Spigreen
Notícias recentes
Dominicano e boliviano são presos com 340 kg de cocaína em MT após avião fazer pouso forçado

Dominicano e boliviano são presos com 340 kg de cocaína em MT após avião fazer pouso forçado

access_time17/07/2018 16:40

Um dominicano e um boliviano foram presos com 340 kg de droga depois fazerem um pouso forçado na zon

Governo vai fomentar rodadas de negócios e plataforma de oferta turística para atrair interessados de dentro do Estado

Governo vai fomentar rodadas de negócios e plataforma de oferta turística para atrair interessados de dentro do Estado

access_time21/09/2020 08:32

A pandemia da Covid-19 e os incêndios florestais impactaram o turismo em todo o Estado, em 2020, pri

Contrário ao isolamento social, homem de 40 anos morre com Covid-19 em MT

Contrário ao isolamento social, homem de 40 anos morre com Covid-19 em MT

access_time18/06/2020 09:47

Um homem de 40 anos morreu nesta quarta-feira em Rondonópolis, após ser diagnosticado com Covid-19.

Notícias com a tag: Saude

Prefeito prorroga por mais 30 dias as restrições em Peixoto de Azevedo devido ao Coronavírus

access_time04/05/2020 19:02

O documento prorrogando até o dia 30 deste mês as restrições do comércio e declarando situação de emergência na saúde pública para evitar a proliferação do Coronavírus foi divulgado e assinado, esta manhã, pelo prefeito de Peixoto de Azevedo, Maurício Ferreira (PSDB). Além disso, o gestor alterou um dos artigos e instituíu o Comitê Municipal de Prevenção, Orientação e Enfrentamento ao COVID-19 com a finalidade implementar ações de caráter preventivo na saúde pública no município de Peixoto de Azevedo. Essa é a segunda prorrogação das restrições. A primeira foi no dia 4 do mês passado. De acordo com o boletim da secretara municipal de Saúde, em Peixoto são três casos confirmados da doença. Além de outros 19 suspeitos de estarem com o Coronavírus e que aguardam exames do Laboratório Central de Saúde Pública do Mato Grosso (Lacen). Além disso, 52 pacientes já foram testados, apresentaram resultados negativos e foram descartados. Esta manhã, o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo confirmou, em entrevista coletiva pela internet, a 13ª morte por Coronavírus (Covid-19), em Mato Grosso. Ele era morador Nova Mutum e estava internado no Hospital Regional de Sinop. “Essa morte foi confirmada no final da tarde de ontem. É um homem com 47 anos. Temos um desafio importante no mês de maio. Uma preocupação maior com a flexibilização do isolamento pela possibilidade de aumento no número de casos. Esperamos que não ocorra”, explicou Figueiredo.

Anticorpo que neutraliza o novo coronavírus é identificado por cientistas em testes de laboratório

