anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
14 criminosos são presos por invasão de terra em Querência

14 criminosos são presos por invasão de terra em Querência

access_time18/04/2023 10:17

A Polícia Militar de Mato Grosso prendeu nesta segunda-feira (17.04) 14 criminosos responsáveis pela

Homem bêbado agride esposa com socos em Matupá

Homem bêbado agride esposa com socos em Matupá

access_time06/01/2023 05:37

A mulher, de 44 anos, que reside no bairro Cidade Alta, declarou aos investigadores da Polícia Civil

Polícia Civil prende autor de tentativa de homicídio ocorrida em Novo Mundo

Polícia Civil prende autor de tentativa de homicídio ocorrida em Novo Mundo

access_time06/02/2024 06:57

Policiais da Delegacia de Guarantã do Norte cumpriram nesta segunda-feira (05.02) cumpriram o mandad

‘Eu não fraudaria as eleições para Lula ganhar e nem sairia tão barato’, diz Zambelli
Zambelli diz que contratou hacker para serviços em seu site (foto: Reprodução/Jovem Pan News)

‘Eu não fraudaria as eleições para Lula ganhar e nem sairia tão barato’, diz Zambelli

Parlamentar confirmou que levou Delgatti ao encontro do ex-presidente Jair Bolsonaro

access_time02/08/2023 12:06

A deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) disse, em entrevista coletiva nesta quarta-feira, 2, que os pagamentos feitos ao “hacker da Vaza Jato”, Walter Delgatti Neto, correspondem a remuneração por atividades de comunicação social, como manutenção de redes sociais e site institucional, pelas quais ele teria recebido R$ 13,5 mil. A parlamentar e o hacker são suspeitos de ação contra o sistema eletrônico do Poder Judiciário. “Eu não fraudaria as eleições para o Lula ganhar e nem sairia tão barato assim”, alegou Zambelli. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou a apreensão de armas, passaporte, celulares e outros bens da deputada federal na manhã desta quarta-feira. Delgatti foi preso. “O que eu tinha subcontratado eram melhorias no site, questão de firewall e ligar minhas redes sociais ao site. Ele não conseguiu realizar essa tarefa”, disse. Para a deputada, as acusações seriam mais uma tentativa de envolver o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) num “plano golpista”. Ela confirmou que levou o hacker para um encontro com Bolsonaro, que o teria questionado sobre a segurança das urnas eletrônicas. Delgatti teria respondido que o sistema de urnas não é seguro.

“O ministro Alexandre de Moraes, relator, nos termos dos artigos 240 a 250 do Código de Processo Penal e da decisão proferida nos autos em epígrafe, manda o Departamento de Polícia Federal – DPF proceder à busca e apreensão de armas, munições, computadores, tablets, celulares e outros dispositivos eletrônicos, passaporte, bem como de quaisquer outros materiais relacionados aos fatos investigados”, escreve o mandado contra Zambelli.





Por: Jovem Pan

Outras notícias

Comentários