anuncie aqui
Notícias recentes
Segunda Turma do STF confirma para a próxima terça-feira julgamento de pedido de liberdade de Lula

Segunda Turma do STF confirma para a próxima terça-feira julgamento de pedido de liberdade de Lula

access_time19/06/2018 18:42

O presidente da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, confi

Equipe econômica reduz para 1,6% previsão de crescimento do PIB

Equipe econômica reduz para 1,6% previsão de crescimento do PIB

access_time20/07/2018 15:52

A greve dos caminhoneiros e a demora na recuperação econômica fizeram a equipe econômica reduzir a e

Prefeito é suspeito de fazer licitação 10 dias depois de inauguração de obra para simular legalidade

Prefeito é suspeito de fazer licitação 10 dias depois de inauguração de obra para simular legalidade

access_time23/05/2018 09:19

O prefeito de Alta Floresta, a 800 km de Cuiabá, Asiel Bezerra de Araújo (MDB), foi denunciado à Jus

Notícias com a tag: Coreia-do-Sul

Com ajuda do árbitro de vídeo, Suécia vence a Coreia do Sul

access_time18/06/2018 10:26

Os adversários mudam, mas o protagonista das partidas na Copa da Rússia segue sendo o mesmo: o sistema de árbitro assistente de vídeo. Grande novidade do Mundial deste ano, o VAR voltou a brilhar no confronto entre Suécia e Coreia do Sul e foi decisivo para o resultado final: o triunfo dos suecos por 1 a 0, em Nizhny Novogord, com um gol de pênalti marcado com o auxílio da tecnologia. Coube ao capitão Granqvist cobrar e dar os três pontos aos europeus. ALERTA PARA A ALEMANHA O triunfo dos suecos é um alerta para a Alemanha que foi surpreendida na estreia no Mundial e perdeu para o México. Mexicanos e suecos estão empatados na ponta do grupo F, com três pontos e um gol de saldo - enquanto alemães e coreanos estão igualados na terceira colocação, sem pontuar. Na próxima rodada, a atual campeã do mundo pega justamente a Suécia, e um novo tropeço pode significar um drama na rodada final. VÍDEO DECISIVO DE NOVO O árbitro assistente de vídeo teve influência direta no placar final do confronto em Nizhny Novgorod nesta segunda-feira. Em meio às reclamações suecas, o árbitro argentino Joel Aguilar não marcou uma falta de Kim Min-Woo sobre Claesson dentro da área, aos 17 minutos da etapa final. Mas, após alguns segundos, decidiu parar o jogo, ouvir a recomendação da equipe que operava o VAR e usou o recurso do replay à beira do campo. Então, apontou a marca da cal e marcou o pênalti, mudando sua decisão inicial. Joel Aguilar reviu lance antes de marcar pênalti para a Suécia (Foto: Getty Images) FALTAS DE SOBRA A partida entre suecos e sul-coreanos foi marcada pelo excesso de faltas, que deixaram o confronto mais travado. No total, foram 46 infrações apitadas pelo árbitro, que mostrou dois cartões amarelos para o time asiático (Kim Shin-Wool e Hwang Hee-Chan) e um para a equipe europeia (Claesson). NA PRÓXIMA RODADA A Suécia agora se prepara para enfrentar a campeã Alemanha, que vê a vitória como fundamental após a derrota para os mexicanos. O duelo será realizado no próximo sábado, em Sochi, às 11h (de Mato Grosso). A Coreia do Sul, por sua vez, enfrentará o México em Rostov, no mesmo dia, às 14h.