anuncie aqui
Notícias recentes
Passageiro é detido em MT com 12 mil comprimidos de remédio e Viagra proibidos no país

Passageiro é detido em MT com 12 mil comprimidos de remédio e Viagra proibidos no país

access_time27/08/2018 09:06

Uma carga com mais de 12 mil comprimidos de remédios e tipos de Viagra foi apreendida durante a manh

Sem transporte para animais, 80% das indústrias frigoríficas paralisam atividades

Sem transporte para animais, 80% das indústrias frigoríficas paralisam atividades

access_time25/05/2018 14:19

Cerca de 80% das indústrias frigoríficas de Mato Grosso paralisaram as atividades no estado em decor

Estados do Bloco V iniciam debate das ações do Plano Estratégico da Febre Aftosa

Estados do Bloco V iniciam debate das ações do Plano Estratégico da Febre Aftosa

access_time20/06/2018 09:17

Maio de 2021, esse é o período em que deverá ser realizada a última campanha de vacinação contra a f

Notícias com a tag: varzeagrande

Câmeras de motel flagram casal chegando junto e ex-marido saindo sozinho após mulher ser assassinada em quarto; veja vídeo

access_time26/10/2018 10:47

Imagens do circuito interno de segurança de um motel em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, mostram Laurinei Ferreira de Souza e Bianela Mylla Dias da Silva, de 30 anos, chegando de carro ao estabelecimento às 13h58 de quarta-feira (24) e, cerca de 2 horas depois, ele deixando o local sozinho. Ela foi assassinada a facadas dentro do quarto em um crime, que, segundo a polícia, teria sido premeditado por Laurinei, que é ex-marido da vítima. Logo depois do crime, o suspeito do assassinato, que está foragido, ligou para uma vizinha da vítima dizendo que tinha cumprido com o que havia prometido. "Foi ele mesmo que ligou para uma vizinha da vítima e relatou que teria tirado a vida dela e contou inclusive o local que os familiares foram os primeiros a chegarem no estabelecimento", disse a a delegada Janira Laranjeira Siqueira Campos, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). "Laurinei pagou a conta do estabelecimento e disse que a mulher iria aguardar um Uber, que iria buscá-la e ele saiu a pé. É possível verificar que ele acionou o Uber pelo celular da vítima, mas para sair ele cancelou a chamada do Uber talvez para ocultar o seu paradeiro", disse a delegada. Bianela Dias da Silva, 30 anos, foi morta em quarto de motel — Foto: Facebook/Reprodução A vítima foi encontrada morta dentro no quarto do motel com marcas de facadas. Estava com um corte profundo no pescoço e evidências de que teria sofrido também esganadura. Provavelmente, segundo a Polícia Civil, que investiga o crime, eles estavam separados havia dois meses e teriam ido ao motel em uma tentativa de reconciliação. No entanto, a polícia apura se ela teria sido forçada pelo ex-marido a ir até o motel com ele. Ela tinha medidas protetivas contra o ex-marido. Segundo a família da vítima, os casos de violência eram recorrentes. A irmã de Bianela, Janaína da Silva Santos, disse, no velório da vítima, que Laurinei costumava dizer que, se ela não ficasse com ele, não ficaria com mais ninguém. "Ele dizia que se ela não fosse dela não seria de mais ninguém, que não aceitaria a separação e que iria matá-la, a todo momento a ameaçava", contou.

Loja é fechada após ser roubada sete vezes e empresário coloca faixa em protesto por falta de segurança em MT

access_time17/10/2018 06:53

Uma loja no centro de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, fechou na terça-feira (9) e o proprietário do local colocou uma faixa na frente do comércio alegando falta de segurança na região. Segundo o gerente Mário Goes, a loja foi roubada sete vezes no período de 1 ano e 3 meses. A faixa foi colocada nessa segunda-feira (15) e diz 'Mais uma loja fechada por falta de segurança pública em Várzea Grande'. O último roubo no comércio aconteceu no dia 1° deste mês. Os bandidos quebraram a parede da loja e roubaram cerca de R$ 70 mil em mercadorias. “Em roubos anteriores eles já haviam quebrado três vitrines, então o proprietário resolveu colocar grades em todas as portas. Depois disso, eles quebraram a janela do banheiro, onde foi colocado grade, em seguida. Já no sétimo roubo quebraram a parede”, contou. O comandante regional da Polícia Militar, Marcos Sovinsk, informou que o policiamento em área comercial é feito constantemente. “Na região central é onde se concentra as maiores ocorrências de roubos. O policiamento é feito tanto durante o dia quanto à noite”, disse. De acordo com Mário, comerciantes da região reclamam da falta de segurança. Ele diz que outros estabelecimentos também já foram fechados por esse motivo. “Diante da realidade dos roubos, uma lanchonete próxima a loja também foi fechada. O proprietário ainda foi resistente, tentou de tudo para manter a loja aberta, mas ele cansou”, disse. Investigação A Polícia Civil informou que os casos de roubos ocorridos na loja estão sendo investigados pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG) e que alguns envolvidos já foram identificados. A investigação busca ainda identificar membros de associações criminosas envolvidas em crimes de roubos e furtos em comércios do município. Conforme os dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), entre janeiro e agosto deste ano, mais de 170 roubos foram registrados em comércios, em Várzea Grande. A região central concentrou o maior número de roubos em comércios, sendo 30 registrados. Em seguida, foi o Bairro Cristo Rei com 12 roubos.