anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
PM desarticula quadrilha após invasão de fazenda e apreende 12 armas e 994 munições

PM desarticula quadrilha após invasão de fazenda e apreende 12 armas e 994 munições

access_time16/01/2023 10:59

Seis homens, com idades entre 23 e 41 anos, suspeitos de invadirem uma propriedade rural foram preso

Fávaro é condenado a pagar R$ 691 mil por dívida a empresário

Fávaro é condenado a pagar R$ 691 mil por dívida a empresário

access_time01/08/2023 16:29

A Justiça de Mato Grosso condenou o ministro da Agricultura Carlos Fávaro (PSD), e outros três famil

Biópsia confirma câncer de pele em Biden; Casa Branca diz que tecido foi removido

Biópsia confirma câncer de pele em Biden; Casa Branca diz que tecido foi removido

access_time03/03/2023 19:35

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, estava com um tipo comum de câncer de pele. A confirmaçã

SP: Cerca de 200 mil clientes continuam sem luz 4 dias após chuva, diz Enel

Foto por: Foto: FÁBIO VIEIRA/FOTORUA/ESTADÃO CONTEÚDO

SP: Cerca de 200 mil clientes continuam sem luz 4 dias após chuva, diz Enel

Empresa responsável pelo fornecimento de energia na capital paulista afirmou que "até o momento, cerca de 1,9 milhão de clientes tiveram o serviço normalizado, de um total de cerca de 2,1 milhões afetados"

access_time07/11/2023 11:25

Cerca de 200 mil clientes da Enel Distribuição São Paulo continuam sem energia em suas casas após as fortes chuvas que atingiram a capital paulista na última sexta-feira (3), segundo informou a empresa nesta segunda-feira (6).

Em nota, a Enel afirmou que “até o momento, cerca de 1,9 milhão de clientes tiveram o serviço normalizado, de um total de cerca de 2,1 milhões afetados na última sexta-feira”.

Ainda de acordo com a Enel, “quase 3 mil profissionais nas ruas que seguem trabalhando 24 horas por dia para agilizar os atendimentos e normalizar o fornecimento para quase a totalidade dos clientes até esta terça-feira (07/11), conforme anunciado em reunião com o prefeito de São Paulo.”

Em entrevista à CNN no sábado (4), o prefeito Ricardo Nunes (MDB) comparou os ventos que atingiram a cidade na sexta-feira à magnitude de um tornado e disse que o fenômeno pegou a todos de surpresa – motivo pelo qual muitos problemas ocorreram.

“Infelizmente, fomos surpreendidos com esse [vento] quase que um tornado, mas estamos buscando reestabelecer [a cidade] o quanto antes”, declarou Nunes.

“O que a gente teve ontem aqui foi um evento excepcional, onde a rajada de vento, em alguns locais, passou de 100 km/h. Desde 1995, nós não temos histórico de um vento dessa magnitude que pegou São Paulo”, completou Nunes.

Na ocasião, o prefeito negou que os problemas tenham sido motivados por falta de precaução, exemplificando que, até 30 de outubro, 10 mil árvores foram removidas e outras 150 mil foram podadas.

Nunes disse ainda que sua gestão está atenta às mudanças climáticas globais.





Por: Por Marina Toledo da CNN

Outras notícias

Comentários