Kurupí
Notícias recentes
Jovem é encontrada desmaiada na rua com marcas de espancamento e está internada em estado grave em MT

Jovem é encontrada desmaiada na rua com marcas de espancamento e está internada em estado grave em MT

access_time25/04/2019 07:41

Uma jovem de 27 anos foi encontrada desacordada na madrugada de sábado (20) em Peixoto de Azevedo. S

Prefeito recebe em seu gabinete pré-candidata ao Senado

Prefeito recebe em seu gabinete pré-candidata ao Senado

access_time28/06/2018 12:24

O chefe do executivo municipal de Novo Mundo, prefeito Toni Mafini, recebeu em seu gabinete na terça

Motociclista morre atropelado por caminhão e motorista é preso embriagado em MT

Motociclista morre atropelado por caminhão e motorista é preso embriagado em MT

access_time16/07/2018 09:54

Um homem de 31 anos morreu atropelado por um caminhão na noite desse sábado (14) na Rua São Francisc

Notícias com a tag: flamengo

Bruno Henrique faz dois e Flamengo vence o Inter pela Libertadores

access_time21/08/2019 22:36

A torcida do Flamengo lotou o Maracanã, nesta quarta (21) para o primeiro jogo diante do Internacional pelas quartas de final da Conmebol Libertadores e saiu feliz. A equipe carioca bateu os gaúchos por 2 a 0 e agora decide a vaga na próxima semana (28) jogando no Beira Rio, em Porto Alegre. A vantagem do fator campo e torcida foi fundamental para a vitória flamenguista, que foi embalado por milhares de vozes nos 90 minutos da partida. O Flamengo fez jogo de cena durante a semana, na tentativa de ludibriar o técnico Odair Hellmann, do Inter. Os jogadores Gabriel Barbosa, o Gabigol, e o meia uruguaio Arrascaeta foram dados como fora de jogo. Gabriel devido um problema na coxa esquerda. Já Arrascaeta teria sido acometido por uma virose. Quando as escalações foram passadas, ambos estavam lá, titulares como sempre foram.  O Flamengo, como dono da casa, saiu para cima do Inter e fez a proposta de jogo. Primeiro, explorou o lado esquerdo do seu ataque, buscando triangulações entre Filipe Luiz, Arrascaeta e Bruno Henrique, um lado esquerdo forte. Mas por ali o Inter era forte com o lateral direito Bruno e o zagueiro Rodrigo Moledo caindo por aquele setor. As melhores chances para o Flamengo só surgiram quando o time passou a explorar o lado direito do seu ataque, com as subidas de Rafinha, Gabriel e Bruno Henrique. Aos 18min, a primeira chance para o Rubro-Negro. Bruno Henrique evoluiu pelo meio e bateu forte obrigando o goleiro Marcelo Lomba, do Inter, a botar para escanteio. Aos 28min, novamente Bruno Henrique, agora num cabeceio e com nova defesa de Lomba. Quase ao final do primeiro tempo, Gabriel ficou sozinho à frente de Marcelo Lomba, mas errou o chute. O Flamengo veio para a segunda etapa com a mesma proposta de jogo: tentar acuar o Inter. Jorge Jesus tirou Arrascaeta de campo para a entrada de Gerson, também um bom condutor de bola, mas que joga em mais velocidade. Mas a equipe gaúcha passou a jogar marcando a saída de bola do Flamengo, a tão conhecida marcação alta. Isso poderia expor o Inter a contra-ataques, mas também dificultava para os cariocas, que tinham dificuldade para evoluir com a bola dominada. E a marcação alta do Inter foi funbdamental para o Flamengo construir sua vitória. Em dois contra-ataques, o primeiro pela esqwuerda com Everton Ribeiro, ele enxergou Bruno Henrique entrando. O atacante só teve o trabalho de tocar no canto direito de Marcelo Lomba aos 30min: 1 a 0. Aos 33min, novamente Bruno Henrique, que recebeu, envolveu a zaga do Colorado e  tocou, novamente, no canto direito de Marcelo Lomba: 2 a 0.  FICHA TÉCNICA FLAMENGO 2 X 0 INTERNACIONAL Local: Estádio Mário Filho (Maracanã), Rio de Janeiro (RJ) Data: 21/08/2019 Árbitro: Roberto Tobar (CHI) Assistentes:  Christian Schiemann (CHI) e Claudio Rios (CHI) VAR: Julio Bascunan (CHI) Cartões amarelos: Guerrero, Patrick, Willian Arão  Cartões vermelhos: Gols: Bruno Henrique, aos 30min e aos 33min do segundo tempo. FLAMENGO: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Mari e Filipe Luiz; Willian Arão, Cuellar e Arrascaeta (Gerson); Everton Ribeiro, Bruno Henrique (Pires da Motta) e Gabriel Barbosa. Técnico: Jorge Jesus.  INTERNACIONAL:  Marcelo Lomba; Bruno, Victor Cuesta, Rodrigo Moledo e Uendell; Rodrigo Lindoso, Edenilson e Patrick;  D´Alessandro (Nico Lopes), Rafael Sobis (Wellington Silva) e Guerrero. Técnico: Odair Hellmann. Público: 66.366 Renda: R$ 4.758.998,75