access_time04/05/2020 18:52

Cientistas da Universidade de Utrecht, do Erasmus Medical Center e do Harbor BioMed publicaram nesta segunda-feira (4) a descoberta de um anticorpo capaz de neutralizar o Sars CoV-2, coronavírus responsável pela Covid-19. Os anticorpos são proteínas produzidas pelo próprio corpo humano capazes de reconhecer e neutralizar micro-organismos, como vírus e bactérias. Eles são produzidos pelos linfócitos B, células do sistema imunológico. São eles que lutam contra invasores como o novo coronavírus. A equipe de pesquisadores estrangeiros já estudava anticorpos direcionados ao Sars CoV, vírus da mesma família que causou uma epidemia na China em 2002. E, assim, o grupo pensou em testar o painel de opções já descoberto para o novo coronavírus, o Sars CoV-2, responsável pela atual pandemia em 2020. "É um trabalho muito preliminar. Mas é o primeiro publicado, eu sei que tem outros que já estão até mais adiantados. Eles [pesquisadores] já trabalhavam com anticorpos, e tinham esse que era metade humano e metade rato. Eles imunizaram os ratos, e tinham esse painel de anticorpos. Adaptaram em uma versão para os humanos", disse a pesquisadora Ana Maria Moro, do Instituto Butantan, que também pesquisa a produção de anticorpos monoclonais neutralizantes no Brasil. De acordo com Berend-Jan Bosch, líder da pesquisa na Universidade de Utrecht, o novo anticorpo foi capaz de neutralizar o Sars Cov-2 em células in vitro. O artigo foi publicado pela revista "Nature Communications". O co-autor Frank Grosveld, do Erasmus Medical Center e diretor-científico da Harbor BioMed, disse o anticorpo é "totalmente humano": "O anticorpo usado neste trabalho é 'totalmente humano', permite que continue mais rapidamente o desenvolvimento e reduz potenciais efeitos colaterais relacionados ao sistema imunológico", disse Grosveld. A detecção de anticorpos é um dos mecanismos científicos mais importantes para criação de tratamentos e vacinas contra micro-organismos. Para Ana Maria Moro, um ponto importante do estudo é que o anticorpo detectado não impede a entrada do vírus na célula. "Fizeram um anticorpo humano, mas eles não sabem ainda como neutraliza exatamente. Isso eu achei um ponto de interrogação. E só fizeram ensaio em células de laboratório", disse Ana Maria. A cientista do Instituto Butantan, em São Paulo, tem um projeto é financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) que também desenvolve em laboratório anticorpos para um novo tratamento de pacientes com a Covid-19. Segundo ela, esta é a primeira publicação de uma universidade de um anticorpo contra o Sars-CoV-2. Como tem acesso a informações mais restritas, disse que uma empresa da Coreia do Sul também conseguiu o feito em laboratório, mas sem publicação em revista científica. "Eles identificaram uma sequência. Não quer dizer que eles tenham um produto pronto para usar. Precisa fazer estudo em macacos, precisa fazer as linhagens", disse Ana Maria.

MT registra 344 casos de Covid-19 até esta segunda-feira; 13 pessoas morreram no estado

access_time04/05/2020 18:49

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) notificou, até esta segunda-feira (4), 344 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13 óbitos em decorrência do coronavírus no estado. Nas últimas 24 horas, surgiram 7 novas confirmações em Cuiabá (1), Várzea Grande (1), Tangará da Serra (1), Jaciara (1), Lucas do Rio Verde (1), Confresa (1) e Peixoto de Azevedo (1). Dos 344 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 105 estão em isolamento domiciliar e 205 estão recuperados. Há ainda 21 pacientes hospitalizados, sendo 13 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e oito em enfermaria. No boletim, SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 98 leitos de UTI e 400 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no estado. Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 57% dos diagnosticados são do sexo feminino e 43% masculino; além disso, 162 pacientes têm faixa-etária entre 36 a 55 anos. Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Os casos confirmados estão em: Cuiabá (145) Rondonópolis (50) Sinop (20) Várzea Grande (17) Cáceres (10) Tangará da Serra (10) Primavera do Leste (9) Jaciara (9) Mirassol D’Oeste (8) Lucas do Rio Verde (8) São José dos Quatro Marcos (6) Nova Mutum (5) Barra do Garças (4) Ipiranga do Norte (3) Confresa (4) Barra do Garças (4) Peixoto de Azevedo (3) Ipiranga do Norte (3) Rio Branco (2) Querência (2) Poconé (2) Jangada (2) Curvelândia (2) Canarana (2) Aripuanã (2) Alta Floresta (2) Vila Bela da Santíssima Trindade (1) União do Sul (1) Poxoréu (1) Pontes e Lacerda (1) Pontal do Araguaia (1) Nova Monte Verde (1) Lambari D’Oeste (1) Conquista D’oeste (1) Campo Novo do Parecis (1) Residentes de outros Estados (8)

Justiça Federal suspende contrato de privatização da saúde no valor de R$ 32,6 milhões em Barra do Garças

