anuncie aqui vermelho
Notícias recentes
Acidente entre caminhonete da Justiça Eleitoral que transportava urnas e caminhão deixa 8 pessoas feridas

Acidente entre caminhonete da Justiça Eleitoral que transportava urnas e caminhão deixa 8 pessoas feridas

access_time29/10/2018 07:56

Um acidente entre uma caminhonete da Justiça Eleitoral e um caminhão deixou oito pessoas feridas na

Relatores no Supremo negam pedidos para impedir a Copa América no Brasil

Relatores no Supremo negam pedidos para impedir a Copa América no Brasil

access_time10/06/2021 13:00

O Supremo Tribunal Federal julga, nesta quinta-feira (10/6), três pedidos para impedir a promoção do

Idoso é detido suspeito de bater na mulher e vítima diz à PM que é agredida há 55 anos em MT

Idoso é detido suspeito de bater na mulher e vítima diz à PM que é agredida há 55 anos em MT

access_time11/07/2019 09:55

Um idoso, de 79 anos, foi detido na noite dessa quarta-feira (10) suspeito de ter agredido a mulher

Notícias com a tag: Peru

Seleção vence Peru e mantém campanha perfeita nas Eliminatórias

access_time10/09/2021 07:37

O Brasil derrotou o Peru por 2 a 0, na noite desta quinta-feira (9) na Arena Pernambuco, e manteve o aproveitamento perfeito nas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022 (Catar) com oito vitórias em oito jogos. A vitória teve um significado especial para o camisa 10 Neymar, que marcou uma vez pelo time comandado por Tite e se tornou o maior artilheiro da seleção brasileira na história da competição, com o total de 12 gols, um a mais do que Romário e Zico, os segundos colocados da relação. Vitória tranquila Após optar pela formação que iniciou o duelo com os argentinos (Weverton; Danilo, Lucas Veríssimo, Éder Militão e Alex Sandro; Casemiro, Gerson, Lucas Paquetá e Éverton Ribeiro; Neymar e Gabriel Barbosa) o técnico Tite viu sua equipe assumir o comando das ações, com Neymar criando muito. E foi dos pés do camisa 10 que surgiu o primeiro gol do Brasil. Aos 13 minutos Santamaría perdeu para Neymar, que avançou livre em velocidade pela esquerda e cruzou para o meio da área, onde Gabriel Barbosa furou e a bola sobrou para Éverton Ribeiro bater de chapa, de primeira, para abrir o placar. Se no primeiro Neymar foi o arco, no segundo ele foi a flecha. Aos 39 minutos Danilo lançou Gabriel Barbosa, que avançou pela direita e finalizou, a defesa afastou parcialmente e Éverton Ribeiro aproveitou a sobra e chutou, mas Santamaría conseguiu cortar e a bola ficou com o camisa 10 do Brasil, que só teve o trabalho de escorar para o fundo das redes. Se na etapa inicial o Brasil dominou, na segunda diminuiu o ritmo e pouco criou, o que manteve o placar inalterado até o fim. A seleção brasileira volta a jogar pelas Eliminatórias em outubro, quando mede forças com Colômbia, Venezuela e Uruguai.

França vence, elimina a seleção peruana e se classifica para as oitavas da Copa

access_time21/06/2018 13:02

VITÓRIA, VAGA E RECORDE O futebol ainda não foi de uma favorita ao título, mas a França está nas oitavas de final da Copa do Mundo. Bem no primeiro tempo e irregulares no segundo, os franceses eliminaram a seleção peruana com a vitória por 1 a 0, nesta quinta-feira, em Ecaterimburgo, pela segunda rodada do Grupo C da Copa do Mundo. A jovem estrela Mbappé marcou aos 33 da etapa inicial e garantiu a vaga. Os peruanos lutaram bastante para ao menos empatar e seguirem vivos, mas não conseguiram evitar a derrota. Discreto no ataque, Guerrero perdeu a bola para Pogba no início do lance do gol. Cueva e Trauco apareceram muito pouco na partida. COMO FICA Com seis pontos, a França joga por um empate contra a Dinamarca, terça, às 10h (de Mato Grosso), em Moscou, para ficar com o primeiro lugar da chave. O adversário sairá do Grupo D (Argentina, Croácia, Islândia ou Nigéria). Dinamarqueses, com quatro, e australianos, com um, brigam pela segunda vaga. O Peru está com zero e se despede do torneio diante da Austrália, no mesmo dia e horário, em Sochi. JOGA MUITO! Mbappé fez nesta quinta-feira seu primeiro gol em Copas do Mundo e passou a ser o jogador mais jovem da história da França a marcar na competição, superando Trezeguet. A maior revelação do futebol francês nos últimos anos está em seu primeiro Mundial aos 19 anos. Ele é também o francês mais jovem a marcar em uma Copa, o mais jovem a disputar o torneio pelo país e o mais novo do atual elenco. PRIMEIRO TEMPO A escalação de Giroud como titular deu mais poder físico para a França brigar com a defesa peruana. Em 15 minutos, foram três ótimas chances, em chute de longe de Pogba, cabeceio de Varane e boa defesa de Gallesse em finalização de Griezmann. O Peru, aos poucos, saiu da defesa e equilibrou o jogo. Guerrero parou no goleiro Lloris depois de jogada de Cueva. Mas o centroavante do Flamengo foi decisivo do outro lado. Aos 33, ele perdeu a bola para Pogba, que tocou para Giroud bater com desvio. Mbappé só completou para o gol. O mesmo Mbappé logo em seguida quase fez o segundo de calcanhar, mas furou. Gol de Mbappé para a França diante do Peru (Foto: REUTERS/Jason Cairnduff) SEGUNDO TEMPO A seleção peruana voltou do intervalo com o veterano atacante Farfán na vaga do volante Yotún. E o time melhorou, com mais mobilidade e velocidade. Aquino, logo aos quatro minutos, acertou a trave em chute de fora da área. No embalo da torcida e com muita disposição, os peruanos passaram a controlar o jogo e forçaram a França a se fechar. Nenhuma grande chance, porém, foi criada. A partir dos 30 minutos, a França voltou a dominar e a administrar a vantagem. Dembélé ainda quase fez o segundo em chute à esquerda de Gallese. No fim, os peruanos deixaram o campo bastante emocionados com a eliminação ainda na primeira fase. Guerrero é consolado após a derrota (Foto: REUTERS/Darren Staples)

