Kurupí
Notícias recentes
Convite para teatro educação para o trânsito em Peixoto de Azevedo

Convite para teatro educação para o trânsito em Peixoto de Azevedo

access_time19/02/2019 09:54

Espetáculo Teatral na Praça Central de Peixoto de Azevedo. Compareça, será gratuito. Projeto ZABI

Hoje (15) haverá sessão ordinária na Câmara de Vereadores de Peixoto

Hoje (15) haverá sessão ordinária na Câmara de Vereadores de Peixoto

access_time15/10/2018 12:58

O presidente da Câmara e os Vereadores convidam toda população, para acompanharem a sessão Ordinária

ANP faz hoje 3º leilão do ano e pode arrecadar mais R$ 7,8 bi em bônus

ANP faz hoje 3º leilão do ano e pode arrecadar mais R$ 7,8 bi em bônus

access_time07/11/2019 08:47

Pela segunda vez esta semana, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) re

Notícias com a tag: saopaulo

Retrospecto negativo em clássicos fora de casa assombra o São Paulo

access_time17/02/2019 10:28

Neste domingo, às 18h, pela sétima rodada do Paulistão, o São Paulo vai a Itaquera pela décima vez tentar sua primeira vitória sobre o Corinthians na nova casa do rival. Mas não é apenas o retrospecto de seis derrotas e três empates por lá que atormenta o São Paulo em uma semana turbulenta como essa, de eliminação na Copa Libertadores e troca de comando. Quando o assunto é clássico como visitante, no últimos dez anos, o desempenho do Tricolor é pífio. São 59 partidas, com sete vitórias, 14 empates e 38 derrotas. O rendimento de 19,7% que aponta o levantamento feito por Alexandre Giebrecht, do site Jogos do São Paulo, resume o que tem sido a vida do Tricolor em clássicos ultimamente. O fato novo para o duelo deste domingo é a troca de comando. A queda precoce para o Talleres, da Argentina, na Libertadores, fez a diretoria afastar André Jardine, que vai seguir em outra função. A nova contratação para o cargo foi Cuca, mas o treinador só poderá assumir no dia 15 de abril, por conta de um tratamento no coração. O coordenador técnico Vagner Mancini, então, será o interino. E Mancini tem um desempenho na Arena Corinthians melhor que o do São Paulo. Veja aqui como é o retrospecto do treinador em jogos contra o rival do Tricolor. A provável escalação do Tricolor é: Tiago Volpi; Igor Vinicius, Arboleda, Bruno Alves (Anderson Martins) e Reinaldo; Willian Farias, Hudson (Luan) e Hernanes; Everton, Pablo e Antony (Nenê).

Da euforia à frustração: São Paulo fica para trás em briga por título e retoma planejamento inicial

access_time22/10/2018 07:08

O São Paulo foi da euforia à frustração no Brasileirão e agora ficou para trás na briga pelo título – principalmente depois do empate sem gols com o Atlético-PR, sábado, no Morumbi. Apesar de a expectativa por uma possível conquista ter sido tratada com cautela, houve empolgação natural da torcida diante das rodadas na liderança. Hoje, no entanto, o São Paulo soma 53 pontos, vê o líder Palmeiras abrir vantagem rodada a rodada e concentra esforços para não perder a vaga direta na Taça Libertadores de 2019. Agora, são nove pontos atrás do rival, que venceu o Ceará neste domingo. A frustração da torcida com o papel de coadjuvante do São Paulo na disputa do título do Brasileirão não é completamente compartilhada nos bastidores. Isso porque o planejamento inicial era reconstruir o time depois de fugir do rebaixamento, em 2017, e montar um elenco forte para brigar pelo troféu do Brasileirão de 2019. Ou seja, o resultado veio seis meses antes do esperado, pois a equipe liderou o campeonato. A avaliação interna é de que o São Paulo tem um bom time, mas com um elenco sem tantas boas opções para repor as peças. Na visão do capitão Hudson, por exemplo, houve um baque por pontos perdidos. O time campeão do primeiro turno hoje é o quarto lugar e não vence há cinco jogos. – A gente criou o sonho para o torcedor. Quando começou o Brasileiro, lá na primeira ou segunda rodada, o torcedor não acreditaria que o São Paulo poderia brigar pelo título. E a gente colocou o São Paulo nessa posição, de brigar pelo titulo. Então acho que é uma responsabilidade nossa. Não gostamos de euforia e expectativa. Isso não ajuda em nada no futebol. Estamos evitando isso – disse Hudson na semana passada, antes do duelo com o Furacão. O desempenho do São Paulo (venceu uma partida das últimas nove) também refletiu nas arquibancadas. Após oito jogos seguidos com públicos superiores a 40 mil torcedores, o Tricolor jogou para 13.053 pessoas no Morumbi. Morumbi recebeu público de 13 mil pessoas para São Paulo x Atlético-PR — Foto: Marcos Ribolli