Banner Outras
Notícias recentes
Passageiro é detido em MT com 12 mil comprimidos de remédio e Viagra proibidos no país

Passageiro é detido em MT com 12 mil comprimidos de remédio e Viagra proibidos no país

access_time27/08/2018 09:06

Uma carga com mais de 12 mil comprimidos de remédios e tipos de Viagra foi apreendida durante a manh

Traficantes são presos com 274 kg de cocaína escondidos em fundo falso de caminhão em MT

Traficantes são presos com 274 kg de cocaína escondidos em fundo falso de caminhão em MT

access_time16/03/2020 08:31

Três homens foram presos nesse domingo (15) com 274 kg de cocaína escondidos no fundo falso de um ca

Pacote anticrime de Moro vai ao Congresso na terça-feira, diz Bolsonaro

Pacote anticrime de Moro vai ao Congresso na terça-feira, diz Bolsonaro

access_time17/02/2019 10:43

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado que o Projeto de Lei Anticrime apresentado no iníci

Notícias com a tag: RiverPlate

Renato explode contra Conmebol e se diz "p* da vida" com VAR: "O Grêmio foi roubado"

access_time31/10/2018 08:03

Renato Gaúcho gosta de salientar a cada entrevista coletiva que não reclama da arbitragem após as partidas. Mas o treinador do Grêmio "explodiu" com a Conmebol e o árbitro assistente de vídeo no início da madrugada desta quarta-feira, na sequência da eliminação em plena Arena para o River Plate na semifinal da Libertadores. "O Grêmio foi roubado. Acho que o lance não tem dúvida. Será que era o Stevie Wonder (cantor cego) não veria?" (Renato Gaúcho) Com termos como "p* da vida", "raiva", "humilhação", "desrespeito", entre outros, Renato afirmou que seu time foi "roubado" dentro de casa. Ele até tentou falar sobre a estratégia utilizada para a partida, o desenrolar dos 90 minutos, mas acabava retornando ao VAR. Segundo os gremistas, houve toque de mão de Borré no lance do gol de empate argentino sem revisão, o que aconteceu no pênalti de Bressan – neste caso, o Tricolor considerou justa a marcação da infração. – O Grêmio só não está classificado por causa do VAR. Se funciona, eu estaria sorrindo, a torcida feliz, e o Grêmio na final da Libertadores. Estaria tudo certo. O Grêmio foi roubado. Acho que o lance não tem dúvida. Será que era o Stevie Wonder (cantor cego) não veria? Vendo o jogo naquela cabine, como o cara não vê, com aquele monte de câmera, que o jogador faz o gol com o braço? Será que ele vai dormir hoje por causa disso? Quem sabe até vai, porque não tem nada a ver com o Grêmio – disparou Renato Gaúcho. Portaluppi também foi questionado sobre a presença do técnico do River, Marcelo Gallardo, no vestiário do time, no intervalo. Uma decisão da Conmebol suspendeu o treinador na noite de segunda-feira por ser reincidente em retardar o começo de jogos ou retornos para o segundo tempo. Ele preferiu deixar para a direção falar, mas voltou a criticar a entidade sul-americana. – A diretoria sabe, é um motivo a mais. Mas quem fala é o presidente. É uma desmoralização da Conmebol. No mínimo, teriam que ter tirado o treinador do vestiário. Depois vocês perguntam como eles (River) mandaram a escalação. Junta tudo isso com a palhaçada do VAR, faz uma salada e vê no que vai dar. Amanhã, a Conmebol suspende o Gallardo por 100 dias, e o River está na final. Eu queria estar suspenso por 200 dias e na final. É uma humilhação da Conmebol, foi um desrespeito ao Grêmio – acrescentou o técnico gremista. Com a derrota por 2 a 1, o Grêmio está fora da Libertadores. Agora, concentra as forças no Brasileirão. No sábado, às 17h, enfrenta o Atlético-MG no Horto, em Belo Horizonte. Atualmente, o time está em quinto com 52 pontos, 11 atrás do líder Palmeiras. O Galo é o sexto, com 46.