anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Investigador xingou PM de

Investigador xingou PM de "policial de b." e matou porque achou que era bandido, diz advogado

access_time28/04/2023 14:01

O advogado Rodrigo Pouso de Miranda declarou nesta sexta-feira (28), em entrevista a reportagem, que

Pix bate recorde e supera 160 milhões de transações em um dia

Pix bate recorde e supera 160 milhões de transações em um dia

access_time10/10/2023 07:27

Sistema de transferências instantâneas do Banco Central (BC), o Pix bateu novo recorde na sexta-feir

Prefeita no Nortão que ‘não compactua com ideologia de’ Lula deve renunciar nesta 3ª, diz presidente de câmara

Prefeita no Nortão que ‘não compactua com ideologia de’ Lula deve renunciar nesta 3ª, diz presidente de câmara

access_time03/01/2023 05:34

A prefeita de Carlinda, Carmelinda Leal Coelho (União Brasil) deve renunciar oficialmente ao cargo,

Advogado de apresentador que agrediu mulher chama caso de
Advogado Marcos Vinicius Borges considera Lucas Ferraz inocente

Advogado de apresentador que agrediu mulher chama caso de "novela midiática"

Advogado Marcos Vinicius Borges diz que "não há prova concreta de que Ferraz agrediu a esposa", apesar das fotos e denúncia de médico que atendeu a mulher

access_time17/02/2023 12:22

O advogado Marcos Vinicius Borges, que fez a defesa do ex-apresentador Lucas Ferraz, chamou o caso sobre agressão contra a esposa dele, Katrine Gomes, 20 anos, de “novela midiática”. Ele ainda vai recorrer da decisão que condenou o apresentador a 2 anos e 1 mês de reclusão.

Ferraz estava preso desde o dia 21 de dezembro e foi solto na tarde dessa quinta-feira (16) em decisão da juíza Edna Ederli Coutinho, da 1ª Vara Criminal de Tangará da Serra.

Apesar de ter sido condenado por lesão corporal e violência psicológica contra Katrine, a pena foi inferior a quatro anos, o que permite que a pena seja cumprida em regime aberto. A magistrada também não determinou nenhuma medida cautelar ao réu, nem mesmo medida protetiva à vítima.

Em entrevista a reportagem, Marcos Vinicius afirmou que irá recorrer da condenação. “Na sentença, o Lucas foi condenado a uma pena de 2 anos e 1 mês a qual possibilita que ele responda em regime aberto. É uma pena pequena. Porém, ainda que seja uma pena pequena, nós da defesa vemos ela como injusta. Porque nós vemos que a absolvição era a medida correta e cabível”.

“Nós entraremos com recurso de apelação. É logico que agora longe das vozes das ruas, longe de toda aquela novela midiática e para buscar a absolvição do Lucas”, salientou o advogado.

O jurista argumentou que, para a defesa, não existe prova concreta de que Ferraz agrediu a esposa. “Durante a audiência de instrução, conseguimos comprovar que a vítima, no caso, ela já vinha se auto lesionando em outras ocasiões, que ela já possuía traumas dentro da família, de pessoas que cometeram automutilação e que Lucas na verdade foi utilizado como bode expiatório”, afirmou.

“O laudo a qual o Ministério Público 'casou e não quis divorciar' é inconclusivo. O médico não conseguiu trazer com efetiva certeza de que teria sido ocasionada por terceiros aquela lesão e muito menos por Lucas. Então a defesa bateu na tecla da absolvição e ainda bate, uma vez que não existem provas”, concluiu.

Condenação
O apresentador Lucas Ferraz foi condenado pela juíza Edna Ederli Coutinho, da 1ª Vara Criminal de Tangará da Serra a 2 anos, 1 mês e 2 dias de reclusão pelos crimes de lesão corporal e violência psicológica, contra Katrine Gomes.

Em relação ao crime de lesão corporal, a juíza julgou o apresentador culpado. A magistrada fixou pena de um ano, quatro meses e dois dias de reclusão devido à motivação do crime, que seria por ciúmes.

Já sobre o crime de violência psicológica, Ferraz também foi julgado culpado e teve pena fixada de oito meses e 22 dias.

Com as condenações juntas, a pena total é de dois anos e um mês de reclusão. Por ser inferior a quatro anos, a magistrada determinou que ela seja cumprida em regime aberto. Ele ainda poderá recorrer em liberdade.





Por: JOÃO AGUIAR DO REPÓRTER MT

Outras notícias

Comentários