No Maracanã, Flamengo e Inter iniciam disputa por vaga na semi da Libertadores

access_time21/08/2019 16:37

Flamengo e Internacional se enfrentam nesta quarta-feira, às 20h30 (de Mato Grosso), no Maracanã, no Rio de Janeiro, pelo confronto de ida das quartas de final da Copa Libertadores. O Rubro-Negro sofreu para eliminar o Emelec do Equador na etapa anterior, com os dois times trocando triunfos de 2 a 0 como mandantes, o que forçou uma definição por pênaltis. Já o Colorado não teve grandes sustos diante do Nacional, ganhando por 1 a 0 no Uruguai e por 2 a 0 no Rio Grande do Sul. A temporada dos dois times tem sido positiva. No Brasileirão, por exemplo, o Flamengo é o vice-líder com 30 pontos e briga pelo caneco. O Colorado, com 24 pontos, também não está longe do páreo e também é semifinalista da Copa do Brasil. Em termos de escalação o Flamengo vai manter a base que vem atuando, mas ganhou um desfalque importante. O atacante Gabigol, artilheiro da equipe em 2019, não se livrou das dores na coxa esquerda que o fizeram deixar o campo na partida do último sábado contra o Vasco, e foi vetado para o confronto desta quarta. Orlando Berrío é o mais provável substituto de Gabigol nos 11 iniciais. Outra possibilidade é a volta de Everton Ribeiro aos titulares, com Bruno Henrique atuando mais centralizado. O meia-atacante, entretanto, ainda não se encontra 100% em função de dores no pé esquerdo. Outra possibilidade é a volta de Everton Ribeiro aos titulares, com Bruno Henrique atuando mais centralizado. O meia-atacante, entretanto, ainda não se encontra 100% em função de dores no pé esquerdo. Já o lateral Rafinha, que cumpriu suspensão contra o Vasco no último sábado, retorna ao time no lugar de Rodinei. Já o técnico Odair Hellmann, tem apenas uma dúvida que se localiza no meio-campo. Sem contar ainda com Edenílson, Nonato e Bruno Silva concorrem por uma vaga no time titular. Recuperado de lesão no tornozelo, o volante Rodrigo Lindoso retoma a titularidade. A partida marcará o reencontro do centroavante Paolo Guerrero com a torcida do Flamengo no Maracanã. Os torcedores vermelhos já esgotaram a sua cota de ingressos para o duelo de amanhã. Fora de casa na edição desta temporada no torneio, os gaúchos em quatro jogos venceram três e empataram uma vez. O confronto de volta entre as duas equipes, na Arena Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), será na quarta-feira da próxima semana. O classificado fará uma semifinal brasileira contra o vitorioso do embate entre Grêmio e Palmeiras. FICHA TÉCNICA FLAMENGO X INTERNACIONAL Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ) Data: 21 de agosto de 2019 (Quarta-feira) Horário: 20h30 (de Mato Grosso) Árbitro: Roberto Tobar (Chile) Assistentes: Christian Schiemann (Chile) e Claudio Rios (Chile) FLAMENGO: Diego Alves, Rafinha, Thuler, Pablo Marí e Filipe Luís; Gustavo Cuéllar, Willian Arão, Gerson e De Arrascaeta; Bruno Henrique e Orlando Berrío (Everton Ribeiro) Técnico: Jorge Jesus INTERNACIONAL: Marcelo Lomba, Bruno, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel, Rodrigo Lindoso, Nonato (Bruno Silva), D´Alessandro e Patrick, Nico López e Paolo Guerrero Técnico: Odair Hellman

