anuncie aqui vermelho
Notícias recentes
Arqueólogos encontram materiais pré-coloniais que provam que ancestrais habitaram em MT há 9 mil anos

Arqueólogos encontram materiais pré-coloniais que provam que ancestrais habitaram em MT há 9 mil anos

access_time14/07/2021 17:25

Arqueólogos do Museu do Vale do Arinos encontraram materiais pré-colonias, no fim de junho deste ano

Cerca de 200 jacarés são transportados no Pantanal de MT para evitar canibalismo e mortes

Cerca de 200 jacarés são transportados no Pantanal de MT para evitar canibalismo e mortes

access_time21/09/2021 07:13

Ameaçados com a seca severa, jacarés estão sendo transportados de uma lagoa para outra por garantia

Final de semana tem motocross em Peixoto de Azevedo, dias 15 e 16 os motores vão roncar

Final de semana tem motocross em Peixoto de Azevedo, dias 15 e 16 os motores vão roncar

access_time13/06/2019 10:24

Dando continuidade na programação do aniversário do município que completou 33 anos no último dia 13

Notícias com a tag: silo

Morre no hospital em Sinop terceiro soterrado em silo no Nortão

access_time14/05/2021 08:24

Morreu, ontem, no Hospital Regional de Sinop, Francisco das Chagas de Abreu de Souza, de 22 anos. Segundo o médico plantonista, Francisco chegou transferido do Hospital Regional de Sorriso com trauma fechado em tórax e abdómen, teve uma parada cardiorrespiratória e não respondeu as manobras de ressuscitação. Ele é a terceira vítima de um soterramento ocorrido na última segunda-feira (10), em um silo de grãos localizado em uma fazenda a cerca de 40 quilômetros de Nova Ubiratã.  O trabalhador foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para a unidade médica em Sorriso. No entanto, não resistiu e veio a óbito. O corpo deve ser levado para o Instituto Médico Legal (IML) e ainda não há informações sobre procedimentos fúnebres.  Francisco Chagas foi o primeiro a ser soterrado no acidente de trabalho, quando tentava pegar um objeto que havia caído do telhado. Francisco Neves da Silva, de 36 anos, e Fernando Carvalho dos Santos, de 32, tentaram resgatar o colega, mas também acabaram sendo soterrados e morreram ainda no local.  O sargento Morais do Corpo de Bombeiros explicou, anteriormente, que, “na averiguação do local, foi constatado que havia mais trabalhadores e, na busca, descobriu-se que três estavam soterrados. Após avaliação, a equipe começou a trabalhar. Era um local de risco. Tivemos que fazer amarrações para fazer a retirada dos corpos”.  Morais ainda disse que “uma das vítimas gritou por socorro. Começamos a falar que o Corpo de Bombeiros estava no local e ele ficou emocionado. Não podíamos ficar se movimentando porque poderia soterrar mais”. Os bombeiros encontraram Francisco Chagas que recebeu oxigênio ainda no local. “Ele contou que manteve a calma e a boca fechada. As duas vítimas que estavam sobre ele criaram uma barreira. (Ele) disse que os amigos começaram a se desesperar e gritar, foi o momento em que perderam a vida. Quando chegamos ao local, estavam aproximadamente a uns quatro metros”. Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, os trabalhadores não estavam utilizando equipamentos de segurança.

Dois morrem ao tentar salvar colega em silo em MT

access_time11/05/2021 14:00

Dois homens, identificados como Francisco Neves da Silva, 36 anos, e Fernando Carvalho dos Santos, 32, morreram na tarde de segunda-feira (10) após tentar socorrer um colega que foi soterrado por soja em um silo localizado em uma fazenda próxima a Nova Ubiratã. O terceiro homem foi socorrido com vida. O trabalho de resgate durou mais de oito horas. Os corpos dos dois jovens só foram retirados do local na madrugada desta terça-feira.  De acordo com o Corpo de Bombeiros, o sobrevivente tentou pegar um objeto que havia caído do telhado e acabou sendo soterrado. Os dois colegas dele presenciaram a cena e tentaram ajudar, mas acabaram sendo soterrados também. Ainda segundo os militares, os funcionários não utilizavam equipamentos de segurança no momento do acidente. O sobrevivente foi resgatado após gritar pedindo por socorro. Ele recebeu os primeiros socorros e oxigênio ainda no local do acidente. Os corpos das vítimas foram localizados soterrados a aproximadamente quatros metros abaixo da carga de soja. A Polícia Civil acompanha o caso.