anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Polícia Civil prende autor de furto e recupera moto subtraída em Paranaíta

Polícia Civil prende autor de furto e recupera moto subtraída em Paranaíta

access_time29/02/2024 10:17

Uma motocicleta furtada em Paranaíta, foi recuperada pela Polícia Civil. O autor do crime foi identi

Rotam mata dois suspeitos de envolvimento na morte de sargento

Rotam mata dois suspeitos de envolvimento na morte de sargento

access_time26/01/2024 21:32

Foram mortos, na noite desta sexta-feira (26), em confronto com a Rotam, em Rondonópolis, dois crimi

Homem espanca e esfaqueia a esposa e o filho de 11 anos em MT

Homem espanca e esfaqueia a esposa e o filho de 11 anos em MT

access_time07/09/2023 16:56

Uma mulher de 32 anos e o filho dela, de 11 anos, foram espancados e esfaqueados nessa quarta-feira

Brasil perde para a Argentina, afunda na crise e sofre sua 1ª derrota como mandante na história das Eliminatórias
Argentina venceu o Brasil em pleno Maracanã
Foto por: DHAVID NORMANDO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Brasil perde para a Argentina, afunda na crise e sofre sua 1ª derrota como mandante na história das Eliminatórias

Seleção brasileira demonstra nervosismo, desperdiça chances e sofre gol em bola parada; Albicelste segue na liderança

access_time22/11/2023 07:50

seleção brasileira voltou a decepcionar nesta terça-feira, 21, ao ser derrotada pela Argentina, em pleno Maracanã, em partida válida pela sexta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo 2026. Em jogo que começou com atraso de cerca de 30 minutos por causa de uma confusão nas arquibancadas, o Brasil demonstrou nervosismo nos minutos iniciais e cometeu um excesso no número de faltas. Após o clima apaziguar, o time do treinador Fernando Diniz até conseguiu se impor e criou três chances claras, mas não conseguiu aproveitá-las. Mesmo sem grande inspiração de Lionel Messi e seus companheiros, a Albiceleste conseguiu um gol através de uma cobrança de escanteio, com o zagueiro Nicolás Otamendi. Com o resultado, a Canarinho perde sua primeira partida como mandante na história das Eliminatórias, disputada desde 1954. A Amarelinha também amarga seu terceiro revés seguido, caindo para o sexto lugar, com apenas 7 pontos. Já a Argentina vai aos 15 pontos e permanece no primeiro lugar, com dois de vantagem para o Uruguai.

Início tenso e com poucas chances

As duas seleções parecem ter levado a tensão das arquibancadas para dentro de campo. Nervoso, o Brasil cometeu faltas duras, com entradas fortes e até tapas na cara – Raphinha, Gabriel Jesus e Carlos Augusto foram punidos com amarelos. Os “hermanos”, por sua vez, não aliviaram e também cometeram algumas infrações ríspidas. Com a bola rolando, apenas duas chances foram criadas, ambas do lado brasileiro. Em cobrança de falta, Raphinha caprichou, mas viu a bola resvalar na barreira e sair pela linha de fundo. Já aos 43 minutos, Gabriel Martinelli acertou um chute potente de dentro da área, mas viu Romero tirar quase em cima da linha. Pouco inspirada, a atual campeã mundial não chegou com perigo.

A bola pune

A Canarinho voltou melhor do intervalo e voltou a incomodar com Martinelli. Desta vez, o atacante recebeu de Gabriel Jesus e bateu rasteiro, mas parou em Emiliano Martínez. Cinco minutos depois, o ditado “Quem não faz, toma” prevaleceu no Maracanã. Em cobrança de escanteio de Lo Celso, o zagueiro Nicolás Otamendi subiu mais que os marcadores brasileiros e testou no ângulo, sem chances para Alisson. Precisando mudar o placar, o técnico Fernando Diniz promoveu alterações, colocando Endrick, Joelinton e Raphael Veiga em campo. As substituições não deram certo. Pior do que isso, o árbitro viu uma agressão de Joelinton em De Paul, expulsando o meio-campista da Amarelinha aos 39 minutos. Experiente, a equipe visitante apenas “cozinhou” o jogo, esperando o apito final.





Por: Jovem Pan

Outras notícias

Comentários