anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Descoberta imagem antiga de Jesus Cristo

Descoberta imagem antiga de Jesus Cristo

access_time27/02/2023 11:47

Arqueólogos russos encontraram uma antiga imagem iconográfica de Jesus Cristo, da era bizantina, em

Depois de criticar Bolsonaro, Secom apaga post

Depois de criticar Bolsonaro, Secom apaga post

access_time16/01/2023 11:27

A Secretaria de Comunicação (Secom) do governo federal publicou, no domingo 15, uma série de posts e

Homem é encontrado morto com tiros na cabeça em estrada de Peixoto de Azevedo

Homem é encontrado morto com tiros na cabeça em estrada de Peixoto de Azevedo

access_time03/05/2023 14:11

Um homem foi encontrado morto, com ferimentos por arma de fogo, esta manhã, na estrada Garimpo da Se

Presidente da Academia Brasileira de Letras critica Lula por chamar agro de ‘mau-caráter e fascista’
O agronegócio é alvo de Lula desde antes das eleições | Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Presidente da Academia Brasileira de Letras critica Lula por chamar agro de ‘mau-caráter e fascista’

Para Merval Pereira, o petista está ressentido

access_time14/05/2023 17:04

O jornalista, escritor e presidente da Academia Brasileira de Letras (ABL), Merval Pereira, criticou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva por chamar os organizadores da Agrishow de “maus-caracteres” e “fascistas”. As críticas estão em sua coluna no jornal O Globo, publicada neste domingo, 14.

Merval disse que a declaração de Lula contra o agronegócio foi um “demonstrativo do seu estado de espírito, enfezado, agressivo e ressentido com as elites”.

Para o presidente da ABL, Lula se inflou por elogio de Obama

lula Merval Pereira acreidta que Lula deveria ‘apaziguar os ânimos’ | Foto: ABL

Em seu texto, Merval lembra de quando o então presidente norte-americano, Barack Obama, chamou Lula de “o cara” numa reunião de líderes internacionais.

“O encanto de Lula foi suficiente para terminar o segundo mandato com 80% de aprovação e eleger Dilma Rousseff presidente da República. Mas, a partir do fracasso de sua criatura, e a escalada da Operação Lava Jato, Lula entrou para o rol dos humanos, e seus defeitos de repente começaram a pesar”, diz o presidente da ABL.

Merval também lembrou que, quando o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, aumentou a taxa de juros durante a campanha eleitoral, Lula não deu “um pio contra o aumento dos juros naquela ocasião, diferente [sic] do que faz hoje”.

O presidente tem feito críticas constantes à taxa de juros. “Como se Campos Neto estivesse agindo não dentro de suas atribuições para controlar a inflação, mas como um quinta coluna bolsonarista para prejudicar seu governo”, observa Merval.

O jornalista avalia que Lula alimenta o sentimento do “nós contra eles”. Para Merval, o petista deveria “apaziguar os ânimos, para que o país possa recuperar sua energia”.





Por: EVELLYN LIMA DA REVISTA OESTE

Outras notícias

Comentários