Dez jovens atletas do Flamengo morrem em incêndio no Centro de Treinamento, na Zona Oeste do Rio

access_time08/02/2019 07:50

Dez jovens atletas do Flamengo morreram em um incêndio em um alojamento no Ninho do Urubu, na Zona Oeste do Rio, no início da manhã desta sexta-feira (8). As chamas atingiram as instalações onde dormiam jogadores entre 14 e 17 anos que não residiam no Rio. Ainda não há identificação dos mortos. Três adolescentes ficaram feridos, um deles em estado grave, e foram levados para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra: Cauan Emanuel Gomes Nunes, 14 anos, de Fortaleza (CE); Francisco Diogo Bento Alves, 15 anos; Jonathan Cruz Ventura, 15 anos, o mais grave. Às 8h40, Jonathan foi levado às pressas para o centro cirúrgico. Segundo mães de atletas, o treino desta sexta fora cancelado, o que liberou os jovens que moram no Rio para dormir em suas casas. Desta forma, só pernoitaram no alojamento adolescentes que vieram de fora, como Cauan Emanuel. "Se tivesse treino hoje, a tragédia teria sido muito maior", disse uma mãe. No Ninho do Urubu, em Vargem Grande, treinam o time profissional do Flamengo e as equipes de jovens atletas. O incêndio começou por volta das 5h10 e foi debelado às 6h30. A Zona Oeste foi uma das mais afetadas com o temporal desta quarta-feira (6). Na manhã desta sexta, o Ninho do Urubu continuava sem luz e sem água em decorrência da chuva. Instalações retorcidas Imagens feitas pelo Globocop mostraram uma área do CT do clube destruída pelas chamas. Por volta das 7h20, bombeiros atuavam apenas no rescaldo. O Centro de Treinamento Presidente George Helal, conhecido como Ninho do Urubu, é considerado um dos mais modernos da América Latina e um dos maiores do mundo. Conta com um módulo profissional, dois campos, campo de treinamento para goleiros e estruturas para musculação e fisioterapia. Em 2018, ano de inauguração do novo módulo profissional, a estrutura pré-existente foi deixada para as categorias de base e, para o futebol profissional, foi disponibilizado um novo módulo, com novos alojamentos, um parque aquático, academia e mais um campo de futebol (totalizando cinco). Veículos dos bombeiros no CT do Flamengo — Foto: Reprodução/TV Globo Instalações retorcidas pelo fogo no CT do Flamengo — Foto: Reprodução/TV Globo