Dinamarca bate Peru em novo jogo com VAR (e erro de Cueva); Guerrero passa em branco

access_time16/06/2018 14:25

QUE PENA, PERU... Em sua volta à Copa do Mundo após 36 anos, o Peru contou com o apoio de sua torcida, maioria absoluta em Saransk. Teve um pênalti dado pelo VAR (que o são-paulino Cueva desperdiçou). E foi melhor na maior parte do jogo. Mas acabou sendo derrotado pela Dinamarca por 1 a 0, gol de Poulsen. O flamenguista Guerrero entrou aos 17 minutos do segundo tempo e deu nova dinâmica ao time peruano e quase marcou um golaço de calcanhar. COMO FICA E O QUE VEM POR AÍ A Dinamarca empata com a França na liderança do Grupo C com três pontos, mas os franceses levam vantagem nos gols marcados, já que venceram a Austrália por 2 a 1. A segunda rodada do Grupo C será disputada na quinta-feira. A Austrália encara a Dinamarca às 8h (de Mato Grosso) em Samara. Já a França pega o Peru em Ecaterimburgo, às 11h. Cueva lamenta pênalti perdido, e Schmeichel comemora (Foto: REUTERS/Marcos Brindicci) OLHA O VAR AÍ! Aos 43 minutos do primeiro tempo, o VAR entrou novamente em ação, mudando a decisão do árbitro Bakary Gassama, de Gâmbia (o mesmo que se enrolou com o VAR na Copa das Confederações no ano passado). Em disputa com Poulsen, Cueva caiu na área e ficou pedindo pênalti, mas o juiz nada marcou. Após quase meio minuto, Gassama paralisou o jogo para acionar o recurso do VAR. E então decidiu por dar o pênalti. Na cobrança, porém, Cueva isolou. O são-paulino pegou muito mal na bola e mandou por cima do gol. Ele saiu de campo chorando para o intervalo, amparado por todos os seus companheiros, especialmente Paolo Guerrero. PRIMEIRO TEMPO Empurrado pela sua torcida, maioria absoluta no estádio de Saransk, o Peru começou melhor, pressionando a Dinamarca. Carrillo, aberto pela direita, era disparado o jogador mais perigoso em campo, com suas jogadas em velocidade. A partir dos 20 minutos, porém, a Dinamarca passou a controlar as ações do jogo, ficando mais com a bola - terminou o primeiro tempo com 59% de posse. As melhores chances dos dinamarqueses, porém, foram em jogadas de bola parada - em escanteios para os grandalhões Poulsen (1,93m), Jorgensen (1,94m) e Christensen (1,92m), ou de falta, com Eriksen. No final, porém, quem teve a melhor oportunidade foi o Peru, no pênalti que Cueva sofreu e isolou. Guerrero consola Cueva após pênalti perdido pelo Peru contra a Dinamarca (Foto: Max Rossi/Reuters) SEGUNDO TEMPO O Peru novamente começou melhor e teve chance para abrir o placar num lance em que Cueva deixou o marcador no chão, mas preferiu tocar a chutar, e Carrillo acabou perdendo. Na jogada seguinte, aos 13, gol da Dinamarca, com Poulsen, aproveitando boa jogada de Sisto e Eriksen. Guerrero entrou quatro minutos depois e deu nova cara para o time do Peru, fazendo o pivô e deslocando Farfán para a armação. O Peru empilhou uma oportunidade atrás da outra. Guerrero quase marcou um golaço de calcanhar, Farfán teve uma chance clara defendida por Schmeichel... o placar mais justo seria o empate. Péssimo resultado para o Peru, que agora terá de vencer França e Austrália para se classificar sem depender de uma combinação de resultados. Poulsen, do RB Leipzig, fez o gol da vitória da Dinamarca sobre o Peru (Foto: Clive Mason/Getty Images)