Spigreen
Notícias recentes
Site e aplicativo continuam fora do ar após invasão de hackers em MT e Energisa recomenda canal do WhatsApp

Site e aplicativo continuam fora do ar após invasão de hackers em MT e Energisa recomenda canal do WhatsApp

access_time04/05/2020 10:47

O site e outras plataformas digitais de atendimento da concessionária Energisa continuam fora do ar

Grêmio e Flamengo empatam em 1 a 1 na semifinal da Libertadores

Grêmio e Flamengo empatam em 1 a 1 na semifinal da Libertadores

access_time03/10/2019 09:33

Grêmio e Flamengo empataram em 1 a 1 no primeiro jogo da semifinal da Copa Libertadores, disputado n

Peixoto de Azevedo comemorou 33 anos

Peixoto de Azevedo comemorou 33 anos

access_time14/05/2019 11:37

No final de semana 03 eventos marcaram esta primeira etapa de comemorações do 33º aniversário políti

Notícias com a tag: campeonato-paulista

Palmeiras vira sobre Água Santa, garante liderança do grupo B e rebaixa time de Diadema

access_time27/07/2020 07:57

Não foi fácil, mas o Palmeiras venceu o Água Santa por 2 a 1, neste domingo, no Allianz Parque, pela 12ª e última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. Com a vitória, o Alviverde garantiu a liderança do grupo B, com 22 pontos somados. O Santo André, que iniciou a rodada na primeira colocação, perdeu para o Ituano e fechou a fase de classificação com 20 pontos. Já o Água Santa estacionou nos 11 pontos, foi ultrapassado por Ponte Preta e Botafogo-SP na classificação e foi rebaixado, ao lado do Oeste, para a Série A2 do Estadual. Após pressionar e ter a posse de bola durante todo o primeiro tempo, o Palmeiras saiu atrás do placar no início da segunda etapa, com gol de Lucas Silva. O time de Vanderlei Luxemburgo conseguiu responder e empatou com Ramires, aos 26, e virou com Luiz Adriano, de pênalti, aos 42. 1º tempo O Palmeiras teve muita posse no primeiro tempo, mas não conseguiu controlar a partida e criar grandes chances de gol. A primeira finalização do Alviverde veio aos dez minutos, com batida de Veiga, de primeira, por cima do gol. Aos 14, os mandantes tiveram a única chance clara da etapa inicia. Após bate-rebate, a bola sobrou para Rony dentro da área. O atacante dominou e bateu de direita. A bola passou rente a trave. Já aos 37, o Água Santa teve a primeira escapada efetiva no contra-ataque. Lucas Silva escapou e ganhou na velocidade de Felipe Melo, que parou o adversário com falta. Na cobrança, a bola explodiu na barreira. No minutos finais, o Verdão voltou a oferecer perigo. Aos 44, Marcos Rocha cruzou com espaço na direita e encontrou Veiga, mas o meia não acertou a cabeçada. Já nos acréscimos, o time cobrou escanteio, o goleiro Giovanni passou da bola e a bola sobrou para Veiga, que arriscou para o gol. A bola desviou no atacante Uéderson e não entrou. Os palmeirenses revindicaram pênalti, alegando toque de mão, mas o árbitro mandou o jogo seguir. Segunda etapa O Palmeiras foi para cima logo de cara, mas foi o Água Santa que conseguiu abrir o placar. Aos 17 minutos, Luan Dias recebeu na intermediária, levantou a cabeça e cruzou rasteiro na diagonal. A bola chegou para Lucas Silva na segunda trave, que completou de primeira para as redes. A resposta alviverde não demorou. Aos 26 minutos, Felipe Melo lançou Marcos Rocha na direita. O lateral teve espaço para descer e cruzar com espaço. A bola encontrou Ramires, que testou firme para empatar. Aos 42, o Palmeiras chegou à virada. Após bate-rebate dentro da área, o árbitro marcou pênalti alegando mão na bola de Wellington Reis. Na cobrança, Luiz Adriano bateu no canto direito e Giovanni fez a defesa, mas no rebote a bola se ofereceu livre para o atacante virar.

Pressionado, Tiago Nunes critica gramado e garante: “Grupo está fechado comigo”