access_time08/04/2020 07:42

A Justiça Federal em Barra do Garças, suspendeu o contrato entre o município e o Instituto Social Saúde Resgate a Vida nessa terça-feira (7). O contrato previa a privatização da gestão e administração dos serviços e ações de saúde do Hospital Geral Milton Pessoa Morbeck e da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. Marcelo de Moura Paes Lemes. O valor total do contrato previsto era de R$ 32, 6 milhões. A ação civil pública proposta pelos Ministérios Públicos Federal (MPF) e Estadual (MPE) teve início com um inquérito civil, com o objetivo de investigar improbidade administrativa, danos ao erário, mudança de gestão durante a pandemia do novo coronavírus, além de testar um novo modelo de gestão em momento de crise de saúde pública. Ao ser questionada pelo MPF, a Prefeitura de Barra do Garças respondeu que havia dado início ao processo meses atrás, muito antes da decretação de pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS), mas apesar da resposta, somente assinou o contrato com o instituto de saúde privada no dia 3 de abril, em plena crise. No documento encaminhado à Justiça Federal, é enfatizado o fato pelos representantes dos Ministérios Públicos Federal e Estadual que “pode-se dizer que o prefeito de Barra do Garças de forma sub-reptícia promoveu o repasse do serviço de saúde de alta e média complexidade para uma organização social com todos os atos elaborados e executados durante a maior crise da humanidade após a segunda grande guerra mundial, ou seja, o prefeito de Barra do Garças pretende implementar um novo modelo de gestão durante um cenário de guerra, onde se espera, que a experiência do modelo existente possa ser o diferencial para que vidas sejam salvas”. O fato de ser um novo modelo a ser implementado também chamou a atenção do MPF e do MPE. “Por consequência, Barra do Garças corre o risco não só de sofrer um colapso no sistema de saúde pela quantidade de pacientes, mas também um colapso administrativo, pois sabe-se que toda mudança de gestão exige tempo para o seu perfeito e adequado funcionamento”. Na decisão da Justiça Federal frisou-se ainda que o fato de o município passar por tal transição em um momento de calamidade pública não soa razoável nem prudente. Além da suspensão do edital e de todos os seus efeitos, a Justiça determinou também que a Prefeitura de Barra do Garças retome e/ou prossiga com a prestação integral das ações e serviços públicos de saúde do Hospital Geral Milton Pessoa Morbeck e da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. Marcelo de Moura Paes Lemes, até a decisão final da ação. Determinou também a comunicação da decisão para que seja de amplo conhecimento aos servidores lotados na Secretaria de Saúde, assim como seja encaminhada cópia para ciência da Câmara de Vereadores e ao Conselho Municipal de Saúde. A Justiça Federal determinou a intimação dos requeridos para o cumprimento da decisão sob pena de multa de R$ 20 mil ao prefeito de Barra do Garças, Roberto Ângelo de Farias, e ao Instituto Social Saúde Resgate a Vida, a contar do primeiro dia útil após a intimação, sem prejuízo de sanções de outra natureza. Também foi determinado ao município de Barra do Garças, após a intimação, que comprove nos autos as medidas adotadas para o cumprimento da decisão, no prazo de 48 horas, sob pena de incidência de multa diária no valor de R$ 5 mil também na pessoa do prefeito. O MPF e o MP/MT encaminharão cópias do inquérito civil para os Tribunais de Contas do Estado do Mato Grosso e da União para as providências que entenderem cabíveis sobre os fatos.

Unemat suspende aulas de 23 mil alunos como medida de prevenção ao coronavírus

access_time17/03/2020 09:07

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) anunciou, nessa segunda-feira (16), a suspensão das aulas para os 23 mil alunos nos 13 campi da instituição. A medida, segundo a Unemat, é como forma de prevenção ao novo coronavírus. A suspensão ocorre como adequação ao decreto do governo de Mato Grosso, que suspendeu aulas e eventos com mais de 200 pessoas no estado por causa do coronavírus. De acordo com a Unemat, as atividades foram suspensas a partir desta terça-feira (17) até o dia 5 de abril. O retorno das aulas estava previsto para o dia 23 deste mês. Além das aulas, as atividades administrativas também foram suspensas pelo mesmo período. A reposição das aulas será definida em outro momento pela Unemat. Outras medidas O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) cancelou todos os eventos que estavam programados para a próxima semana. São eles: Ouvidoria Day, que aconteceria na segunda-feira (16), na Escola Superior de Contas, além de Consciência Cidadã e Gestão Eficaz, programados para os dias 19 e 20, em Sinop. Entre as medidas tomadas no estado em razão da pandemia de coronavírus pelo mundo está a suspensão parcial das cirurgias eletivas realizadas no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), para que os leitos fiquem à disposição de pacientes vítimas do coronavírus. O Ministério Público Estadual (MPE) permitiu que membros, servidores e estagiários do órgão que retornarem de quaisquer países atingidos por contaminação do Coronavírus (SARS – CoV-2) ou que tiverem contato com pessoas que passaram por essas localidades possam exercer as atividades funcionais em regime excepcional de teletrabalho, durante 14 dias, contados da data do retorno ou do contato. O 65º concurso Miss Mato Grosso 2020 foi adiado por conta do avanço do coronavírus no país. O anúncio foi feito pela coordenação do evento neste sábado (14). O concurso ocorreria no dia 20 de março em Cuiabá. Universidades públicas e privadas de Cuiabá e Várzea Grande, região metropolitana, suspenderam as aulas como forma de prevenção a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Em algumas instituições de ensino, a suspensão está prevista até o dia 23. Já em outras o tempo é indeterminado. Conforme decreto do governo, nessa segunda-feira (16), as aulas da rede estadual, municipal e do ensino superior do estado devem ser canceladas a partir da próxima segunda-feira (23). Eventos com público maior de 200 pessoas também foram suspensos. O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) suspendeu prazos e audiências como medida de prevenção ao coronavírus no estado. Os prazos e atos processuais estão suspensos pelo prazo de 15 dias, salvo as medidas urgentes ou aqueles envolvendo adolescentes em conflito com a lei, com internação provisória decretada. A Associação Mato-grossense dos Transportadores Urbanos (MTU) está orientando passageiros e funcionários a adotarem medidas para conter a disseminação do novo coronavírus (Covid-19), em Cuiabá e Várzea Grande, região metropolitana, apesar de o estado não ter nenhum caso de pessoas infectadas pelo vírus confirmado. A Câmara Municipal de Cuiabá anunciou, na tarde dessa segunda-feira (16), uma série de medidas temporárias e emergenciais para evitar o contágio pelo Novo Coronavírus (COVID-19) pela população de Cuiabá e pelos servidores da Casa de Leis.

Jovem de 18 anos morre em hospital com suspeita de dengue hemorrágica em Sinop

access_time17/03/2020 09:04

Uma jovem morreu nessa segunda-feira (16) com suspeita de dengue hemorrágica enquanto estava internada no Hospital Regional de Sinop. Luciana Ferreira da Silva, de 18 anos, teve parada cardíaca e morreu na unidade. O corpo dela será enterrado nesta terça-feira (17). Segundo o instituto gestor da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), a paciente foi atendida nesse sábado (14). Foram realizados exames, ela foi medicada e liberada com orientação médica, sem sinas de infecção. No dia seguinte, no domingo (15), retornou à unidade reclamando de dor abdominal intensa. O quadro se agravou bruscamente. Foram feitos exames laboratoriais que demonstraram queda significativa das plaquetas, confirmando o quadro de dengue hemorrágica. A jovem foi imediatamente encaminhada ao Hospital Regional de Sinop, mas teve uma parada cardíaca e não resistiu. Luciana Ferreira da Silva, de 18 anos, morreu com suspeita de dengue hemorrágica em Sinop — Foto: Facebook/Reprodução

Casos de coronavírus no Brasil em 17 de março

access_time17/03/2020 09:00

As secretarias estaduais de saúde divulgaram, até as 9h30 desta terça-feira (17), 301 casos confirmados de novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil. O último balanço do Ministério da Saúde, divulgado na tarde de segunda-feira (16), contabilizava 234 casos. Nesta terça, o estado da Bahia atualizou sua contagem de sete para nove casos confirmados. Veja os números: Casos confirmados do novo coronavírus no Brasil Estado Secretarias da Saúde Ministério da Saúde AC 0 0 AL 1 1 AP 0 0 AM 1 1 BA 13 2 CE 9 0 DF 19 13 ES 8 1 GO 9 3 MA 0 0 MT 0 0 MS 4 2 MG 6 5 PA 0 0 PB 0 0 PR 6 6 PE 18 2 PI 0 0 RJ 31 31 RN 1 1 RS 11 6 RO 0 0 RR 0 0 SC 7 7 SP 152 152 SE 5 1 TO 0 0 Total 301 234 Fonte: Secretarias estaduais da Saúde e Ministério da Saúde Além dos casos confirmados, o Ministério da Saúde contabilizava até segunda-feira: 2.064 casos suspeitos 1.624 casos descartados 18 pessoas estão hospitalizadas (7% do total) Brasil contraria OMS e só faz testes nos casos graves O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, afirmou que não mudará agora o critério adotado na fase de mitigação, e só as pessoas com casos graves serão testadas. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou, na última sexta-feira (13), que os países apliquem testes em massa para descobrir quem está infectado e isolar esses pacientes para "achatar a curva" da disseminação da doença Covid-19. O governo federal, que disse ter comprado kits da Fiocruz para 30 mil testes nos laboratórios públicos, disse que o objetivo da medida é economizar testes para as pessoas com complicações. Situação no mundo Os números de casos e de mortes por Covid-19 fora do território chinês já ultrapassaram os registrados na própria China, afirmou o diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, na segunda-feira (16). Segundo monitoramento da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, foram registradas, em todo o mundo, 7.074 mortes pela doença. Dessas, 3.217 ocorreram na China.

