Banner Outras
Notícias recentes
Começa prazo para entrega de documentos da lista de espera do Prouni

Começa prazo para entrega de documentos da lista de espera do Prouni

access_time04/08/2018 07:54

Os candidatos selecionados na lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm de ho

Dia sangrento Palestinos enterram mortos por tropas de Israel em Gaza

Dia sangrento Palestinos enterram mortos por tropas de Israel em Gaza

access_time15/05/2018 07:22

Famílias palestinas enterram nesta terça-feira (15) os corpos de parentes que foram mortos nesta seg

Cidade de Guadalajara, no México, é atingida por tempestade de granizo; veja fotos

Cidade de Guadalajara, no México, é atingida por tempestade de granizo; veja fotos

access_time01/07/2019 12:37

A cidade de Guadalajara, no oeste do México, foi atingida neste domingo (30) por uma tempestade de g

Notícias com a tag: anabolizantes

Universitário é preso ao tentar levar anabolizantes e celulares do Paraguai para o Pará

access_time04/06/2018 23:18

Um homem, de 33 anos, foi preso pelo Polícia Rodoviária Federal (PRF), nesta segunda-feira (4), na BR-163, no município de Sorriso, a 420 km de Cuiabá, transportando anabolizantes e equipamentos eletrônicos, que viriam do Paraguai, sem nota fiscal. De acordo com a PRF, os policiais abordaram um ônibus que fazia o trajeto de Porto Alegre (RS) a Santarém (PA). Ao fiscalizar as bagagens, os produtos foram encontrados. O homem, que seria responsável pela carga e não teve a identidade divulgada, informou aos policiais que estava fazendo o transporte por encomenda e ganharia cerca de R$ 20 mil para levar a mercadoria de Foz do Iguaçu (PR) a Itaituba (PA). O preso estava carregando centenas de comprimidos, ampolas, frascos e caixa de medicamentos, entre abortivos e anabolizantes. Produtos estavam sendo levados para o Pará, segundo PRF (Foto: PRF/Divulgação) Na mala dele a polícia também encontrou dez celulares, um tablet e três receptores de TV sem notas fiscais. Segundo à polícia, em depoimento, o homem disse que estuda medicina no Paraguai. Ele alegou ainda que usaria o dinheiro ganho com o transporte dos produtos para pagar a faculdade e bancar as férias. O homem e a mercadoria foram encaminhados para a delegacia federal de Sinop, a 503 km de Cuiabá. Ele pode responder por descaminho e falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais.