Kurupí
Notícias recentes
Nova Zelândia vai propor reforma na lei sobre armas

Nova Zelândia vai propor reforma na lei sobre armas

access_time18/03/2019 09:23

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, disse hoje (18) que o governo vai propor, em d

Governo Trump é processado por liberar impressão 3D de armas de fogo

Governo Trump é processado por liberar impressão 3D de armas de fogo

access_time02/08/2018 08:04

No mês passado, Cody Wilson e seu grupo sem fins lucrativos Defense Distributed encerraram uma longa

Após assumir que beijou Marquezine, Luan Santana ganha unfollow de Neymar

Após assumir que beijou Marquezine, Luan Santana ganha unfollow de Neymar

access_time29/11/2018 12:52

Gente, mas que confusão… Após Luan Santana assumir em entrevista que já beijou Anitta e Bruna Marque

Notícias com a tag: anabolizantes

Universitário é preso ao tentar levar anabolizantes e celulares do Paraguai para o Pará

access_time04/06/2018 23:18

Um homem, de 33 anos, foi preso pelo Polícia Rodoviária Federal (PRF), nesta segunda-feira (4), na BR-163, no município de Sorriso, a 420 km de Cuiabá, transportando anabolizantes e equipamentos eletrônicos, que viriam do Paraguai, sem nota fiscal. De acordo com a PRF, os policiais abordaram um ônibus que fazia o trajeto de Porto Alegre (RS) a Santarém (PA). Ao fiscalizar as bagagens, os produtos foram encontrados. O homem, que seria responsável pela carga e não teve a identidade divulgada, informou aos policiais que estava fazendo o transporte por encomenda e ganharia cerca de R$ 20 mil para levar a mercadoria de Foz do Iguaçu (PR) a Itaituba (PA). O preso estava carregando centenas de comprimidos, ampolas, frascos e caixa de medicamentos, entre abortivos e anabolizantes. Produtos estavam sendo levados para o Pará, segundo PRF (Foto: PRF/Divulgação) Na mala dele a polícia também encontrou dez celulares, um tablet e três receptores de TV sem notas fiscais. Segundo à polícia, em depoimento, o homem disse que estuda medicina no Paraguai. Ele alegou ainda que usaria o dinheiro ganho com o transporte dos produtos para pagar a faculdade e bancar as férias. O homem e a mercadoria foram encaminhados para a delegacia federal de Sinop, a 503 km de Cuiabá. Ele pode responder por descaminho e falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais.