anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Jogador denuncia tentativa de manipulação em partida da Copinha 2024; Polícia Civil indicia aliciador

Jogador denuncia tentativa de manipulação em partida da Copinha 2024; Polícia Civil indicia aliciador

access_time11/01/2024 07:06

Uma partida da Copa São Paulo de Futebol Júnior, a Copinha, sofreu tentativa de manipulação de resul

Tio que estuprou e matou sobrinha é indiciado por homicídio, ocultação de cadáver e estupro

Tio que estuprou e matou sobrinha é indiciado por homicídio, ocultação de cadáver e estupro

access_time28/09/2023 15:29

O delegado Getúlio Daniel indiciou José Marcos da Silva Lima, 29 anos, pelos crimes de homicídio qua

População precisa fazer uso consciente ou vai faltar água em Colíder

População precisa fazer uso consciente ou vai faltar água em Colíder

access_time14/11/2023 14:42

A pouca quantidade de chuvas e a grande onda de calor tem causado preocupação em Colíder, com um pos

Moraes libera 137 manifestantes presos
Moraes autorizou os presos a retornarem para suas cidades de origem | Foto: Nelson Jr./SCO/STF

Moraes libera 137 manifestantes presos

Cerca de 800 pessoas continuam detidas

access_time28/02/2023 10:02

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a soltura de 137 manifestantes presos, por participação nos protestos de 8 de janeiro. Na ocasião, as sedes dos Três Poderes foram vandalizadas. O juiz do STF tomou a decisão na noite da segunda-feira 27.

Por ora, cerca de 800 manifestantes continuam detidos na Papuda e na Colmeira, em Brasília.

As pessoas soltas têm de cumprir algumas medidas restritivas: 1) uso tornozeleira eletrônica; 2) retenção de passaportes; 3) suspensão de licença para porte de armas de fogo e de registros para colecionadores, atiradores e caçadores.

Moraes também proibiu os manifestantes de se comunicarem entre si por qualquer meio, além de impedi-los de acessar as redes sociais. O ministro determinou ainda que as pessoas se apresentem semanalmente à Justiça.

As decisões de Moraes sobre os manifestantes presos estão sob sigilo, e, por essa razão, os nomes dos beneficiados com a nova determinação do ministro não foram divulgados.

O ministro determinou que a Justiça da cidade onde as pessoas agora em liberdade moram seja comunicada da soltura. Na prática, mesmo fora da prisão, essas pessoas vão seguir sendo monitoradas pela Justiça das respectivas cidades.





Por: Cristyan Costa e Fernando de Castro da Revista Oeste

Outras notícias

Comentários