Spigreen
Notícias recentes
TRE já recebeu mais de 400 denúncias de eleitores mato-grossenses

TRE já recebeu mais de 400 denúncias de eleitores mato-grossenses

access_time04/09/2018 08:04

Nas eleições deste ano, o aplicativo do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) Pardal já recebeu 401 d

Brasil estreia no Pan com vitórias no vôlei de praia

Brasil estreia no Pan com vitórias no vôlei de praia

access_time24/07/2019 17:40

O Brasil estreou com o pé direito no Pan de Lima. No primeiro dia de competições, as duplas brasilei

MPC investiga supostas irregularidades em licitação do governo para compra de maquinário

MPC investiga supostas irregularidades em licitação do governo para compra de maquinário

access_time13/06/2018 18:46

O Ministério Público de Contas de Mato Grosso (MPC-MT) abriu uma investigação para apurar supostas i

Notícias com a tag: Russia

Países latinos encomendam da Rússia novo remédio contra covid-19

access_time01/06/2020 10:47

O presidente do Fundo de Investimentos Diretos da Rússia, Kirill Dmitriev, admitiu nesta segunda-feira (1º) que já há pedidos internacionais, inclusive da América Latina, pelo antiviral Afivavir, que foi registrado no país como eficaz contra a covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus. "Na medida em que formos cobrindo a demanda interna, acreditamos ser possível exportar para o exterior. Já recebemos vários pedidos de países do Oriente Médio e América Latina", explicou o dirigente máximo do fundo soberano de apoio à economia russa. Segundo Dmitriev, em 11 de junho, o Afivavir, produzido a partir da base de um antiviral japonês, começará a ser enviado para hospitais da Rússia, para atender pacientes com Covid-19. De acordo com os desenvolvedores, o medicamento demonstrou 90% de eficácia nos casos tratados durante a pesquisa e fase de testes, mas está proibido para mulheres grávidas. As autoridades russas já indicaram que o Afivavir não estará a venda em farmácias, sendo utilizado apenas para administração em hospitais. De acordo com balanço divulgado nesta segunda-feira, a Rússia registrou novos 9.035 casos de infecção pelo novo coronavírus e 162 mortes.

Foguete russo falha durante voo para o espaço; tripulação pousa em segurança

access_time11/10/2018 08:57

Um foguete propulsor carregando uma nave espacial Soyuz que levava um russo e um norte-americano parou de funcionar no meio do ar durante voo para a Estação Espacial Internacional nesta quinta-feira, forçando a tripulação a fazer um pouso de emergência. O foguete estava levando o astronauta norte-americano Nick Hague e o cosmonauta russo Alexei Ovchinin. Imagens de dentro da nave mostram os dois homens sendo sacudidos no momento em que a falha ocorreu, com seus braços e pernas balançando. O foguete foi lançado do cosmódromo de Baikonur, que data da era soviética, no Cazaquistão. Os dois tripulantes já deixaram a cápsula da nave e estão em bom estado, reportou a TV da Nasa. A nave fez o pouso de emergência perto da cidade de Zhezkazgan, no centro do Cazaquistão.

Com direito a golaço, Rússia vence mais uma, fica perto das oitavas e praticamente elimina o Egito

access_time19/06/2018 18:49

O QUE TIVEMOS EM SÃO PETERSBURGO Golaço de Dzyuba, assistência de Mário Fernandes e gol de pênalti de Salah. Com tudo isso, a Rússia praticamente garantiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo. A vitória por 3 a 1 também quase selou a eliminação do Egito ainda na primeira fase. Os dois times dependem do resultado do jogo entre Uruguai e Arábia Saudita nesta quarta-feira. PRIMEIRO TEMPO A etapa inicial até que começou um pouco movimentada. O Egito deu um calor para os russos no início do jogo, mas a Rússia conseguia responder. A maioria das chances dos donos da casa, inclusive, era com bola jogada na área. Porém, quase nenhuma assustou o goleiro El Shenawy. Bem marcado, Salah não apareceu tanto nos primeiros 45 minutos de jogo, mas chegou a dar um chute perigoso para o gol de Afinfeev. SEGUNDO TEMPO Finalmente a emoção entrou em campo na segunda etapa. Logo no primeiro tempo, a Rússia abriu o placar com um gol contra de Fathi, depois de chute de Zobnin. Aos 13, Mário Fernandes chegou na área egípcia, ganhou da marcação e cruzou rasteiro para encontrar Cheryshev sozinho. Três minutos depois, um golaço. Dzyuba recebeu um lançamento de Mário Fernandes, matou bonito no peito, tirou o marcador com apenas um toque e bateu para o gol do Egito. Por fim, Salah sofreu pênalti aos 26. Ele mesmo bateu e converteu para fechar o placar. MOHAMED SALAH Sumido no primeiro tempo, Salah esteve ausente na maioria das ações do Egito no primeiro tempo. A melhor aparição que teve até então foi um chute de fora da área que passou perto do gol de Akinfeev. Na etapa final, o Rei do Egito foi mais acionado. Além de chutar mais para o gol e criar mais chances, foi ele quem sofreu o pênalti - com o auxílio do árbitro de vídeo - e converteu, marcando o primeiro gol do Egito em uma Copa do Mundo desde 1990. Salah comemora o gol diante da Rússia, mas não foi o suficiente para a vitória (Foto: REUTERS/Dylan Martinez) COMO FICA O GRUPO A? Tudo depende do jogo entre Uruguai e Arábia Saudita, quarta-feira, 11h. - Se os uruguaios vencerem, eles e Rússia estão classificados para as oitavas de final. - Em caso de empate, a Rússia garante a classificação, o Egito é eliminado e a Arábia precisaria vencer a última rodada e torcer para uma derrota uruguaia. - Se der zebra e a Arábia Saudita vencer, nada está definido e até o Egito poderá se classificar. Por enquanto está assim: 1 - Rússia - 6 pontos: 7 gols de saldo 2 - Uruguai - 3 pontos: 1 gol de saldo 3 - Egito - 0 pontos: - 3 gols de saldo 4 - Arábia Saudita - 0 pontos: - 5 gols de saldo 19 DE JUNHO DE 2018 ENTRA PARA A HISTÓRIA - É a primeira vez desde 1970 (quando ainda era União Soviética) que a Rússia vence dois jogos seguidos de uma Copa do Mundo; - Foi o primeiro gol do Egito em uma Copa do Mundo desde 1990;

