anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Menina de 12 anos morre asfixiada na Argentina após participar de ‘desafio do TikTok’

Menina de 12 anos morre asfixiada na Argentina após participar de ‘desafio do TikTok’

access_time18/01/2023 13:41

Milagres Soto, uma menina de 12 anos, morreu na Argentina após cumprir o “desafio do apagão” do TikT

Prefeitura de Matupá continua o cascalhamento, patrolamento e abertura de estradas em todo o interior do município

Prefeitura de Matupá continua o cascalhamento, patrolamento e abertura de estradas em todo o interior do município

access_time07/05/2024 12:48

Para os moradores das linhas de chácaras, sitiantes ou fazendeiros da Matupá, a frente dos lotes se

Sobe para 3,5 mil número de desabrigados no litoral de SP

Sobe para 3,5 mil número de desabrigados no litoral de SP

access_time23/02/2023 06:51

O número de pessoas cujas casas foram danificadas ou completamente destruídas no litoral norte de Sã

Lula manda pagar R$ 9 bilhões das emendas de relator
O presidente Lula determinou o pagamento aos parlamentares diante das recentes derrotas do governo | Foto: Foto: Divulgação

Lula manda pagar R$ 9 bilhões das emendas de relator

Durante campanha, o petista classificou as verbas como ‘excrescência da política’

access_time10/05/2023 12:04

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva mandou pagar R$ 9 bilhões em emendas de relator que tinham sido negociadas pelo governo de Jair Bolsonaro. Na campanha presidencial, Lula classificou o pagamento das emendas como ‘excrescência da política’.

O mecanismo foi declarado inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Apesar disso, o Palácio do Planalto não colocou em prática nenhum procedimento que dê transparência à negociação. As verbas serão liberadas pelos ministérios das Cidades e da Integração Nacional e Desenvolvimento Regional, informou o jornal Estado de S. Paulo.

O movimento de Lula acontece depois das derrotas sofridas pelo governo federal no Congresso com o Projeto de Lei 2630 e o Marco Legal do Saneamento Básico.

Lula criticou o pagamento de emendas

Na campanha eleitoral, as emendas de relator foram duramente criticadas por Lula. Ele classificou o mecanismo como “Orçamento secreto” e disse que o pagamento “não é sério”. “Se você quer fazer algo sério, não é secreto. Isso nunca aconteceu, e acontece agora, porque o atual presidente não governa, é uma marionete”, escreveu no Twitter em julho do ano passado.

Em dezembro de 2022, o STF declarou inconstitucional o pagamento das emendas de relator, por causa da falta de transparência na indicação dos recursos. A Corte ainda determinou a devolução dos recursos para o controle total do governo.

Agora, pressionado pelos parlamentares, Lula decidiu liberar o saldo que ficou “pendurado” do ano passado. Os ministérios vão pagar os recursos atendendo às mesmas indicações dos parlamentares, o que na prática descumpre a decisão do STF.





Por: Redação Oeste

Outras notícias

Comentários