anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Advogado que defende autor de chacina está consciente e fora de risco após cirurgia

Advogado que defende autor de chacina está consciente e fora de risco após cirurgia

access_time24/03/2023 11:11

O advogado Marcos Vinícius Borges, 37 anos, que foi baleado dentro do escritório dele, na Avenida Dr

PT usa Zé Gotinha para pedir dinheiro e novos filiados

PT usa Zé Gotinha para pedir dinheiro e novos filiados

access_time09/05/2023 14:11

O PT usou o Zé Gotinha para pedir dinheiro à legenda, nesta terça-feira, 9. “Já perceberam que o Zé

Lula critica militares

Lula critica militares

access_time10/01/2023 08:19

O presidente Lula subiu o tom com os militares, durante uma reunião com governadores e outras autori

Filha de investigador morto pelo genro é investigada por envolvimento no assassinato
O corpo de Derli José Alves foi achado na quinta-feira (23)

Filha de investigador morto pelo genro é investigada por envolvimento no assassinato

Mulher foi ouvida e teve o aparelho celular apreendido pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)

access_time24/02/2023 08:09

A filha do investigador Derli José Alves, 56 anos, - que não teve a identidade divulgada - está sendo investigada por suposto envolvimento na morte do pai, em Cuiabá. O corpo da vítima foi encontrado na tarde de quinta-feira (23), na região do Sucuri.

O genro do policial, Hernandes Lima de Siqueira, 25 anos, já foi preso e confessou participação no crime. A esposa de Derli também foi baleada na cabeça e está internada.

O policial civil estava desaparecido desde a manhã de terça-feira (21), da propriedade onde morava, no Parque Itaguaí, localizado na Rodovia Emanoel Pinheiro.

Inicialmente, a PJC foi acionada para atender uma ocorrência envolvendo o furto de uma caminhonete Hilux, que pertence ao policial. No entanto, o irmão da vítima procurou a Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e comunicou que sua cunhada tinha sido atingida por disparos de arma de fogo na chácara e que estava internada.

Pouco antes de ser socorrida, ela conseguiu avisar familiares por meio de áudios que na terça-feira, ela foi até um barracão da propriedade e viu o genro do policial lavando as mãos sujas de sangue.

E que ao questioná-lo sobre o que tinha acontecido, Hernandes sacou uma arma e desferiu dois tiros na cabeça dela.

Na quinta-feira, quando se apresentou à DHPP o criminoso confessou o crime e indicou o local onde tinha desovado o corpo de Derli.

Em depoimento ao delegado Caio Fernando Albuquerque, ele afirmou que contou com apoio de uma pessoa no crime. A filha do investigar foi interrogada e teve o aparelho celular apreendido para perícia.

Hernandes por sua vez, foi autuado em flagrante pelos crimes de roubo seguido de morte consumado, tentativa de homicídio qualificada e ocultação de cadáver.





Por: DAFFINY DELGADO DO REPÓRTER MT

Outras notícias

Comentários