access_time08/03/2020 08:03

O Corinthians chegou ao quinto jogo consecutivo sem vitória neste sábado, após o empate em 1 a 1 com o Novorizontino, em Novo Horizonte, pela nona rodada do Campeonato Paulista. Pressionado pela falta de resultados positivos, o Tiago Nunes vem tendo de lidar com cada vez mais questionamentos, no entanto, garante que o elenco está comprometido com o seu trabalho. “A gente conversa com os jogadores para compartilharem tudo, as cobranças e os acertos. Externamente, a gente vive em um teatro, parece que a gente vem aqui interpretar. Se a gente fosse líder, o empate seria um bom resultado. A gente sabe que a obrigação era a vitória. O discurso muda muito rápido no futebol, às vezes muda em 45 minutos. Meu foco é no próximo jogo e eu estou fechado com o grupo, que também está fechado comigo. Eles têm sido muito fiéis comigo”, afirmou Tiago Nunes. Sem Yony González, Ramiro e Pedinho, que viajou a Portugal para resolver os últimos detalhes de sua transferência ao Benfica, Tiago Nunes foi a campo com o que tinha, testando Janderson e Everaldo juntos pela primeira vez. Mas, o que se viu ao longo dos 90 minutos foi uma grande dificuldade de criar boas oportunidades de gol. “O futebol é compatível à característica que o jogo se ofertou, jogo de primeira, segunda bola, gramado infelizmente em péssimas condições. Não sei o que a Federação fala sobre molhar o gramado, [sem molhar] o jogo fica lento, e o time que quer ser técnico acaba tendo problemas. A gente precisa vencer, torcedor espera vitória, mas temos que levar em consideração que o Novorizontino é um time com uma das maiores pontuações, parece que jogamos contra uma equipe desprezível. Isso não é verdade. Mas, se tratando de Corinthians, temos que vencer sempre e melhorar a capacidade individual de entender o jogo”, prosseguiu. Por fim, o comandante alvinegro defendeu uma possível obrigatoriedade em relação à irrigação dos gramados. Para Tiago Nunes, o gramado seco atrapalha quem busca atuar em alto nível, e a falta de um campo em bom estado atrapalhou bastante o elenco, que previu as dificuldades que teria neste sábado ainda no aquecimento. “Primeiro discurso depois do aquecimento foi que não dava para tocar a bola, que o gramado estava ruim. Sendo ndo um time que tenta trocar passes, fica difícil. Eles [Novorizontino] não tocam a bola, para eles não faz diferença. Se na maioria das ligas do mundo todos molham o gramado, há uma razão, é para dar velocidade, para a bola rolar”, pontuou. “Isso fica prejudicado para o jogador de excelência, que passa como perna de pau. Isso não é para tirar mérito do Novorizontino, que tem méritos, mas para ter excelência. Temos que trabalhar no mais alto nível”, concluiu.

Palmeiras x Ferroviária: veja onde assistir, escalações, desfalques e arbitragem

access_time07/03/2020 10:01

O Palmeiras recebe a Ferroviária neste sábado, às 16h, na arena do Verdão, em jogo válido pela nona rodada do Campeonato Paulista. Com 17 pontos, o Verdão tenta se aproximar do Santo André, que lidera o Grupo B e também tem a melhor campanha do torneio, com 19 pontos. Mas Vanderlei Luxemburgo vai mexer no time titular por causa dos compromissos da Libertadores e da sequência de jogos e viagens. Com nove pontos, a Ferroviária mandou o Corinthians para a lanterna do Grupo D após empatar em todos os critérios de desempate, menos no número de cartões recebidos. Após um início irregular na competição, o time venceu o Botafogo e deu um passo largo para fugir do rebaixamento e voltar a brigar pela classificação. O momento é o melhor possível: sequência de dois empates e uma vitória no Paulistão e vaga na terceira fase da Copa do Brasil após golear o Águia Negra-MS por 6 a 2. Transmissão: o Premiere transmite o jogo para todo o Brasil com narração de Jota Junior e comentários de Caio Ribeiro. Palmeiras – técnico: Vanderlei Luxemburgo Pela equipe que treinou na última sexta-feira, Luxemburgo vai escalar o Verdão com apenas três titulares em relação ao time que venceu o Tigre na Argentina, pela Libertadores: Weverton, Gustavo Gómez e Rony. Com a camisa 9 palmeirense, Luan Silva deve fazer sua estreia pelo clube. Quem está fora: Mayke (transição física) Pendurados: Gustavo Gómez. Provável escalação do Palmeiras contra a Ferroviária — Foto: GloboEsporte.com Ferroviária – técnico: Sérgio Soares O técnico Sérgio Soares tem o retorno de dois atletas para o confronto contra o Palmeiras: o meia Tony e o zagueiro Élton. O primeiro é o mais provável a retomar a posição, pois é chamado de maestro pelo comandante e principal articulador de jogada da equipe. Já na defesa, a entrada da Carlão foi aprovada pelo comandante. A única ressalva de Soares é que, ao lado de Max, ele forma uma dupla de zaga só de canhotos. Nas demais posições, a Locomotiva estará completa, principalmente com o meia Claudinho, revelação do time e que caiu nas graças da torcida após boas atuações e os dois gols marcados na goleada sobre o Águia. Quem está fora: Rayan e Felipe Ferreira (lesionados) Pendurados: Max e Lucas Mendes Provável escalação da Ferroviária para a partida contra o Palmeiras, pelo Paulistão — Foto: Infografia/GE Árbitro: Douglas Marques das Flores Auxiliar 1: Hermam Brumel Vani Auxiliar 2: Vladimir Nunes da Silva Quarto árbitro: Lucas Canetto Bellote