Secretaria de Saúde investiga mais cinco casos suspeitos de coronavírus em MT

access_time12/03/2020 20:11

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, nesta quinta-feira (12), outros cinco casos suspeitos de coronavírus em Mato Grosso. No total, são monitorados seis casos suspeitos no estado, provenientes de cinco municípios; até o momento, não há casos confirmados em Mato Grosso. Os números divulgados pelas secretarias estaduais e o Ministério da Saúde não são necessariamente iguais, já que os órgãos têm horários e procedimentos distintos para apresentação de seus boletins diários. Os pacientes apresentam sintomas relativos à doença respiratória e possuem histórico de viagem para países onde há a circulação do novo vírus. Os seis casos que levantam a suspeita do Covid-19 estão em Lucas do Rio Verde (1), Araputanga (1), Cuiabá (2), Nova Xavantina (1) e Várzea Grande (1). Até o momento, as equipes de vigilância monitoraram um total de 17 ocorrências em Mato Grosso. Ainda de acordo com a Nota Informativa da Secretaria de Estado, sete casos foram descartados e quatro foram excluídos por não preencherem os critérios de definição para COVID-19. Aumento de casos suspeitos O Ministério da Saúde já confirmou 77 casos de COVID-19 no Brasil, nos seguintes estados: São Paulo (42), Rio de Janeiro (16), Espírito Santo (1), Minas Gerais (1), Bahia (2), Alagoas (1), Paraná (6), Pernambuco (2), Rio Grande do Sul (4), além de dois no Distrito Federal. Sendo que os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia identificaram transmissão local de casos. Mesmo diante deste contexto, o COE-MT esclarece que, neste momento, não há recomendação para o fechamento de locais com concentração de pessoas – como escolas, cinemas, bares e outros. A equipe reforça a toda a população que sigam as orientações de controle e prevenção citadas nesta matéria. O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS) divulga as atualizações diárias do monitoramento do COVID-19 em Mato Grosso. Essas informações são relativas ao período das 12h do dia anterior até as 12h do dia da publicação. Recomendações Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde. O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infeccções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão: Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas; Realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente; Utilizar lenço descartável para higiene nasal; Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca; Higienizar as mãos após tossir ou espirrar; Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas; Manter os ambientes bem ventilados; Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença; Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações. Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Brasil tem 52 casos confirmados de novo coronavírus, aponta painel do Ministério da Saúde

access_time11/03/2020 17:23

O Ministério da Saúde divulgou por volta das 16h desta quarta-feira (11) uma atualização do seu boletim sobre pacientes infectados com o novo coronavírus (Sars-Cov-2), agente causador da doença Covid-19. Os principais dados são: 52 casos confirmados, eram 34 na terça-feira 907 casos suspeitos 935 descartados O balanço aponta que São Paulo é o estado com mais casos e soma ao todo 30 pacientes com a Covid-19. Na sequência aparecem Rio de Janeiro (13), Bahia (2), Rio Grande do Sul (2), Distrito Federal (2), Alagoas (1), Minas Gerais (1) e Espírito Santo (1). Casos pelo Brasil Unidade da Federação Suspeitos Confirmados Descartados Rondônia (RO) 2 0 1 Acre (AC) 3 0 0 Amazonas (AM) 1 0 7 Pará (PA) 5 0 13 Maranhão (MA) 6 0 2 Piauí (PI) 1 0 2 Ceará (CE) 22 0 42 Rio Grande do Norte (RN) 13 0 14 Paraíba (PB) 7 0 6 Pernambuco (PE) 17 0 22 Alagoas (AL) 4 1 7 Sergipe (SE) 2 0 3 Bahia (BA) 65 2 36 Minas Gerais (MG) 117 1 22 Espírito Santo (ES) 31 1 13 Rio de Janeiro (RJ) 87 13 133 São Paulo (SP) 263 30 320 Paraná (PR) 49 0 27 Santa Catarina (SC) 47 0 32 Rio Grande do Sul (RS) 67 2 159 Mato Grosso do Sul (MS) 6 0 11 Mato Grosso (MT) 1 0 7 Goiás (GO) 17 0 28 Distrito Federal (DF) 74 2 28 Brasil 907 52 935 Fonte: Ministério da Saúde, às 16h de 11/03 Mudança com declaração de pandemia O Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta disse no começo da tarde desta quarta-feira (11), que nada muda no Brasil com a declaração de pandemia do coronavírus. Ele afirmou ainda que pacientes com sintomas, que chegarem de outros continentes, serão considerados "casos suspeitos". "Para nós [...] qualquer pessoa que chegue no Brasil ainda neste momento, com febre, tosse, gripe, já tem nexo para você poder falar: 'oh, é um caso suspeito'. Por que? Porque veio de fora de locais que têm transmissão sustentada. Mas nós já estávamos trabalhando assim, né? Nós já estávamos com América, Europa, Ásia, Oceania. Só não estávamos ainda considerando os da América do Sul e África, agora são todos", afirmou o ministro.

Sobe para 8 o número de casos suspeitos em MT; Cuiabá tem 2

access_time03/03/2020 08:12

Subiu para oito o número de casos suspeitos de coronavírus registrados em Mato Grosso. Dois deles foram registrados na Capital. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (2) pela Secretaria de Estado de Saúde. No Brasil há 433 casos suspeitos e apenas dois confirmados. Além de Cuiabá, os casos que levantam suspeita do Covid-19 - como o novo coronavírus é chamado - estão em Glória D’Oeste (2), Alto Taquari (1), Sorriso (1), Nova Mutum (1) e Sinop (1). De acordo com o setor estadual de Vigilância Epidemiológica, os números estão sendo gradativamente atualizados no sistema do Ministério da Saúde – que, até o momento, contabiliza apenas cinco casos suspeitos de Covid-19 em Mato Grosso. Os pacientes apresentam sintomas relativos à doença respiratória e possuem histórico de viagem para países onde há a circulação do novo vírus. Os quadros clínicos encontram-se estáveis e sem complicações que exijam internações. Os pacientes estão em isolamento domiciliar e seguem monitorados diariamente pelos serviços de saúde local e pela SES. Aumento de casos suspeitos O Ministério da Saúde confirmou, no dia 26 de fevereiro, o primeiro caso de Covid 19 no Brasil. Diante da ampliação dos países com transmissão local e a confirmação do primeiro caso no Brasil, Mato Grosso passou a identificar possíveis casos suspeitos e o Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública ampliou a ação de monitoramento no estado. Este acompanhamento ocorre na rotina dos serviços do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS), que divulgará as atualizações diárias do monitoramento do Covid-19. Essas informações são relativas ao período das 12h do dia anterior até as 12h do dia da publicação.

Remédio contra asma pode ser eficaz contra novo coronavírus

access_time03/03/2020 07:52

Médicos japoneses afirmaram que um remédio contra asma parece ser eficaz na redução de sintomas em pacientes de coronavírus que desenvolveram pneumonia. Uma equipe médica do Hospital Ashigarakami, na província de Kanagawa, tratou pacientes que ficaram doentes a bordo do navio de cruzeiro Diamond Princess. Ela anunciou os resultados de seus estudos no site na internet da Associação Japonesa para Doenças Infecciosas. Segundo o documento, três pacientes foram tratados com um remédio contra asma chamado Ciclesonida, um esteroide inalável que inibe o sistema imunológico. A equipe médica declarou que todos os pacientes tinham mais de 65 anos de idade e respiravam por aparelhos, mas que não se encontravam em estado grave. A pesquisa mostrou que os pacientes foram tratados com a Ciclesonida, em 20 de fevereiro, e suas condições de saúde melhoraram em cerca de dois dias. Uma mulher de 73 anos teria recebido alta. Os médicos disseram que o remédio foi empregado depois de terem sido informados a seu respeito pelo Instituto Nacional de Doenças Infecciosas. Eles afirmaram que o remédio chega aos pulmões, onde o vírus se multiplica. Portanto, ele pode ser eficaz na redução de inflamações no local. A equipe planeja investigar a eficácia do tratamento, em conjunto com outras instituições médicas porque ela cuidou somente de um pequeno número de pacientes.