Rússia encerra jejum e abre Copa com goleada sobre a Arábia Saudita

access_time15/06/2018 07:42

A Rússia encerrou um longo jejum na tarde desta quinta-feira. No Estádio Luzhniki, a seleção anfitriã abriu a Copa do Mundo de 2018 com uma vitória por 5 a 0 sobre a Arábia Saudita e, diante de sua torcida, voltou a ganhar após uma série de sete partidas consecutivas. Com o primeiro triunfo desde outubro do ano passado, a Rússia marca três pontos e lidera provisoriamente o Grupo A da Copa do Mundo. No outro jogo da chave, previsto para as 9 horas (de Brasília) de sexta-feira, o Uruguai encara o Egito, em Ecaterimburgo. Pela segunda rodada da Copa do Mundo, às 14 horas de terça-feira, a Rússia volta a campo para enfrentar o Egito, em São Petersburgo. A Arábia Saudita, por sua vez, busca a reabilitação no campeonato a partir das 12 horas de quarta, contra o Uruguai, em Rostov. O Jogo – Apoiada pelo público, a Rússia marcou o primeiro gol da Copa do Mundo logo aos 11 minutos da etapa inicial. Após cobrança de escanteio, a bola voltou para o lado esquerdo e sobrou para Golovin levantar na área. De cabeça, Gazinskiy completou para o gol. Embora tivesse menos posse de bola, a Rússia era muito mais objetiva do que a Arábia Saudita. Em uma jogada pelo lado direito, Mario Fernandes, em posição de impedimento, recebeu nas costas da marcação e cruzou para finalização perigosa de Dzagoev. Colocado no lugar do lesionado Dzagoev, Cheryshev aumentou a vantagem da Rússia aos 43 minutos do segundo tempo. Zobnin recebeu de Smolov e acionou Cheryshev pela esquerda. Com categoria, o ex-jogador do Real Madrid limpou a marcação e fuzilou o goleiro Abdullah. Na tentativa de diminuir a vantagem russa, a Arábia Saudita levou algum perigo no começo da etapa complementar. Alburayk desceu pela direita e cruzou. Alsahlawi conseguiu apenas um leve desvio e a bola passou em frente ao gol, fora do alcance de Taiseer. O ritmo do jogo caiu no segundo tempo, e o técnico Stanislav Cherchesov apostou na troca de Smolov por Dzyuba. Instantes depois de entrar em campo, aos 25 minutos, o gigante de 1,96m recebeu cruzamento vindo da direita de Golovin e cabeceou com competência para marcar o terceiro. Em um dos camarotes do Estádio Luzhniki, o príncipe árabe Mohammad bin Salman foi consolado por Vladimir Putin e Gianni Infantino, presidentes da Rússia e da Fifa, respectivamente. Aos 46 minutos, Cheryshev entrou na área pela esquerda e marcou um golaço. Três minutos depois, em cobrança de falta, Golovin fechou o placar. FICHA TÉCNICA RÚSSIA 5 x 0 ARÁBIA SAUDITA Local: Estádio Luzhniki, em Moscou (Rússia) Data: 14 de junho de 2018 (Quinta-feira) Horário: 12 horas (de Brasília) Árbitro: Nestor Pitana (Argentina) Assistentes: Hernan Maidana (Argentina) e Juan Pablo Belatti (Argentina) Cartões amarelos: Golovin (RUS); Taiseer (ARA) Público: 78.011 pessoas Gols: RÚSSIA: Gazinskiy, aos 11 minutos do 1º Tempo, Cheryshev, aos 43 minutos do 1º Tempo e aos 46 minutos do 2º Tempo, Dzyuba, aos 25 minutos do 2º Tempo, e Golovin, aos 49 minutos do 2º Tempo RÚSSIA: Akinfeev; Fernandes, Kutepov, Ignashevich e Zhirkov; Samedov (Kuzyaev), Gazinskiy, Dzagoev (Cheryshev), Zobnin e Golovin; Smolov (Dzyuba) Técnico: Stanislav Cherchesov ARÁBIA SAUDITA: Abdullah; Alburayk, Osama, Omar e Yasser; Salem, Otayf (Fahad), Salman, Taiseer e Yahia (Hatan); Alsahlawi (Muhannad) Técnico: Juan Antonio Pizzi