Banner Outras
Notícias recentes
Dia 26 acontece a Conferência Intermunicipal de Cultura de Peixoto de Azevedo

Dia 26 acontece a Conferência Intermunicipal de Cultura de Peixoto de Azevedo

access_time20/09/2018 09:07

A 1ª Conferência Intermunicipal de Cultura de Peixoto de Azevedo acontecerá no dia 26 de setembro de

Preso foge de penitenciária de MT após passar pelo exaustor

Preso foge de penitenciária de MT após passar pelo exaustor

access_time17/04/2019 07:51

Um preso fugiu na madrugada desta terça-feira (16) da Penitenciária Regional Major Eldo de Sá Corrêa

60% dos partos realizados em MT são cesáreas, aponta Ministério da Saúde

60% dos partos realizados em MT são cesáreas, aponta Ministério da Saúde

access_time11/09/2018 10:17

Um levantamento divulgado pelo Ministério da Saúde aponta que em Mato Grosso 60% dos partos são cesá

Notícias com a tag: deputadosfederais

Perfil médio do deputado federal eleito é homem, branco, casado e com ensino superior

access_time21/10/2018 08:48

O perfil médio dos 513 deputados federais eleitos se assemelha ao dos candidatos que disputaram as eleições deste ano. A partir de 2019, a Câmara dos Deputados continua a ser composta, principalmente, por homens, brancos, casados e com ensino superior. A idade média é de 49 anos (elas variam de 22 a 84 anos). O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) considera a idade dos deputados federais no dia do 1º turno das eleições – ou seja, em 7 de outubro. Os representantes mais jovem e mais velho da Câmara são mulheres. Luisa Canziani (PTB-PR) tem 22 anos e será a mais nova da Casa. Eleita pelo PSOL de São Paulo, aos 84 anos, Luiza Erundina foi a mais velha eleita para o cargo neste ano. Quase a maioria dos deputados federais eleitos (46%) informa ao TSE ter a ocupação de "deputado". Um levantamento do G1 já mostrou ainda que os milionários na Câmara são 47% dos 513 deputados federais eleitos. Perfil médio dos deputados federais eleitos: dados do registro de candidatura em 2018 — Foto: Alexandre Mauro / G1 Gênero A proporção de mulheres continua a ser bem inferior à de homens, apesar de a participação feminina na Câmara ter saltado de 51 para 77 na comparação de 2014 com 2018. As mulheres passam a ocupar, portanto, 15% das cadeiras na Casa. Os homens conquistaram 436 vagas na Câmara – o que responde pelos 85% restantes. Vinte anos atrás, o resultado das urnas nas eleições de 1998 foi ainda menos favorável às mulheres. Apenas 29 foram eleitas para o cargo. Na época, elas ocupavam 5,7% das cadeiras. Os homens conseguiram naquele pleito 484 vagas (94,3% do total). A população brasileira é formada majoritariamente por mulheres. Segundo o IBGE, 51,8% são mulheres; e 48,2%, homens.