Comunicado de agendamentos de consultas

access_time17/02/2020 11:21

A Secretaria Municipal de Saúde de Peixoto de Azevedo está reorganizando os AGENDAMENTOS DE CONSULTAS MÉDICAS para melhor atender a população peixotense. Agora as consultas médicas serão agendadas nas Unidades de Saúde do município, de segunda-feira a sexta-feira das 15h00 às 16h30.

Fiscalização detecta ausência de enfermeiro em unidades de saúde de Peixoto e Matupá

access_time13/02/2020 09:10

Vinte e três unidades de saúde e uma cadeia pública da região Norte de Mato Grosso estão sendo alvo da Força Regional de Fiscalização, realizada pelo Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso (Coren-MT), que encerra-se nesta quinta-feira (13). A operação concentrada reúne quatro enfermeiros fiscais e dois conselheiros do Coren-MT. Eles vistoriam irregularidades relacionadas ao exercício da enfermagem que podem pôr em risco a assistência ao paciente. Nesta quarta-feira (12) serão fiscalizados hospitais e unidades de saúde do município de Guarantã do Norte. A operação começou na terça-feira (11), em Matupá, onde foram vistoriados dois hospitais e quatro Unidades de Saúde da Família (USF). Em Peixoto de Azevedo, a fiscalização passou por três USFs, um hospital e a Cadeia Pública do município. Seis das unidades não contavam com enfermeiro em parte ou durante todo seu período de funcionamento. Em alguns casos, em decorrência de afastamento por férias, demonstrando falta de planejamento e déficit de pessoal. A presença de enfermeiro é obrigatória. A fiscalização levantou também problemas de má conservação nos prédios, como infiltrações e mofo, e medicamentos vencidos, entre eles o cloridrato de dopamina. Também foram constatados casos de armazenamento e manipulação incorreta de remédios e falta de identificação de insumos. Entre as unidades com mais problemas está o Hospital Regional de Peixoto de Azevedo, onde entre outras irregularidades, foi encontrado medicamentos vencidos. Mais de 240 profissionais de enfermagem estão sendo contactados durante a ação. As demandas de infra-estrutura e situações que extrapolam a competência do Coren-MT serão encaminhadas aos órgãos competentes. Em 2019, o Coren-MT realizou operações do mesmo porte nos municípios de Barra do Garças e Rondonópolis.

Atenção para continuidade da programação de exames da campanha Novembro Azul

access_time18/11/2019 22:17

A Secretaria Municipal de Saúde de Peixoto de Azevedo preparou programação especial de atendimentos e exames de Câncer de Próstata para este NOVEMBRO AZUL. Procure os PSFs nestas datas: Dia 19 de Novembro, PSF 05, Antigo Sesp. Dia 21 de Novembro, PSF 08, Bairro Nova Esperança. Dia 29 de Novembro, PSF 06 e 07, União do Norte. Atendimento das 7h às 11h e das 13h às 17h. Novembro Azul é campanha de conscientização dirigida em especial, aos homens, para conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Saúde de MT deve receber investimentos de quase R$ 170 milhões da bancada federal

access_time31/10/2018 08:27

Mato Grosso deve receber um recurso de R$ 169 milhões por meio da emenda impositiva definida pela bancada do estado em Brasília, juntamente com o governador eleito Mauro Mendes (DEM), em uma reunião realizada, nesta terça-feira (30), no Congresso Nacional. O recurso oriundo do orçamento do governo federal terá, segundo Mendes, uma contrapartida estadual no valor de R$ 88 milhões. A emenda impositiva é obrigatória. Portanto, a indicação feita pelos deputados federais em comum acordo com o governo do estado faz com que o recurso chegue diretamente à área destinada. Segundo Mauro Mendes, parte do recurso também será destinada aos Hospitais Regionais. “Precisamos melhorar a saúde no interior e assim, melhoraremos a saúda na capital, pois a população terá condições de ser atendida nos polos”, disse. Além do recurso total, definido por todos os deputados, cada um deles tem direito à destinação de mais R$ 15 milhões. Segundo o deputado Adilton Sachetti (PRB), outros R$ 7,5 milhões devem ser destinados à saúde de Mato Grosso, por indicação dele. “É necessário investir na saúde do estado “, afirmou.