Spigreen
Notícias recentes
Mulher e sobrinho de 15 anos são assassinados a tiros após saírem de audiência em fórum em MT

Mulher e sobrinho de 15 anos são assassinados a tiros após saírem de audiência em fórum em MT

access_time30/05/2018 08:21

Uma mulher e um adolescente foram assassinados a tiros nessa terça-feira (29) no Centro de Poconé, a

Homem é encontrado morto embaixo de ponte no Nortão

Homem é encontrado morto embaixo de ponte no Nortão

access_time29/08/2018 08:57

O corpo de um homem foi encontrado embaixo da ponte do rio Braço Sul, na BR-163, sentido ao estado d

"Tecnologia 5G será o assunto de 2021”, afirma Fábio Faria

access_time23/07/2020 07:48

Em visita às instalações da Empresa Brasil de Comunicação - EBC, o ministro das Comunicações, Fábio

Notícias com a tag: investimentos

Investimento em ouro dribla coronavírus e salta 27% em 2 meses

access_time09/03/2020 08:32

Os brasileiros que apostaram na valorização do ouro têm bons motivos para comemorar. Ativo seguro em momentos de crise, o metal precioso driblou o surto de coronavírus e já acumula valorização superior a 27% em 2020. Desde o início de janeiro, o preço da grama do ouro saltou de R$ 195,96 para R$ 249,08. No mesmo período, o Ibovespa, principal índice de ações do Brasil, desabou mais de 15% e fechou o pregão da última sexta-feira (6) abaixo dos 100 mil pontos pela primeira vez desde outubro do ano passado. "Quando o mercado de Bolsa está em queda, você provavelmente vai ter um cenário de baixa no exterior também e o ouro, com certeza, estará caminhando no sentido contrário”, afirma Mauriciano Cavalcante, gerente de câmbio da Ourominas, que define o metal como um “porto-seguro em tempos de crise”. O professor de Economia do Ibmec SP Walter Franco explica que a movimentação favorável ao ouro ocorre sempre em momentos de insegurança e falta de clareza sobre o crescimento econômico. “É necessário compreender que o ouro é um ativo seguro”, observa. De acordo com Franco, a alta recente do dólar ante o real é outro fator ligado à valorização do ouro, que tem seu preço definido internacionalmente. “A alta que eu esperava já veio”, destaca ele, que já previa uma necessidade de reajuste no valor do metal. Como investir? Além de comprar barras de ouro, os interessados em aplicar parte de seus recursos no metal precioso têm a opção também de comprar contatos do ativo na Bolsa de Valores (OZ1D) ou apostar em fundos de investimentos atrelados ao ouro. Franco afirma que o ouro deve ser tratado apenas como um instrumento de diversificação de investimento e orienta a compra sempre daquele ativo que tenha mais liquidez. “Existe a opção de vocês comprar uma barrinha de ouro, mas é algo que tem uma liquides muito baixa. O ideal é você ter ativos indexados em ouro, que podem ser negociados de forma mais líquida", recomenda o professor do Ibmec SP. Cavalcante alerta também para a volatilidade do mercado de ouro e afirma que “não se pode ficar brincando muito”.