Palmeiras tenta se aproximar do líder Flamengo antes da Copa

access_time13/06/2018 13:18

Palmeiras e Flamengo se enfrentam nesta quarta-feira, às 20h (de Mato Grosso), no Allianz Parque em partida que valerá muito mais do que os três pontos. Na última partida antes da pausa para a Copa do Mundo, o Verdão tenta deixar a distância para o líder em cinco pontos e poder manter a paz no clube antes do retorno do Brasileirão. Já o Rubro-Negro quer se distanciar de seu concorrente direto na provável despedida de Vinicius Júnior. “Todo jogo tem caráter decisivo. Se não tem o caráter, com certeza vocês (da imprensa) arranjam um. Contra o Flamengo é jogo para acabar na frente, queremos acabar o pré-Copa nas primeiras posições, porque vamos ter jogado 30% do campeonato e é importante estar ali na frente”, disse o técnico Roger Machado. O Verdão terá mudanças certas para o duelo. Os volantes Bruno Henrique e Felipe Melo, retornam após cumprirem suspensão diante do Ceará na última rodada. Além da dupla, o meia Moisés, que começou no banco contra o Vovô por conta do desgaste muscular, deve retornar ao time titular na vaga de Lucas Lima. O Maior Campeão do Brasil ainda tenta quebrar uma marca. Desde que o Brasileirão passou a ser disputado por pontos corridos, em 2003, aconteceram três Mundiais (2006, 2010 e 2014), que obrigaram a pausa do torneio nacional. E nas três ocasiões antes desse hiato, o Alviverde não conseguiu vencer. Pelo lado do Flamengo, uma ausência de peso: o meia Diego, que sentiu a panturrilha da perna esquerda na partida de domingo diante do Paraná, teve lesão constatada e não foi relacionado para a partida. Jean Lucas ou William Arão devem ganhar a vaga do camisa 10. Se não terá Diego, o técnico Maurício Barbieri contará com o retorno de Lucas Paquetá, que cumpriu suspensão diante do Paraná e volta à equipe. Livre de algumas lesões que o incomodaram nas últimas semanas, Juan deve ser relacionado, mas começando no banco. Léo Duarte e Thuler seguem no setor. “Fizemos uma certa gordura e isso é muito importante. Mas ainda não ganhamos nada. Temos de manter os pés no chão e continuar o trabalho. Temos bons números, mas eles não nos garantem o título e queremos ser campeões. É importante manter o empenho”, afirmou o técnico Maurício Barbieri. FICHA TÉCNICA PALMEIRAS x FLAMENGO Data: 13 de junho de 2018, sábado Horário: 21h (de Brasília) Local: Allianz Parque, em São Paulo Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC) Assistentes: Kleber Lucio Gil e Neuza Ines Back (ambos de SC) PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Edu Dracena, Luan (Thiago Martins) e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique e Moisés; Hyoran, Dudu e Willian Técnico: Roger Machado FLAMENGO: Diego Alves, Rodinei, Thuler, Léo Duarte e Renê; Gustavo Cuéllar, Jean Lucas (William Arão), Lucas Paquetá e Everton Ribeiro; Vinícius Júnior e Henrique Dourado Técnico: Maurício Barbieri

Nove jogadores, 50 toques em 57 segundos: como Everton Ribeiro regeu o gol de Vizeu

access_time08/06/2018 10:49

Quatro vitórias consecutivas. Cinco pontos de vantagem na ponta do Campeonato Brasileiro. Seis jogadores da base em campo. Os 2 a 0 em cima do Fluminense trazem vários motivos para o torcedor do Flamengo comemorar. Mas há um a mais, que mostra a construção coletiva do time rubro-negro, no melhor momento da temporada. Os 57 segundos com a bola no pé até marcar o segundo gol e definir a vitória sobre o rival permitem análise detalhada do lance. Foram exatos 50 toques na bola, que trocou de pé nada menos que 16 vezes desde o desarme de Léo Duarte na área do Flamengo. Depois, a condução é do "maestro" Everton Ribeiro, que participa nada menos que cinco vezes do lance - a última na assistência para Felipe Vizeu. Toque a toque: - Léo Duarte - quatro toques (último é o passe) - Vinicius Junior - três toques (último é o passe) - Jean Lucas - dois toques (último é o passe) - Lucas Paquetá - dois toques (último é o passe) - Everton Ribeiro - três toques (último é o passe) - Rodinei - seis toques (último é o passe) - Everton Ribeiro - três toques (último é o passe) - Thuler - dois toques (último é o passe) - Léo Duarte - dois toques (último é o passe) - Renê - dois toques (último é o passe) - Vinicius Junior - seis toques (último é o passe) - Everton Ribeiro - dois toques (último é o passe) - Rodinei - três toques (último é o passe) - Everton Ribeiro - quatro toques (último é o passe) - Paquetá - um toque (passe de primeira) - Everton Ribeiro - três toques (último é o passe) - Vizeu - quatro toques (último é o chute a gol)

