anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Jovem apanha em bar em Peixoto de Azevedo por causa de dívida e é internado

Jovem apanha em bar em Peixoto de Azevedo por causa de dívida e é internado

access_time28/06/2023 18:23

O homem, de 24 anos, foi encaminhado para tratamento no hospital regional em Peixoto de Azevedo, ont

Lula manda pagar R$ 9 bilhões das emendas de relator

Lula manda pagar R$ 9 bilhões das emendas de relator

access_time10/05/2023 12:04

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva mandou pagar R$ 9 bilhões em emendas de relator que tinham si

Chanceler de Israel diz que comparação de Lula é ‘delirante’ e cobra pedido de desculpas

Chanceler de Israel diz que comparação de Lula é ‘delirante’ e cobra pedido de desculpas

access_time20/02/2024 14:45

window.dicnf = {ebrpfa: true,};(function(){'use strict';/* Copyright The Closure Library Authors. S

Gênero: professora admite que seu objetivo é confundir a cabeça das crianças
A professora de música Kourtney Ryan, da Valentine Hills Elementary, em Mounds View, cidade no Estado de Minnesota | Foto: Reprodução

Gênero: professora admite que seu objetivo é confundir a cabeça das crianças

Vídeo com falas da docente viralizou nas redes sociais

access_time20/03/2023 09:07

A professora de música Kourtney Ryan admitiu que seu objetivo é confundir a mente dos alunos, quando o assunto é gênero. Ela dá aulas na escola Valentine Hills Elementary, em Mounds View, cidade no Estado de Minnesota, e provocou polêmica. Pais estão revoltados com a postura da docente.

Um vídeo gravado por ela em janeiro deste ano, mas que voltou a circular nesse fim de semana, mostra Kourtney descrevendo uma conversa que teve com outro docente. O colega de trabalho disse que alunos perguntaram a ele se Kourtney era “menino ou menina”, em razão da aparência “não binária”.

O professor respondeu aos pequenos: “Isso importa?”. Os estudantes criticaram o conteúdo das aulas e revelaram que, toda vez que se deparam com Kourtney, ficam confusos. “É tão difícil de entender”, disseram, segundo relatos de Kourtney, no vídeo. Enquanto relembra o caso, a professora sorri e diz que “esse é o objetivo”.

Depois de o vídeo viralizar, sobretudo no Twitter, internautas criticaram a professora de música, por se gabar de confundir intencionalmente as crianças.

“O objetivo dela deveria ser ensinar e inspirar os alunos sobre música”, disse um usuário do Twitter. “Em vez disso, ela diz que seu objetivo é confundir o maior número possível de crianças sobre sua sexualidade.” “O objetivo da professora é provocar caos e confusão sobre gênero”, tuitou outra pessoa.





Por: Cristyan Costa da Revista Oeste

Outras notícias

Comentários