Banner Outras
Notícias recentes
Lollapalooza Brasil é adiado para dezembro de 2020 por causa do coronavírus

Lollapalooza Brasil é adiado para dezembro de 2020 por causa do coronavírus

access_time14/03/2020 07:27

O Lollapalooza Brasil, festival que aconteceria nos dias 3, 4 e 5 de abril no Autódromo de Interlago

Edital de convocação de posse 005/2018

Edital de convocação de posse 005/2018

access_time11/05/2018 15:22

PREFEITURA MUNICIPAL DE PEIXOTO DE AZEVEDO CONCURSO PÚBLICO Nº. 001/2016 EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Brasil abrirá mão de direitos na OMC para ingressar na OCDE

Brasil abrirá mão de direitos na OMC para ingressar na OCDE

access_time20/03/2019 07:43

O presidente Jair Bolsonaro concordou que o Brasil abra mão do tratamento diferenciado que os países

Notícias com a tag: minerio

ABRAMP cria programa de auxílio para garimpeiros regularizarem atividade

access_time17/03/2020 17:27

O garimpo de metais preciosos movimenta parte importante da economia brasileira. Segundo estimativas da ABRAMP – Associação Brasileira de Metais Preciosos – o país produz cerca de 81,2 toneladas por ano. Para contribuir com o desenvolvimento desse setor, a ABRAMP criou um programa especial de apoio para que os garimpeiros possam regularizar suas áreas de extração. O objetivo é facilitar a esses trabalhadores o acesso às certidões, comprovações, relatórios e documentações para que ele possa desenvolver o seu trabalho dentro da legislação, com tranquilidade. Atualmente, para se ter um garimpo legalizado, é preciso requerer o local do garimpo através de uma PLG - Permissão de Lavra Garimpeira. A burocracia que envolve essa área é muito grande e acaba desestimulando os trabalhadores. Para a obtenção da PLG, a ABRAMP ajuda o garimpeiro em todas as etapas do processo, desde o requerimento ANM, até as licenças ambientais e Permissão de Lavra Garimpeira. Tudo de modo prático e sem que o trabalhador perca tempo ou corra o risco de não ter aprovado o seu requerimento. A Associação reforça a importância dos garimpeiros legalizarem suas áreas, principalmente em função do Brasil de hoje, no qual as áreas de garimpo estão no foco das autoridades. Entre os muitos benefícios de regularizar as atividades, está o fato de poder trabalhar com tranquilidade e segurança. Os garimpeiros interessados em conhecer mais detalhes do programa da ABRAMP, podem entrar em contato direto com a entidade através do WhatsApp (93) 99144-9711. Visite nosso site: http://www.abramp.org.br/ Curta Nossa Pagina: https://www.facebook.com/associacaoabramp/ Contato: atendimento@abramp.org.br (11) 3271-6652 / WhatsApp: (93) 99144-9711

Coogavepe tem 1ª presidente mulher

access_time05/03/2020 11:00

Solange Luizão Barbuio Barbosa, 50 anos, é a primeira mulher a assumir a presidência da Cooperativa de Garimpeiros do Vale do Rio Peixoto (Coogavepe). Ela foi eleita na Assembleia Geral da Cooperativa, realizada no dia 01 de março, na sede da cooperativa, no município de Peixoto de Azevedo. A votação teve 131 votos favoráveis e um contrário a chapa única. Solange Barbuio substitui Gilson Camboim, que esteve na presidência nos últimos seis anos. “A Coogavepe mostra em todo esse processo, o grau de amadurecimento que se encontra. Não só pela eleição da primeira mulher, mas de seus resultados econômicos, social e ambiental”, disse o presidente do Sistema OCB/MT, Onofre Cezário de Souza Filho, que participou da Assembleia da Cooperativa, em Peixoto de Azevedo. Cezário acrescenta, que “a eleição de Solange Barbuio é um grande exemplo e inspiração para as demais cooperativas, não só de Mato Grosso, mas para o Brasil. Ela foi eleita por mérito, por conhecer muito bem a cooperativa e seus cooperados. Certamente a Coogavepe vai continuar crescendo”. Solange Luizão Barbuio Barbosa é a primeira mulher a assumir a presidência da Cooperativa de Garimpeiros do Vale do Rio Peixoto, que conta com 5.630 cooperados. Solange é casada há 33 anos com Rildo Manoel Barbosa, mãe de Pâmela e Patrícia Luizão Barbosa, é natural de Fernandópolis-SP. Mudou-se para Peixoto de Azevedo em agosto de 2002 e, desde essa época, construiu uma rica trajetória de serviços em prol à educação, cidadania e desenvolvimento do município. Quando chegou em Peixoto encarou o primeiro desafio: garantir o ensino às filhas. Devido à falta de profissionais, elas ficaram 40 dias sem aulas da disciplina de história. Indignada, e mãe zelosa que é, Solange procurou a direção da Escola Estadual “19 de Julho” para saber os motivos da falta de aulas. A coordenadora pedagógica da época, professora Nelci Maria Teresinha, informou que não havia nenhum professor pleiteando a vaga e, por este motivo, os alunos estavam sem a disciplina de história. Participando de um projeto do governo, que na época era intitulado “Amigos da Escola”, Solange assumiu as aulas. Posteriormente, lecionou a mesma disciplina na Escola Particular “Sementinha” (2003-2005). Foi assim que ela iniciou sua trajetória na cidade de Peixoto de Azevedo. Após os serviços na área da educação, trabalhou como secretária da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, também em Peixoto, por três anos. Lá integrou a diretoria da comunidade e participou do processo de construção do Salão Comunitário João Paulo II. Atualmente, continua participando de pastorais da Igreja Católica. No ano de 2008, atuou no site de notícias “Peixoto On-Line”, período em que foi convidada para participar da equipe de coordenação de campanha do médico e garimpeiro Sinvaldo Santos Brito para prefeito. Após a eleição de Sinvaldo, em janeiro de 2009, assumiu como Chefe de Gabinete, cargo que ocupou até fevereiro de 2014. Na sequência, foi nomeada Secretária Municipal de Administração, a primeira mulher a ocupar este cargo em mais de 30 anos de emancipação da prefeitura de Peixoto de Azevedo, onde pôde deixar como grande contribuição para o município a Lei do Plano Diretor da Cidade. Com o encerramento do mandato, em 2016, Sinvaldo convidou Solange para trabalhar na Coogavepe como Diretora Financeira, cargo que assumiu desde março de 2017. “Desde então passei a conhecer melhor a atividade do garimpo e me apaixonei pela mesma, vindo a me filiar na cooperativa e fazer parte desse projeto maravilhoso que é o trabalho em prol da melhoria na atividade de extração mineral do ouro e da qualidade de vida dos garimpeiros”, relatou Solange. Ela assume a presidência nos próximos 3 anos ao lado do vice-presidente Marco Antônio Reis de Souza (Brabinho); o 1º secretário José Antônio da Silva Filho (Ló); 2º secretário Claudio André Loesia (André Compra de Ouro); 1º tesoureiro Jorge Silva Oliveira (Jorge Santarém) ; e 2º tesoureiro Juliano André Bonete Guindani (Juliano da Guimap). No Conselho de Ética são titulares: Sinvaldo Santos Brito; Gerson Strege; e Francisco da Conceição Lima (Pé de Maraca); e suplentes Geraldo Fonseca (Geraldinho da Cuamba); André Luiz Faquete; e Valdecir Alves da Costa (Gauchinho).