anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Moraes dá 48 horas para Torres explicar por que entregou senhas erradas à PF

Moraes dá 48 horas para Torres explicar por que entregou senhas erradas à PF

access_time28/04/2023 14:58

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu ao ex-secretário de Segu

Yasmin Brunet posta foto e provoca: ‘Tá na minha mão’

Yasmin Brunet posta foto e provoca: ‘Tá na minha mão’

access_time24/04/2023 09:52

A modelo Yasmin Brunet arrancou elogios de seus seguidores após postar uma foto usando um biquíni ve

Tribunal de Justiça define lista tríplice do Ministério Público para vaga de desembargador

Tribunal de Justiça define lista tríplice do Ministério Público para vaga de desembargador

access_time18/12/2023 18:34

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso elegeu nesta segunda-feira (18) os três nomes da lista encaminh

Oposição não descarta judicializar briga por comissões no Senado
Nos bastidores, integrantes da Vanguarda defendem a criação de novas comissões para que, assim, eles consigam o controle dos colegiados | Foto: Reprodução/Senado

Oposição não descarta judicializar briga por comissões no Senado

access_time09/03/2023 12:10

O bloco Vanguarda, da oposição no Senado, não descarta a possibilidade de judicializar a briga pelas comissões na Casa. Na quarta-feira 8, os colegiados começaram a ser instalados com a eleição dos presidentes de cada comissão. A oposição, contudo, não ficou com o comando de nenhuma. O bloco é formado pelo PL, PP, Novo e Republicanos.

“É a democracia que diz que a Casa legislativa precisa ter a representação partidária de todas as siglas”, declarou o senador Carlos Portinho (PL-RJ), líder do PL, nesta quinta-feira, 9. “É muito ruim quando 23 senadores ficam de fora da presidência das comissões. Tudo tem um tempo de maturação e articulação e me parece que falta consenso. Na ausência do consenso, como há uma violação de uma questão constitucional, isso tem que ser discutido no foro apropriado. Ontem, ficou bem claro que judicializar é uma alternativa. Vamos seguir o caminho legal com a Constituição.”

Nos bastidores, integrantes da Vanguarda defendem a criação de novas comissões para que, assim, eles consigam o controle dos colegiados. Algumas sugestões foram apresentadas, como: Minas e Energia, Jogos Eletrônicos, Aposta Esportiva e Lei Geral do Esporte. A Câmara dos Deputados escolheu o mesmo caminho, criando novas comissões para abarcar a maioria dos deputados.

Interpelado sobre se criaria novas comissões, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), disse: “Há esta pretensão, mas, por ora, não decidimos isso ainda. Vamos fazer essa avaliação”. Nesta manhã, a oposição se reuniu com o senador mineiro para chegar a um consenso sobre o tema. No entanto, a questão ainda não foi resolvida.

Os presidentes eleitos nas comissões do Senado são, em maioria, de partidos de centro e da base do governo Lula. Além disso, todos apoiaram a reeleição de Pacheco à presidência do Senado. Na disputa, a oposição apoiou o senador Rogério Marinho (PL-RN), aliado do ex-presidente Jair Bolsonaro e, agora, líder da oposição.





Por: No Ponto / Revista Oeste

Outras notícias

Comentários