Spigreen
Notícias recentes
STJ admite exclusão de nome escolhido por pai que abandonou a família

STJ admite exclusão de nome escolhido por pai que abandonou a família

access_time01/09/2020 19:53

As exceções ao princípio da imutabilidade do nome expressamente previstas na Lei de Registros Públic

Bolsonaro afirma que não haverá horário de verão em 2019

Bolsonaro afirma que não haverá horário de verão em 2019

access_time06/04/2019 06:56

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (5) que decidiu não adotar o horário de verão este ano. Seg

Aconteceu em Peixoto de Azevedo o encontro Regional do Agosto Dourado

Aconteceu em Peixoto de Azevedo o encontro Regional do Agosto Dourado

access_time24/08/2018 18:03

O Escritório Regional de Saúde de Peixoto de Azevedo que compõe cinco municípios sendo eles, Terra N

Notícias com a tag: Coreia-do-Sul

Com ajuda do árbitro de vídeo, Suécia vence a Coreia do Sul

access_time18/06/2018 10:26

Os adversários mudam, mas o protagonista das partidas na Copa da Rússia segue sendo o mesmo: o sistema de árbitro assistente de vídeo. Grande novidade do Mundial deste ano, o VAR voltou a brilhar no confronto entre Suécia e Coreia do Sul e foi decisivo para o resultado final: o triunfo dos suecos por 1 a 0, em Nizhny Novogord, com um gol de pênalti marcado com o auxílio da tecnologia. Coube ao capitão Granqvist cobrar e dar os três pontos aos europeus. ALERTA PARA A ALEMANHA O triunfo dos suecos é um alerta para a Alemanha que foi surpreendida na estreia no Mundial e perdeu para o México. Mexicanos e suecos estão empatados na ponta do grupo F, com três pontos e um gol de saldo - enquanto alemães e coreanos estão igualados na terceira colocação, sem pontuar. Na próxima rodada, a atual campeã do mundo pega justamente a Suécia, e um novo tropeço pode significar um drama na rodada final. VÍDEO DECISIVO DE NOVO O árbitro assistente de vídeo teve influência direta no placar final do confronto em Nizhny Novgorod nesta segunda-feira. Em meio às reclamações suecas, o árbitro argentino Joel Aguilar não marcou uma falta de Kim Min-Woo sobre Claesson dentro da área, aos 17 minutos da etapa final. Mas, após alguns segundos, decidiu parar o jogo, ouvir a recomendação da equipe que operava o VAR e usou o recurso do replay à beira do campo. Então, apontou a marca da cal e marcou o pênalti, mudando sua decisão inicial. Joel Aguilar reviu lance antes de marcar pênalti para a Suécia (Foto: Getty Images) FALTAS DE SOBRA A partida entre suecos e sul-coreanos foi marcada pelo excesso de faltas, que deixaram o confronto mais travado. No total, foram 46 infrações apitadas pelo árbitro, que mostrou dois cartões amarelos para o time asiático (Kim Shin-Wool e Hwang Hee-Chan) e um para a equipe europeia (Claesson). NA PRÓXIMA RODADA A Suécia agora se prepara para enfrentar a campeã Alemanha, que vê a vitória como fundamental após a derrota para os mexicanos. O duelo será realizado no próximo sábado, em Sochi, às 11h (de Mato Grosso). A Coreia do Sul, por sua vez, enfrentará o México em Rostov, no mesmo dia, às 14h.