Flamengo vence Corinthians e abre quatro pontos na liderança do Brasileirão

access_time03/06/2018 17:59

LÍDER DE RESPEITO O Flamengo venceu o Corinthians por 1 a 0 na tarde deste domingo, no Maracanã, e disparou na liderança do Campeonato Brasileiro. O único gol do jogo foi marcado por Felipe Vizeu, aos 34 minutos do segundo tempo. Para manter os quatro pontos de vantagem para o segundo colocado ao fim da nona rodada, o Fla tem que torcer para o Fluminese não vencer o Paraná, na segunda-feira, em Curitiba. O Timão, que começou a rodada na terceira posição, saiu do G-6 – veja aqui a tabela. POLÊMICA NO FIM Passados 50 minutos do segundo tempo, o Corinthians bateu um escanteio na área do Flamengo. Depois de uma bate-rebate, Rodinei tentou afastar a bola. Neste momento, o árbitro gaúcho Anderson Daronco, que tinha dado cinco minutos de acréscimo, apitou o fim da partida. Só que a bola sobrou para Roger, com condições de finalizar contra Diego Alves. Enquanto os jogadores rubro-negros comemoravam a vitória, os alvinegros foram reclamar inutilmente com o juiz. ALTOS E BAIXOS Aos 22 do segundo tempo, Felipe Vizeu entrou no lugar de Henrique Dourado, que completou nove jogos sem gol, e garantiu a vitória do Fla depois de 12 minutos (veja abaixo). No Timão, Roger entrou ainda no primeiro tempo, mas passou em branco. No fim, até Kazim foi para a partida – ele não jogava desde 11 de março. CHEGA PRA LÁ! Aos 9 minutos do primeiro tempo, com o jogo parado por causa de uma falta, Jonas chutou a bola com força, que bateu em Maycon, caído no gramado. Gabriel não gostou e foi peitar o volante rubro-negro, que recebeu o cartão amarelo. SAI DA FRENTE! Aos 16 minutos do segundo tempo, Diego tentou passe para Paquetá, mas Anderson Daronco apareceu na frente da jogada. A bola bateu no árbitro, que, na sequência, marcou falta para o Corinthians e irritou os rubro-negros. PRIMEIRO TEMPO Nos primeiros 30 minutos quase só deu Flamengo. Atacado por todos os lados – Rodinei pela direita, Diego-Vinicius Junior pela esquerda e Paquetá pelo meio –, o Corinthians só fez segurar a pressão. A posse de bola rubro-negra bateu em 83%, mas, com muitos cruzamentos para a área, não virou gol. Foi justamente aos 30 que o Timão chegou com mais perigo, em chute de Jadson de fora da área, e o jogo mundou. O meia alvinegro sentiu a parte posterior da coxa direita e teve que sair. Roger passou a ocupar a área adversária, com Rodriguinho mais recuado, e as ações se equilibraram. SEGUNDO TEMPO A volta para a etapa final mostrou um panorama parecido: mesmo sem o ímpeto do início do jogo, o Flamengo jogava no campo de ataque. A questão era que a maioria das jogadas parava em Henrique Dourado. Aos 22 minutos, o centroavante deixou um cruzamento passar: foi a senha para a torcida rubro-negra se irritar de vez. Maurício Barbieri chamou Felipe Vizeu no mesmo instante e fez a troca no comando de ataque. Osmar Loss também tentou mudar, com Marquinhos Gabriel no lugar do Pedrinho, mas continuou pressionado. Aos 34 minutos, Walter fez grande defesa em chute de Paquetá, mas a bola sobrou para Vizeu abrir o placar.