Kurupí
Notícias recentes
O homem que morreu ao ser atacado por leão que criava no quintal de casa

O homem que morreu ao ser atacado por leão que criava no quintal de casa

access_time07/03/2019 09:30

Um homem morreu ao ser atacado por um dos leões que criava no quintal de casa na cidade de Zechov, n

Liberação do FGTS deverá criar 2,9 milhões de empregos em dez anos

Liberação do FGTS deverá criar 2,9 milhões de empregos em dez anos

access_time24/07/2019 17:35

A liberação de parte dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), do Programa de In

Prefeito Maurício destinou ambulância para União do Norte

Prefeito Maurício destinou ambulância para União do Norte

access_time10/06/2019 13:01

O Prefeito Maurício Ferreira acompanhado do Presidente as Câmara Municipal Gilmar Santos, Coordenado

Notícias com a tag: Paraguai

Brasileiro fugitivo de presídio do Paraguai é recapturado em MS

access_time20/01/2020 11:27

Um brasileiro fugitivo do presídio de Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha à sul-mato-grossense Ponta Porã, foi recapturado na manhã desta segunda-feira (20), pelo Departamento de Operações da Fronteira (DOF). De acordo com o DOF, ele tem 30 anos, é de Imperatriz (MA) e cumpria pena no presídio regional por tráfico de drogas há quatro anos. A prisão foi na região de fronteira com o Paraguai. Durante a abordagem, o suspeito ficou bastante nervoso e confessou que era um dos 76 fugitivos da penitenciária. Fuga Do total de fugitivos, 40 são brasileiros e 36 são paraguaios. A fuga foi na madrugada de domingo (19). O Ministério Público informou que vídeos das câmeras de segurança do presídio mostram uma movimentação intensa desde as 3h deste domingo. Para a promotora, é impressionante que os guardas não tenham agido diante das imagens que tinham à disposição. Ainda no domingo, a ministra da Justiça, Cecilia Perez, afirmou que sua pasta denunciou ao Ministério Público um suposto plano de fuga e pagamento de 80 mil dólares (mais de R$ 330 mil) por parte de integrantes da facção criminosa para os funcionários da prisão regional de Pedro Juan Caballero, de acordo com o jornal "La Nación". A Procuradoria do Paraguai pediu a prisão do diretor de presídio regional de Pedro Juan Caballero e de 30 agentes penitenciários por suspeitas de facilitação da fuga. O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou que o governo federal está trabalhando junto com os estados para impedir a entrada no Brasil dos fugitivos. Fuga de presos no Paraguai — Foto: Guilherme Pinheiro/G1

Ex-presidente do Paraguai Horacio Cartes é alvo de prisão na Lava Jato

access_time19/11/2019 06:12

O ex-presidente do Paraguai Horacio Cartes é alvo de mandado de prisão preventiva em desdobramento da Lava Jato que ocorre nesta terça-feira (19). A suspeita é que ele tenha ajudado na fuga de Dario Messer, considerado o doleiro dos doleiros. A decisão é do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal fluminense, e Cartes terá o nome inserido na difusão vermelha da Interpol. A operação é um desdobramento da Operação Câmbio, Desligo, batizada de Patron. Em espanhol, a palavra significa "patrão" e é o termo reverencial que Messer se referia a Cartes. Desta vez, a ação tem como alvos pessoas que o ajudaram a fugir ou ocultar seu patrimônio. Até as 6h45, uma pessoa havia sido presa: o também doleiro Najun Azario Flato Turner, localizado no Itaim Bibi, Zona Oeste da capital paulista. Equipes da Polícia Federal também estão em Copacabana, Zona Sul do Rio. A ação visa cumprir 37 mandados judiciais expedidos por Bretas em Búzios, São Paulo e em Ponta Porã (MS), na fronteira com o Paraguai: 16 mandados de prisão preventiva 3 mandados de prisão temporária 18 mandados de busca e apreensão Doleiro dos doleiros Messer estava foragido desde maio de 2018, quando foi deflagrada a Operação Câmbio Desligo. A investigação descobriu que doleiros movimentaram US$ 1,6 bilhões em 52 países. Na semana passada, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes negou um pedido de liberdade a Messer. O doleiro responde a inquéritos policiais desde o fim dos anos de 1980. Neste período, movimentou dinheiro de forma suspeita de políticos, empresários e criminosos. Cartes é senador vitalício O ex-presidente paraguaio Horacio Cartes deixou o poder em agosto de 2018 após cinco anos no poder. Ele ocupa atualmente a função de senador vitalício. A Constituição do país garante que os ex-presidentes podem assumir esse cargo, que dá voz, mas não direito a voto. O empresário, considerado um dos mais ricos do Paraguai, chegou ao poder em abril de 2013. Sua eleição representou o retorno ao poder do conservador Partido Colorado, que dominou a política local durante 60 anos, incluindo os mais de 30 anos da ditadura de Alfredo Stroessner.