anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Imagens mostram prefeito no Médio Norte contando suposto dinheiro de propina

Imagens mostram prefeito no Médio Norte contando suposto dinheiro de propina

access_time18/08/2023 06:48

O prefeito de Diamantino, Manoel Loureiro Neto (MDB), apareceu em imagens de vídeo supostamente cont

Substituto de Deltan diz que cassação ‘não se contesta’ e promete honrar votos do ex-procurador

Substituto de Deltan diz que cassação ‘não se contesta’ e promete honrar votos do ex-procurador

access_time08/06/2023 09:57

O ex-deputado federal Luiz Carlos Hauly (Podemos-PR) vai assumir a vaga deixada por Deltan Dallagnol

PT quer ‘IPVA’ anual para armas de fogo

PT quer ‘IPVA’ anual para armas de fogo

access_time25/04/2023 13:29

Parlamentares do PT vão apresentar nos próximos dias um projeto de lei que cria mais um tributo a se

Moraes quebra sigilo de imagens do 8 de janeiro e manda PF ouvir agentes do GSI
O magistrado também mandou que a Polícia Federal ouça agentes e servidores do Gabinete de Segurança Institucional | Foto: Foto: Nelson Jr./SCO/STF

Moraes quebra sigilo de imagens do 8 de janeiro e manda PF ouvir agentes do GSI

O ministro é relator das investigações sobre a manifestação

access_time21/04/2023 17:44

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a quebra do sigilo das imagens do circuito interno do Palácio do Planalto em 8 de janeiro.

Na decisão desta sexta-feira, 21, o magistrado também pediu à Polícia Federal que ouça agentes e servidores do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) que estavam de plantão durante as manifestações que ocorreram nas sedes dos Três Poderes.

“Diante do exposto, determino a quebra do sigilo da divulgação das imagens do dia 08/01/2023, do circuito interno de segurança do Palácio do Planalto em poder do GSI, com o envio a esta Suprema Corte, em 48 (quarenta e oito) horas, de TODO O MATERIAL EXISTENTE, observada a preservação integral das imagens, que será aferida em posterior perícia, para efeito de preservação da cadeia de custódia”, escreveu Moraes, na decisão.

Além disso, Moraes determinou que o ministro interino do GSI, Ricardo Cappelli, envie uma cópia integral do processo interno que apura a participação de agentes do GSI e a a conduta dos agentes públicos e militares envolvidos nos inquéritos.

A determinação ocorre depois da divulgação de imagens das câmeras internas do Palácio do Planalto, em que é possível ver o então ministro-chefe do GSI, Gonçalves Dias, em meio aos vândalos que depredaram o Palácio do Planalto.

As cenas detalham como o GSI agiu naquela tarde e levantaram suspeitas de colaboração e omissão das autoridades. Na ocasião, a sede do Supremo Tribunal Federal, a do Palácio do Planalto e a do Congresso Nacional foram invadidas.





Por: Redação Oeste

Outras notícias

Comentários