Aposentados começam a receber este mês 1ª parcela do décimo terceiro

Aposentados começam a receber este mês 1ª parcela do décimo terceiro

access_time21/08/2018 08:00

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começam a receber, ainda es

Parlamento Europeu vota Acordo de Saída do Reino Unido

Parlamento Europeu vota Acordo de Saída do Reino Unido

access_time29/01/2020 10:47

O Parlamento Europeu vota nesta quarta-feira (29) o Acordo de Saída do Reino Unido da União Europeia

Notícias com a tag: NovaNazare

Ibama e PF fazem operação contra desmatamento e queimadas em terras indígenas

access_time28/08/2019 08:59

Agentes do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama) e Polícia Federal fazem uma operação nesta quarta-feira (28) contra desmatamento, exploração do cerrado e queimadas em terras indígenas em Mato Grosso. Nenhuma pessoa foi presa até o momento. De acordo com o Ibama, a primeira área alvo da operação 'Siriema' é a Terra Indígena (TI) Areões, no município de Nova Nazaré, a 800 km de Cuiabá. A reserva tem 219 mil hectares e é habitava pelo povo xavante. São cerca de 1,5 mil índios. A TI Areões, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), é a área com mais focos de calor em Mato Grosso e a segunda no ranking a nível do Brasil. Os agentes flagraram movimentação de caminhões e tratores dentro da terra indígena e procuram pelos infratores. Árvores como ipê, roxinho e jatobá foram encontradas cortadas na terra indígena. Madeira extraída da Terra Indígena (TI) Areões, no município de Nova Nazaré, foi apreendida no local — Foto: Ibama/Divulgação O Ibama reúne brigadistas que devem ser enviados ao local para combater o fogo. Conforme constatação dos agentes, quase toda TI já foi atingida pela queimada. Os desmatadores usam o fogo para poderem explorar ilegalmente a terra. A investigação para identificar os suspeitos é feita pela Polícia Federal de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. Um helicóptero sobrevoa as terras indígenas e um balanço ainda deve ser divulgado no final da operação.