Spigreen
Notícias recentes
OMS alerta para epidemia de DSTs na era dos aplicativos de encontros

OMS alerta para epidemia de DSTs na era dos aplicativos de encontros

access_time07/06/2019 09:20

A Organização Mundial de Saúde (OMS) fez um alerta nesta quinta-feira (6) para a falta de progresso

Ministério vai criar comissão contra o crime organizado

Ministério vai criar comissão contra o crime organizado

access_time20/07/2018 15:47

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou hoje (20) que será criada uma Comissão Nacio

Coronavírus: Bolsonaro edita MP que permite suspensão de contrato de trabalho por 4 meses

Coronavírus: Bolsonaro edita MP que permite suspensão de contrato de trabalho por 4 meses

access_time23/03/2020 07:06

O presidente Jair Bolsonaro editou uma medida provisória, publicada em edição extra do Diário Oficia

Notícias com a tag: porno

Indústria pornô amplia audiência com isolamento devido ao coronavírus

access_time23/03/2020 07:01

Além de cursos online e aulas no Instagram, os brasileiros estão ocupando o seu tempo de quarentena em sites pornôs. A prova disso é que os canais estão registrando um aumento no número de acessos e assinaturas. O número de visitas do Sexy Hot aumentou 31% no período de 14 a 19 de março, se comparado aos dias 7 e 12 do mesmo mês. O número de usuários também subiu 25% no período acima e a quantidade de vídeo views aumentou 15%. A plataforma decidiu disponibilizar 10 filmes nacionais e internacionais no site e nos canais por assinatura. "Queremos colaborar com a permanência das pessoas em casa, oferecendo mais opções de entretenimento e conteúdo de qualidade", explica a diretora-geral do Grupo Playboy do Brasil, Cinthia Fajardo. Mais assinaturas Nesta semana, a produtora de vídeo Brasileirinhas chegou a duplicar o número de assinaturas por dia. “Nossa média sempre foi de 300 assinaturas por dia, mas desde terça está chegando a 600”, afirmou Clayton Nunes, CEO da produtora, ao G1. Quando perguntado se pretende disponibilizar filmes gratuitos ou fazer alguma ação para este período de coronavírus, Nunes é categórico. "Sou contra pornografia gratuita, porque acho que isto é para quem tem renda. Disponibilizando gratuitamente crianças e adolescentes irão ter acesso", explica. Nunes explica que o consumo de conteúdo adulto se concentra nas horas vagas, por isso é o normal que o consumo aumente na quarentena. "Como as pessoas estão de quarentena é natural que o consumo aumente. O tempo livre causa esse comportamento", afirma. Aumento global Não é só no Brasil que as pessoas têm procurado mais esses sites. O Porn Hub, um dos mais famosos sites do entretenimento adulto do mundo, registrou um aumento global de acessos. A empresa até disponibilizou um especial de dados sobre consumo na época de coronavírus em seu site de resultados. No nível global, o número de acessos tem aumentado diariamente. Na terça-feira (17), o gráfico registrava o aumento de 11,6% em comparação a um dia médio, segundo o Porn Hub. Desde o dia 12 de março, o gráfico que mostra os acessos no Brasil também aumentam. Na última terça, o tráfego no site era 13,1% maior que um dia normal.

Site pornô dobra assinaturas em meio a pandemia de coronavírus

access_time19/03/2020 10:34

Enquanto inúmeros setores tentam reduzir gastos e danos causados pela pandemia do novo coronavírus, há quem esteja se beneficiando com situação. Segundo informações de Ricardo Feltrin, o site da Brasileirinhas, maior produtora de filmes pornôs do Brasil, dobrou o número de assinaturas habituas desde segunda-feira (16). Na semana passada houve uma média de 312 novas assinaturas. Na segunda (16) e na terça (17) esse número passou para mais de 600. Já na quarta (18), até 12h, o site da Brasileirinhas já tinha recebido 295 novos assinantes. Mas não é apenas no Brasil que a indústria pornô ganhou destaque. Na Itália, o site Pornhub liberou acesso ao conteúdo premium para todos os italianos. O país é um dos mais afetados pelo novo coronavírus.