Spigreen
Notícias recentes
Declaração pessoal de pobreza basta para garantir justiça gratuita, diz TST

Declaração pessoal de pobreza basta para garantir justiça gratuita, diz TST

access_time10/03/2020 08:09

A declaração pessoal de pobreza feita pelo autor da ação tem presunção veracidade, sendo suficiente

Comitiva esteve em Brasília para tratar de Regularização Fundiária

Comitiva esteve em Brasília para tratar de Regularização Fundiária

access_time26/06/2018 12:28

Uma comitiva de Novo Mundo esteve nos dias 19 e 20 de junho em Brasília no Palácio do Planalto com s

Supremo julga na quinta ações sobre prisão após segunda instância

Supremo julga na quinta ações sobre prisão após segunda instância

access_time14/10/2019 11:57

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, confirmou que o plenário da C

Notícias com a tag: indios

Índios mantém pelo 5º dia bloqueio nas BR-163 e 230 no Pará

access_time06/10/2020 08:24

Os povos indígenas das etnias Kayapó e Munduruku estão bloqueando a BR-163, no quilômetro 126, em Campo Verde, que é distrito de Itaituba e também a BR-230, em Itaituba -Pará, pelo 5º dia consecutivo. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a rodovia continua fechada nos dois sentidos, com aproximadamente 14 quilômetros de fila sentido Mato Grosso e 17 km sentido Itaúba/ Campo Verde. Os motoristas reclamam de falta de alimentação e água. Ontem, eles liberam a passagem, por algumas horas, e depois voltaram a bloquear as duas pistas. A passagem na 230 ficou liberada por 3h, depois foi retomado o bloqueio. Para hoje não foi informado previsão de liberação. Eles reivindicam o encerramento das operações de fiscalização de órgãos do Governo Federal no combate às atividades de garimpos ilegais e desmatamentos em áreas indígenas. O manifesto, iniciado na última sexta-feira, tem causado prejuízos para milhares de usuários da rodovia dentre eles carreteiros que transportam soja, milho e demais produtos, de diversos municípios do Nortão mato-grossense até portos em Miritituba e Santarém. No final do mês passado, houve bloqueio da 163, no quilômetro 332, na região de Novo Progresso contra o projeto da ferrovia Sinop-Miritituba, a “Ferrogrão” e durou três dias.

PF e PRF fazem operação para liberar rodovia em MT e prender 15 índios por cobrança de pedágio e extorsão

access_time12/06/2018 12:00

Uma operação foi deflagrada pela Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal nesta terça-feira (12), para cumprir 15 mandados de prisão contra indígenas da etnia Nambikwara e liberar trecho da BR-364, em Comodoro, a 677 km de Cuiabá. Os indígenas estão bloqueando trecho da rodovia para cobrar pedágio dos motoristas há mais de 40 dias. Parte dos mandados já foi cumprida, segundo a PRF. Cerca de 120 policiais federais e rodoviários federais, incluindo a tropa de choque da PRF, foram mobilizados para a operação, batizada de Via Líbero. Além disso, a atuação contou com o apoio do helicóptero da PRF e de ambulâncias para atender eventuais feridos. Operação cumpre mandados contra índios em MT (Foto: Reprodução) Os mandados foram expedidos pela 1º Vara da Justiça Federal de Cáceres, a 220 km de Cuiabá. Além dos mandados de prisão, a Justriça determinou buscas e apreensões e a remoção de todo material utilizado exclusivamente para cobrança ilegal do pedágio. A PRF informou que a operação foi necessária em razão da ocorrência de diversos crimes decorrentes da cobrança de ilegal do pedágio, entre eles extorsão. Os presos estão sendo encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal em Cáceres, que investiga o caso. Em maio, a 2ª Vara Federal de Cáceres já tinha determinado a desobstrução da via. À época, os índios foram retirados pela PRF, mas acabaram voltando para a rodovia e cobrando pedágio ilegalmente. Os índios da etnia Nhambikwara cobram entre R$ 10 e R$ 50 de cada motorista, que pretende passar pelo trecho do km 1243 da rodovia. Os índios cobram, entre outras coisas, melhorias no atendimento de saúde e nas estradas das aldeias.